1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

O Mundo Sombrio de Sabrina (Chilling Adventures of Sabrina - 2018)

Tópico em 'TV' iniciado por Clara, 4 Nov 2018.

  1. Clara

    Clara Perplecta Usuário Premium

    A adolescente
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , filha de pai bruxo e mãe mortal, tem que tomar uma decisão importante ao completar 16 anos.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Não assista esperando que seja um remake da fofa
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , achei que a única coisa em comum entre elas é serem
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    .

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    O "Mundo Sombrio de Sabrina" é sombrio mesmo.
    Os bruxos de Greendale são satanistas (muitos são inclusive bem escrotos) e os personagens, tanto bruxos quanto mortais, enfrentam preconceitos, relacionamentos abusivos (de pais, de irmãs), violência, homofobia, machismo, interesses escusos, corrupção e fanatismo religioso.
    Os primeiros episódios são mais engraçados e tranquilos, lembrando muito a série do anos 90, mas conforme avança a coisa toda vai ficando mais dark e os dois últimos episódios da primeira temporada são realmente dramáticos, com uma Sabrina egoísta e presunçosa e umas cenas que chegam a ser assustadoras.
    .
    Os personagens secundários são das melhores coisas da série, a sra. Wardwell (Madame Satã); o Padre Blackwood; as amigas de Sabrina, Susie e Ros e o namorado Harvey; a rival Prudence, todos giram em torno de Sabrina mas têm segredos e histórias que despertam o nosso interesse e nos faz querer saber mais detalhes sobre a vida deles.
    .
    As tias Zelda e Hilda e o primo Ambrose são a ligação de Sabrina com o mundo bruxo.
    A elegante e inteligente Zelda é uma crente fanática satanista constantemente questionada em sua fé cega em satã e na Igreja da Noite; Hilda é fofa e maternal, um tanto ingênua em sua rebeldia que a certa altura a faz ser excomungada pela Igreja da Noite o que, apesar de deixá-la mal vista no coven, lhe dá a liberdade que tanto precisava. O primo Ambrose está em prisão domiciliar por um crime cometido há tempos, é inteligente e esperto, além de confidente e conselheiro de Sabrina. Salem é um duende (chamado de "familiar") que os bruxos têm (uma espécie de deamon como os da série "Fronteiras do Universo") e tomam a forma de um animal, com a função de proteger o bruxo que acompanha.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Sem dúvida é uma série para fãs de terror, inclusive pela diversão de procurar referências do gênero que aparecem em quase todos os episódios, como de filmes (O Exorcista, A Hora do Pesadelo, Stargate, Suspiria, O Bebê de Rosemary) contos clássicos como "A Pata do Macaco" e os de H.P. Lovecraft.
    Ah, e a trilha sonora é muito bacana também. =]
    .
    Outra coisa, achei a atriz que interpreta a Sabrina (Kiernan Shipka) a cara da Emma Watson, será coincidência? o_O

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição: 4 Nov 2018
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    (de novo) só vi o primeiro episódio. eu estava acompanhando a divulgação antes de lançarem a série, então sabia que não seria engraçadinha como a dos anos 90 (o salem nem fala :~~ ), mas ainda assim me assustei com o tom da série. e olha que vi uns episódios de riverdale :lol: enfim, eu gostei, mas tem um negócio ali que me incomodou bastante e espero que passe nos outros episódios, mas as falas mais complexas (normalmente quando a sabrina está desenvolvendo teorias sobre filmes, ou defendendo um ponto de vista) parece que ela está só... repetindo texto? não sei dizer. mas não parece convincente em termos de atuação.

    (o primo ambrose é <3 )
     
    • Mandar Coração Mandar Coração x 1
  3. Bilbo Bolseiro

    Bilbo Bolseiro Bread and butter

    Não vou assistir não, não consigo mais ver bruxas sendo retratadas dessa maneira, em associação com o diabo cristão. Pra mim bruxa a tempos deixou de ter essa conotação pejorativa, "maligna", pra mim é sinônimo de mulher poderosa, sábia e em comunhão com a natureza, como era nas religiões européias pré-cristianismo.
     
    • Mandar Coração Mandar Coração x 2
    • Gostei! Gostei! x 1
  4. Clara

    Clara Perplecta Usuário Premium

    Sim! Ambrose é um lindo, e amei o fato dos três, ele, Zelda e Hilda serem britânicos. =]

    De fato, imagino que você e a @Lissa não devem gostar mesmo, porque a bruxaria apresentada ali é aquela dos folclores, satanista, das histórias dos pioneiros americanos. :tsc:
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  5. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    eu não tenho problema com representações negativas de bruxas (eu lembro que a lissa ficou putassa com the witch, e eu amei o filme), mas no caso de sabrina me incomodou? não sei explicar. ainda não vi mais do que o primeiro episódio, mas eu fiquei o tempo todo pensando no que isso vai dar, em como vai contribuir para o enredo. tipo aquela bruxa que toma o corpo da professora, que é que ela tá fazendo ali? garantindo que a sabrina vá para o lado do demo? mas o que significa ir pro lado do demo? o ambrose e as tias parecem ok (fora as menções a comer carne humana, wtf). eu fico pensando se não funcionaria melhor seguir uma linha meio família addams, aquele jogo de contrário deles. eu sei que a série segue um caminho mais dark do que a dos anos 90, como disse, acompanhei a campanha de divulgação. mas em termos de enredo é meio poteito, potato, não sei o quão necessário era envolver o demo nessa. enfim. vou ver mais uns episódios e depois volto pra comentar.
     
  6. Mavericco

    Mavericco I am fire and air. Usuário Premium

    minha namorada é evangélica, daí eu fui todo pimpão indicar a série pra gente assistir juntos dizendo AH, MAS TEM O SALEM, RISOS.

    pois é.
     
    • LOL LOL x 5
  7. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    aiaiaiaiaia eu vou ter que deixar um lol pra vc pq to rindo muito, discurpe
     
    • LOL LOL x 1
  8. Clara

    Clara Perplecta Usuário Premium

    Me pareceu mais uma coisa de perder a liberdade, você ganha os poderes de bruxa mas perde a liberdade, o livre arbítrio que (pelo que entendi) os mortais têm. Tudo é feito em nome de satã, por ele e pela igreja (e pelo padre, consequentemente) e parece que os maiores sacrifícios, as maiores prejudicadas, são sempre as mulheres.
    Tem um episódio (bem pesado, eu achei) em que isso é mostrado de maneira mais clara, e pelo que entendi, o pai da Sabrina era contra tudo isso, era a favor de maior liberdade de escolha pelos bruxos, a pensarem e agirem mais por si próprios e não dependerem tanto das palavras do padre e talvez por isso é que provavelmente ele foi assassinado (na série dizem que os pais da Sabrina morreram num acidente, mas acho que é bem óbvio que não foi isso) uma critica aos cristãos fanáticos, talvez?

    O pai da Sabrina era pela liberdade dos fiéis e contra e desmandos da igreja da noite. Madame Satã (a verdadeira identidade da professora/bruxa) está ali pra não deixar Sabrina ir pelo mesmo caminho. Não sei até onde você assistiu Ana, mas
    o Padre Blackwood recebe ordens dela, que na verdade é uma demonha, uma espécie de "esposa" do satã
     
    Última edição: 5 Nov 2018
    • Ótimo Ótimo x 2
    • Gostei! Gostei! x 1
  9. Jauregui

    Jauregui Visitante

    Acho que o primeiro passo de tudo assistir mais do que um episodio, digo isso porque o primeiro realmente não me convenceu e eu só fui assistindo por ser algo de bruxas mesmo e, devo confessar, ser algo mais sombrio.
    com o passar dos episódios, você vai se perguntando o que ela quer e vai "descobrindo" e no final é algo bem inusitado, pelo menos pra mim e eu gostei bastante.

    acredito que na segunda temporada os familiares (tipo o Salem) vão começar a falar.

    Mas no mais, minha opinião sobre a série: eu adorei. tomei uns sustinhos de boa, mas acabei me acostumando com a cara dos demônios. o que eu odiei foi a Sabrina mesmo, mas o jeito dela ao decorrer da série, achei ela bem criancinha, que quer fazer tudo do jeito dela mesmo as tias falando que não pode, que é proibido.
    Espero que respondam na segunda temporada aquela visão que ela teve na banheira, no primeiro ep, onde ela vê dois bebês.
     
    Última edição por um moderador: 5 Nov 2018
    • Gostei! Gostei! x 2
  10. Clara

    Clara Perplecta Usuário Premium

    É mesmo! Tem esse lance de dois bebês em três episódios, não?
    Essa visão da Sabrina, depois o pesadelo da Hilda com o diretor da escola dizendo que tem um gêmeo que ele devorou e acabou ficando com parte dele no peito e no final, os gêmeos do padre Blackwood, que a Zelda conta essa mesma história de um devorar o outro e fica com a menina porque ela acredita que o padre iria matá-la, já que queria um homem como herdeiro.
    Agora também fiquei pensando nisso. o_O
    Vou procurar por teorias na internet.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  11. Jauregui

    Jauregui Visitante

    estava procurando umas teorias aqui também e tem uma de uma menina "famosa" no yt já, mas a teoria dela não faz nenhum sentido pra mim, nem a teoria das pessoas que comentaram no video. vou tentar procurar por mais algumas coisas.
    falaram que a Sabrina pode ser irmã do Satã, o que eu acho muito sem sentido, porque ele já é velho e nao tem cabimento NENHUM ir mudando de satã com o tempo
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  12. Clara

    Clara Perplecta Usuário Premium

    Coisas que ficaram indefinidas e que devem ser respondidas na próxima temporada:
    - O significado do gêmeos no mundo bruxo e aquela história de um "devorar" o outro, quem ou o que é o outro bebê que aparece na visão da Sabrina?;
    - O que satã realmente quer com Sabrina agora que ela finalmente assinou o livro da besta;
    - O bruxo assassinado (e o posterior "suicídio" dos pais adotivos dele) quem os matou e porquê;
    - Quem é Luke (o namorado do Ambrose) realmente e o que ele tem a ver com os assassinatos;
    - O pai do Harvey sabe mais sobre o mundo bruxo do que aparenta?
    - Padre Blackwood assassinou ou teve alguma participação no assassinato dos pais da Sabrina?
    - O chefe da Hilda (Dr. Cee) é um demônio ou o que? (Na última cena em que aparece ele fica cozóio amarelo);
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  13. Morgoth

    Morgoth Stalker

    Resolvi dar uma chance depois de ter assistido ao primeiro teaser e não esperava que fosse gostar tanto. Nunca li os quadrinhos da Sabrina e somente agora descobri que eles já haviam sido reformulados, deixando para trás a ingenuidade e comicidade do original (apesar de ainda assim manter grandes diferenças com o roteiro da Netflix).

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    "O Mundo Sombrio de Sabrina" usa muito bem aquele universo bruxo mais caricato do folclore para explorar inúmeras questões da adolescência (relações familiares, envolvimento amoroso, mudanças de personalidade, rebeldia, etc) e foi corajosa ao adotar um tom realmente assustador e dramático. Ainda tem muitas questões em aberto, mas até o momento me parece que tudo está seguindo um bom caminho. Os personagens são ótimos e grande parte disso se deve ao carisma do elenco. Os diferentes núcleos funcionam sozinhos e em conjunto, na maioria das vezes com boas soluções para interligar todos. Fora que pra quem gosta de terror e tem alguma bagagem nisso, é diversão extra garantida. Que venha a segunda temporada, dessa vez com uma participação muito maior do Salem.

    Espero que sim. No episódio final
    o Stolas conversa com Madame Satã usando uma voz humana e acho que está ali como um indício disso que tu falou.
     
    • Gostei! Gostei! x 3
  14. Clara

    Clara Perplecta Usuário Premium

    Sobre a possibilidade de Sabrina ter um irmão ou irmã gêmeo(a):

    Este vídeo traz algumas teorias sobre a ou o irmã(o) ser:
    - Nicholas
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Scratch, já que old nick e old scratch são dois dos
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    em inglês para o demônio, além do que o nick ser obcecado por e estudar bastante os diários do pai de sabrina;
    - O bruxo órfão que aparece assassinado no primeiro episódio (e mais uma vez nos faz lembrar da ligação do luke com o blackwood);
    - A Dorcas, uma das "irmãs malvadas", que é órfã e está aos cuidados do padre blackwood.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     
  15. *Alfirin*

    *Alfirin* Usuário

    Eu assisti ao primeiro episódio e fiquei incomodadíssima com a associação das bruxas com a figura de Satanás e toda essa história de Igreja da Noite, dogmas e etc. As tias ( principalmente a Zelda) me pareceram muito aquelas carolas cristãs que obrigam a família a seguir os preceitos da religião. Como dito acima, bruxaria tem a ver com liberdade, a mulher bruxa é a mulher que sabe e aceita o seu próprio poder e vive como quer.
    Decidi continuar assistindo e no final acabei gostando da série, apesar disso.
    Gosto de como a Sabrina sempre questiona tudo o que lhe é imposto, seja no mundo mortal ou bruxo. Adorei as personagens femininas da série, desde as amigas mortais, as irmãs gêmeas e a Madame Satã.
    A sexualidade é abordada na série sem ser um tabu e acho muito importante isso em uma série voltada para o público adolescente.
    Pra quem gosta de ler sobre ocultismo ou pratica a arte, pode ver muitas práticas reais sendo mostradas na série (com exagero, claro), sem falar nas inúmeras referências ao universo do terror.
    E eu terminei a série com um crush fortíssimo no Ambrose, fora o amor que eu tenho pelo Salém <3 hahaha
     
    • Gostei! Gostei! x 3
  16. Focr_BR

    Focr_BR Usuário Usuário Premium

    Comecei a assistir o primeiro episódio e tive a mesma sensação da @*Alfirin* temática extremamente pesada e desnecessária, de tão pesado soa até forçado como se estivessem tentando empurrar a temática de satanismo como se fosse bruxaria, me soa até meio puritanismo enrustido.

    Enfim, acabei abandonando por causa disso antes de terminar o primeiro episódio.
     
  17. Clara

    Clara Perplecta Usuário Premium


    Ainda acho que essa "forçação" com o satanismo e de como todo bruxo precisa fazer parte do coven é pra, no final, os bruxos descobrirem que são poderosos naturalmente e não precisam se submeter ao demo e à igreja da noite, indo ao encontro do que disse a Alfirin:
    Porque vejo muito paralelo entre a vida no mundo bruxo da Sabrina com a tirania da igreja da noite, com a vida dos personagens mortais, principalmente os femininos tipo a garota lésbica, a menina que protesta contra a proibição de livros na escola e também o Harvey, com o pai opressor, todos mais ou menos cercados pelos preconceito e intolerância da cidade pequena.
    Acho que vale dar uma chance porque acredito que a série vai por esse caminho, o de que cada um pode ser feliz sendo o que é.
    No entanto, entendo que, quem for wicca ou simpatizante, vai achar a abordagem da série ofensiva e aí não aconselho a assistir mesmo.
     
    Última edição: 24 Nov 2018
    • Gostei! Gostei! x 1
  18. Melian

    Melian Período composto por insubordinação.

    Terminei de ver a série no feriado de Finados, mas me esqueci de escrever sobre ela naquele momento, por isso, não me lembro de mais da metade das coisas que queria falar. Mas acho que, de modo geral, o estranhamento que a série causou em muitos de nós é questão de geração, sabe? Algumas coisas meio explícitas e/ou desnecessárias fazem parte do conjunto de elementos que atrai os adolescentes de hoje em dia (cadê a minha bengala, pelo amor de Deus? Quando coloco "hoje em dia" e "adolescentes" na mesma frase, sei que estou oficialmente com 90 anos).

    Depois, volto aqui, quando me lembrar das coisas que queria dizer. Por enquanto, fiquemos com um dos melhores momentos:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     

    Arquivos Anexados:

    • Gostei! Gostei! x 2
  19. Clara

    Clara Perplecta Usuário Premium

    A segunda parte (a princípio parece que serão apenas duas partes) virá em 5 de abril de 2019.
    Netflix já mostrou o teaser.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  20. Clara

    Clara Perplecta Usuário Premium

    Última edição: 12 Jan 2019
    • Gostei! Gostei! x 1

Compartilhar