1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

O que define um escritor como bom?

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por Kainof, 6 Mai 2007.

  1. Kainof

    Kainof Sr. Raposo

    Alguns autores de livros que são verdadeiros best-sellers, como Paulo Coelho, Sidney Sheldon ou Dan Brown, não são considerados bons escritores. Mas quais as características que um escritor (e suas obras) precisa ter para ser considerado um bom escritor?
     
  2. Silenius

    Silenius Ehre und Stolz

    Isso é realmente uma boa pergunta. Eu li Dan Brown e o Sheldon, super divertidos, realmente me entreteram. Esses dois serem classificados como escritores ruins é complicado. Podem ser considerados apelativos? Visto que quase a totalidade das histórias de ambos simplesmente se repetirem, principalmente no Dan Brown.
     
  3. Malaman

    Malaman Passion, what else?

    Para mim um bom escritor é o que concegue que seus livros prendam a atençao do leitor do inicio ao fim da historia...
    Nao pose ficar maçador ao meio do livro, tem que dar uma boa descriçao dos espaços para que o leitor possa "viajar" no cenário e acima de tudo tem que ter uma boa imaginação, nao usar coisas ja muito batidas...
    Tentar ser renovador...
    *yams*
     
  4. CamiLa

    CamiLa Usuário

    "Bom :think: ,isso,é uma coisa bem simples para mim,eu considero um escritor bom,quando,ele me prende a atenção do inicio ao fim da história,aquele que te faz não ter vontade de desgrudar do livro e que te surpreende a cada virada de página e que tu fica pensando :roll: oq será que vem pela frente:think: ?
    Aquele escritor que te proporciona novidades,descobertas e q no final do livro tu aprende algo relacionado a qualquer assunto,como: Arquitetura,Artes,Música e Humanidade mesmo...,é ótimo o escritor,que te faz ficar ansioso pelo final da história,mas,quando termina da pena em saber que tu não vai mais conviver com aqueles personagens e aquele senário que sempre acabamos criando em nossa mente...,ou seja, o escritor bom é tudo isso que mencionei até agora e não aqueles que servem como auxílio ao sono:lol: :lol: :lol: !!!!!"
     
  5. Bem, há varios fatores...
    Acho q o principal é se ele consegue prender o leitor com a história...
     
  6. Morsairon

    Morsairon O Novato!

    Um escritor só é realmente bom quando a população em geral acha que ele é bom.:roll:
     
  7. Silenius

    Silenius Ehre und Stolz

    Quer dizer que é o público que define? Interessante quanta coisa boa existe! Hehe
     
  8. LatinoAmericano

    LatinoAmericano Aqui jaz Alcarecco

    Pra mim o que define um bom escritor é a sua criatividade, inteligência, capacidade de envolver o leitor em suas histórias e a longevidade de sua obra.
     
  9. Calimbadil Thálion

    Calimbadil Thálion We eat the wounded ones

    Daqui a 10 anos ninguém mais lembra D'o código da vinci. É uam ficcção divertida e certamente deu dinheiro pra caramba.
    Mas os livros bons são os do realismo.
     
  10. Silenius

    Silenius Ehre und Stolz

    Uma resposta que me identifiquei! :yep:
     
  11. Lady Nati

    Lady Nati ---

    ...:yep:!

    Idem.

    Dentre todas as respostas dadas a este tópico esta do rogeriomithrandir foi a que mais se assemelhou a minha forma de pensar.

    O que ele descrevera,na minha opinião,é essencial para definir um bom escritor.
     
    Última edição: 7 Mai 2007
  12. frodobolçeiro

    frodobolçeiro Usuário

    Acho que é a forma de entreter os seus leitores fazendo suspense,romances proibidos,etc........
    trazendo o leitor de uma certa forma para dentro do livro que você lê.
     
  13. Kainof

    Kainof Sr. Raposo

    Tirando a longevidade, acho que os outros se encaixam perfeitamente, de uma forma ou de outra, nesses quesitos...

    E se o diferencial for a longevidade, só saberemos quem realmente é/foi um bom escritor com o passar do tempo. :tsc:
    (tá, a dedução é óbvia, mas é também peremptória: não tem como saber quem é bom escritor)
     
  14. A Arlequina

    A Arlequina Sumida e inconstante

    Boa pergunta!Acho que tem que saber cativar,deve saber contar bem uma história, e contar uma história diferente de preferência.Ou de um jeito diferente.

    Um bom escritor também faz com que a gente lembre do seu nome,não somente o nome do livro que escreveu, e que dê vontade de ler outras coisas deles!Acho que isso é o importante!
     
  15. Jango

    Jango Branca! Branca! Branca!

    Gosto é igaul *ú. Cada um tem o seu. E assim também é com o que consideramos bom ou ruim. Creio que podemos usar aqui a seleção natural. Os mais aptos sobreviverão. Somente o que for "bom" ficará através dos séculos.
    Mas como tudo na vida isso é um conceito que depende mais do observador do que do objeto em si.
     
  16. Kainof

    Kainof Sr. Raposo

    Mas os best-sellers vendem bem, são lidos por muitos, isto é, agradam grande parte dos "observadores" (a maioria?). Com que padrões estamos lidando para qualificá-los como escritores ruins? E serão esses padrões os corretos?
     
  17. Elring

    Elring Depending on what you said, I might kick your ass!

    A identificação imediata do leitor ou com a estória ou com as personagens. Foi assim com Dan Brown, que atiçou a curiosidade das pessoas ao dar um novo viés sobre a ligação entre Jesus e Maria Madalena, mas no fim terminamos com um padreco morto no Vaticano. O Paulo Coelho é um mistério. Mas como auto-ajuda vende e muito, deve ser por isso que tem um público fiel. E sem contar a força do marketing editorial para estes autores.

    Claro, há escritores que nos brindam com uma visão ímpar da sociedade que tornam-se atemporais. Não importa se você ler o livro em 2007 ou 2057, o efeito será o mesmo quando reler a obra.
     
  18. Quando sinto minha mente sendo rasgada enquanto leio eu classifico o escritor como bom.
     
  19. Grahan

    Grahan Sim, eu me divérto

    Escritores ruins muitas vezes prendem o leitor também. Acho que são os bons escritores que nos dão lições. Tolkien dizia que escrever de um mundo que não existe é muito mais fácil porque tudo o que for dito pode acontecer, ao contrário de quem se prende à realidade. Dan Brow foi um que tentou colocar a ficção na realidade. Não considero seu livro bom. Ele foi "fenômeno" porque mecheu com coisas que todo mundo queria ler: aos não-cristãos, uma crítica aos princípios desta religião e aos cristãos, o conhecimento da obra para saber do que se trata, "o que estão falando do meu Senhor". Ta aí explicado o fenômeno dO Código DaVinci. Livros bons não são os que vendem mais e sim os que, além de prender a atenção como já foi dito aqui, são capazes de transmitir alguma coisa: transmitir novios conhecimentos, enriquecimento da gramática com uma escrita rica da mesma forma, criatividade e inteligência da hiostória, preparação do escritor (ele tem que ter alguma formação escolar ou cultural para passar algo) e principalmente: saber imaginar e fazer imaginar.
     
  20. Arcavius

    Arcavius Ezio Auditore da Firenze

    Um bom escritor pinta um quadro com palavras... você consegue facilmente entrar em seu "jogo", e se sente preso ao livro até o final. A longevidade da obra é um fator razoável, mas há muitos escritores bons que desaparecem da cenário do dia para a noite.
    A principal marca de um bom escritor, para mim, é conseguir colocar o que há em sua mente, adimensional, dinâmica, grandiosa, no papel bidimensional, estático e limitado.
     

Compartilhar