1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

O poder de visão de Aragorn e a dispensa dos homens da montanha.

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por grlopez, 14 Jun 2008.

  1. grlopez

    grlopez Usuário

    Daí pessoal!

    Quem sou eu para criticar as atitudes do Rei de Gondor, mas tem algo que até hoje não me conformei e gostaria de comentar com vocês...

    POR QUE O ARAGORN DISPENSOU OS HOMENS DA MONTANHA? Eu não consigo entender.

    Veja, sei que inicialmente os dunedain tinham certo poder de previsão dos acontecimentos futuros. Quem sabe Aragorn ainda conservasse essa característica que era um pouco mais desenvolvida em sua mãe. (ler apêndices do SdA).

    Eu não consigo entender, porque na hora em que o Ocidente mais precisava, o exército mais mortífero da Terra Média foi dispensado.
    O que vocês acham disto? Penso que militar e estratégicamente foi um ato extremamento errado e imprudente por parte do Aragorn. Contudo, quem sabe o que poderia ocorrer caso ele não tivesse feito isto? Quem sabe Aragorn não previu as consequências que marchar com aquele exército de mortos-vivos amaldiçoados traria?

    Tenho algumas hipóteses:

    - Os homens da montanha eram traidores por natureza. Poderiam fazê-lo de novo, quem sabe até se voltarem contra os homens por alguma obra/artifício de Sauron? É público e notório que, nas profundas sombras da montanha, eles cultuavam em segredo o Senhor do Escuro.

    - Aquele exército semearia a discórdia e o medo entre os homens do Oeste. Nao conseguiriam marchar.

    - O plano principal da Marcha seria frustado, sendo ele forçar Sauron a sair de Mordor e confrontar o Ocidente, a fim de limpar as planícies de Gondor para Frodo e Sam. Vendo aquele exército em suas portas, quem sabe Sauron não sairia de Mordor para o conflito aberto. O que aconteceria é justamente o contrário, quem sabe ele fechasse o Morannon, frustando em muito a tentativa de Frodo e Sam.

    Daí, que acham?

    GR


    ---

    editado: Pessoal, que fique claro a diferença entre o que foi feito no filme e no livro. A promessa dos homens da montanha, desde Isildur, não é só para uma batalha, é ATÉ QUE O MAL DE SAURON FOSSE VARRIDO DA FACE DA TERRA;
     
    Última edição: 14 Jun 2008
  2. Tuor

    Tuor Usuário

    Pois é, essa parte eu também nunca entendi, e nunca nem tinha parado para questionar. Realmente era tolice dispensar de quem mais precisavam, sem saber como e quantos estavam no Pelennor naquele momento. A hipótese mais lógica, imo, seria Aragorn ter a mesma característica de Gilraen com relação a previsões. Ou então outra hipótese também seria Aragorn ter julgado suficiente os homens que ele tinha conseguido para lutar enquanto passava pelo sul de Gondor, pois se não me engano, ele convocou homens também.

    E também tem o outro fator de que o objetivo de Aragorn era de os Fantasmas atacarem somente os Corsários, o que faz sentido, porque com os homens que tinha não conseguiria tal feito, e com os Corsários Minas Tirith definitivamente cairia. Subentende-se (por essa linha de raciocínio) que ele tinha uma idéia do tamanho do exército advindo de Mordor.

    Aí pegou! :tsc:
     
  3. Tapio

    Tapio Usuário

    Eu entendo que Aragorn dispensou esse exército por considerar seu dever cumprido. O que retinha esses mortos à terra era o compromisso de dever que eles assumiram com o Rei de Gondor, e enquanto esse compromisso não fosse cumprido eles não poderiam abandonar o mundo em paz.

    Aragorn fez, antes de tudo, um favor a essas almas, e as libertou de sua prisão ao mundo ao dar como cumprido o juramento.
     
  4. Tia Neera

    Tia Neera Pinguin. Aditivada com café!

    Ao contrário do que mostra o filme, o Aragorn do livro jamais teve dúvidas sobre suas ações. Ele foi educado desde criança por Elrond. Ele resistiu à tentação do Um Anel. Durante trinta anos ele lutou uma guerra de guerrilha contra Sauron, o que dá uma imensa experiência para qualquer um em termos de táticas de guerra. Ele foi até o sul e leste para aprender as estratégias dos servos de Sauron.
    Ao fazer isso ele aprendeu a ler os corações e sabia com quem ele poderia contar. Talvez fazendo algo com que Sauron e os próprios homens da montanha não contassem: Serem realmente liberados. Assim eles não poderiam trair novamente Gondor.
    Aragorn fez uma proposta; alí ele arriscou. Uma batalha só e ele consderaria cumprido o juramento. Assim liberou os Homens da Montanha e se libertou de outra possível traição.
    Talvez, com esse ato inesperado, tenha salvado o restante.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  5. Rogério Magno

    Rogério Magno Guarda da Cidadela

    Também acredito ser esta a hipótese mais provável, pois antes de tudo aquelas eram almas cansadas e anciosas por findar seu sofrimento. Aragorn usou de generosidade em relação a elas, libertando-as mesmo sabendo que esta atitude poderia custar-lhe uma derrota ante Sauron.
     
  6. Sindar Princess

    Sindar Princess Que deselegante...

    eles foram amaldiçoados por isildur por não terem comparecido à batalha quando mais precisou... e a consequência disso foi desastrosa...
    e isildur os amaldiçoou a não terem paz enquanto não cumprissem seu juramento.
    ou seja: aragorn, como herdeiro de isildur e futuro rei de rohan, os procuro num momento de desespero total, quando parecia não haver dúvidas que o reino dos homens cairia no domínio do mal (corsários e haradrins, tbém como parte do reino dos homens, aliaram-se a sauron e o contingente se restringiu demais à gondor - fraca, por sinal - e rohan (pouquíssimas pessoas tbém).

    aragorn jurou livrá-los da maldição lançada pelo seu antepassado (pois era ele o rei que retornaria, e somente ele tinha esse poder) e foi isso: ao marcharem com aragorn, gimli e legolas sobre os campos de pelennor, e lutarem e vencerem para conquistar sua honra, aragorn teve de libertá-los a descansarem em paz...

    ele seria outro traidor se os fizessem ficar no plano terreno para seu bel prazer...

    foram homens que erraram enquanto aki estiveram (mataram, traíram, roubaram, assassinaram, estrupraram provavelmente) e que puderam reconquistar sua honra de "pessoas de atos nobres".
     
  7. Tapio

    Tapio Usuário

    Han?:eek:

    Teve nada disso não.
     
    Última edição: 15 Jun 2008
  8. Haran Alkarin

    Haran Alkarin Usuário

    PJ não refletira sobre essa questão e fez a pior adaptação da trilogia com essa base (isto é, mortos verdes ninjas matando todo mundo).

    Tem que lembrar que SdA é uma obra idealizada, Aragorn, como herói, não poderia abusar dos mortos, apenas exigir o que tinha direito, nada a mais. Segundo, os mortos não tinham o poder de assassinar, apenas de afugentar, amedrontar - o que funciona bem para afugentar homens dos navios e tomá-los, mas não numa batalha em campo aberto: hora ou outra os orcs perceberiam que nenhum ferimento era feito, se reorganizariam e retomariam a batalha. Terceiro, assim os homens perderiam todo o mérito da batalha.
     
  9. Fringway

    Fringway Andarilho do Norte (187)

    Eu também acredito que Aragorn fez mais um favor a essas almas.
    E além disso, ele se livrou de uma outra possível traição e conseguiu tirar delas o que ele considerava suficiente. Elas mostraram a lealdade que ele julgou necessária para libertá-los:yep:
     
  10. Haran Alkarin

    Haran Alkarin Usuário

    Traição em que sentido?

    Pois a traição anterior fora apenas não auxiliar Gondor. Duvido que os mortos poderiam fazer qualquer mal aos dunedain.
     
  11. grlopez

    grlopez Usuário

    Não sei Haran. Antes eles cultuavam Sauron, acredito que seria bem possível, quem sabe em troca de um anel ou alguma promessa daquelas que só o Senhor do Escuro sabe fazer e que os homens tem tanta dificuldade em recusar...
     
  12. Tia Neera

    Tia Neera Pinguin. Aditivada com café!

    Talvez Sauron prometesse libera-los, caso Aragorn não fizesse isso. Era o que eles queriam, por já estarem cansados. E assim conseguir alguma lealdade deles.

    Eu não sei que tipo de traição :think:, nem se a chamaria assim. Mas acredito que a atitude de Aragorn ao libera-los evitou algum possivel tropeço à sua ascenção ao trono.
     
  13. Arveleg

    Arveleg Men of The West

    Não é a toa que em Aragorn se depositava toda a Esperança que ainda havia nos homens. Qualquer outro teria quebrado sua promessa para com so Homens da Montanha, pois a tentação de possuir um exército com aquele poder seria tão grande quanto a pelo Um Anel.

    Que tipo de Rei seria Aragorn se ele não cumprisse suas promessas para com aqueles que o serviam? E mais, será que os homens de Gondor e Hohan marchariam com a mesma determinação para o Portão Negro acompanhados por um exército amaldiçoado que causava tanto terror?
     
  14. Sindar Princess

    Sindar Princess Que deselegante...


    hum, entendi agora...
    acho que errei ao lembrar somente do filme...
    vero...
    é que faz anos luz que li os livros... to retomando agora...

    mas mesmo assim a minha opinião anterior ainda bate com a grande maioria: aragorn os libertou da maldição imposta por sua traição... eram almas cansadas (tanto pela vida amaldiçoada como pelo fato de carregarem o peso de uma vida terrena das piores.
     
  15. Calenardhon

    Calenardhon Cavalariço de Rohan

    Ora, o Aragorn simplesmente achou que o dever deles estava cumprido, e se os mortos fossem para Mordor junto com os Capitães do Oeste, Sauron se fecharia dentro de Mordor, nenhum orc iria querer encarar espíritos que eles não podiam atingir.
     
  16. Fëahin

    Fëahin Aurë entuluva !!!

    Sim, Aragorn foi inteligente ao liberar os espíritos, pois ele trarima mais mal do que bem em sua ira. Ele também foi bondoso, pois liberou as almas da prosão do mundo. Porém ele também foi honrado. Ele cumpriu sua palavra.Como sempre foi um homenm de bem, que foi justo em sua decisão. Eu acho que de todos os ângulos Aragorn fez a coisa certa. :mrgreen:
     
  17. Leura F

    Leura F Say tchubaruba!


    Também creio nisso pois eles fizeram um juramento e cumpriram desta vez, então não tinha porque Aragorn mantelos "aprisionados" então os dispençou, e também por que sauron ja ..... estava sendo destruido , podemos dizer, então não haveria mais tanto mal assim eu acho heheh
    Bom... mas concluindo é isso que vc falou Tapio.:mrgreen:
     

Compartilhar