1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

O Modelo Clássico

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por JLM, 12 Jul 2011.

  1. JLM

    JLM mata o branquelo detta walker

    [size=x-large]O MODELO CLÁSSICO[/size]


    Às vezes, mudar é voltar a ser o que era. Este era o pensamento do homem enquanto meditava sozinho em seu apartamento. Não havia janelas no cômodo, pois o sol há muitos anos deixara de ser benéfico e agora causava queimaduras graves aos idiotas que o testassem. Nada que não pudesse ser concertado, mas o desconforto de precisar ser reparado já motivava muitos a não se arriscarem. O homem, que exibia para si um corpo atlético apesar de passar a maior parte do tempo em casa, sentou-se em uma poltrona confortável. Assim que a conexão foi estabelecida imagens passaram a flutuar no ar à sua frente. Com a velocidade do pensamento procurava pelo canal certo, até que o encontrou. Seja bem vindo à Body New Temple, uma empresa 100% americana-chinesa-brasileira. Meu nome é Joe e serei o seu vendedor virtual. Temos os melhores clones para o seu usufruto. Por favor selecione a opção desejada: escravos, membros e órgãos avulsos ou substituição completa. Ah, substituição completa, ótima escolha. O senhor deseja manter as mesmas características do seu clone atual: loiro, olhos verdes, um metro e oitenta, corpo atlético ou quer dar uma olhada nas alternativas? Temos novos modelos híbridos com pele de réptil altamente resistente ao sol. Asas opcionais. Ou talvez uma mudança de sexo? Sobraram poucas unidades da nossa promoção do modelo hemafrodita. Pagamento facilitado. Ah, o senhor deseja um modelo clássico, ok. Mostrarei as opções em nosso catálogo. Raça? Negra. Altura? Mediana. Corpo? Atlético. Ah, vejo que o senhor tem em mente um modelo com rosto específico, de um famoso jogador de basquete do início do milênio. Ótima escolha. O pagamento já foi debitado em seus créditos e o produto deverá ser entregue em sua residência ainda hoje. A equipe de transplante o acompanhará para transferir o seu cérebro do clone atual para o novo modelo. Deseja contratar o nosso seguro contra erros médicos? Não? Obrigado pela preferência e tenha um ótimo dia. A imagem do jovem atleta é a única que permanece no ar. O homem olha para o semblante diante de si e se entristece. Ele não imaginava que doando seus genes centenas de anos atrás seria a forma de imortalizar-se. Os que não tiveram tanta sorte tiveram de escolher os clones empurrados pelo mercado. Ofertas massificadas. Estereótipos baratos. Até mesmo ele havia optado por alguns destes modelos. Já fora ruivo, aquático, gigante, anão, loiro, asiático… até um corpo feminino já experimentara, mas não apreciou a experiência pois a sua mente permanecia masculina. Mas agora estava cansado de parecer ser outras pessoas. Às vezes, mudar é voltar a ser o que era.
     
  2. Mavericco

    Mavericco I am fire and air. Usuário Premium

    No futuro, ser você mesmo será exclusividade da classe alta. É algo muito pior do que imaginar um domínio ditatorial orwelliano ou um domínio biológico huxleyano: pois te dá a falsa impressão de liberdade, de escolha; quando na verdade, a grande maioria só pode escolher os clones empurrados pelo mercado, sob uma ótica limitada de globalização ( [...] americana-chinesa-brasileira), como se isto por si só fosse o suficiente para mudar: e não voltar a ser o que era; mas simplesmente mudar.

    Se bem que... "No futuro"?
    Isso já acontece hoje em dia!
     
  3. Rodovalho

    Rodovalho Usuário

    Sabiam recuperar o modelo clássico. Só não sabiam como fazer uma nova camada de ozônio. Se é que precisavam.
     
  4. Mavericco

    Mavericco I am fire and air. Usuário Premium

    E não precisam, Rodovalho. Basta que se agarrem a medidas por si só vazias "enquanto meditava sozinho em seu apartamento". Ou então "Não havia janelas no cômodo, pois o sol há muitos anos deixara de ser benéfico e agora causava queimaduras graves aos idiotas que o testassem".

    Agora o mais grave é: "Nada que não pudesse ser concertado, mas o desconforto de precisar ser reparado já motivava muitos a não se arriscarem". O desconforto do poder concertar algo que é dado como coletivo (o sol, a camada de ozônio) é muito maior que inventar medidas coletivas que, no final, não resultam em nada. Ajuda também a aumentar o que o Zizek chama de "fardo do homem branco": em outras palavras, o fardo de salvar o mundo, de estar sempre à procura do belo e do "socialmente aceitável" -- ou que o valha (ou melhor, a manutenção do "modelo clássico" -- expressão por si só resumidora e assustadora).
     
  5. Rodovalho

    Rodovalho Usuário

    Ah! Mas ter pele de réptil e asas de morcego deve ser legal que só!

    O fardo de ser concertado devia ser o de reparar a pele, e não a camada de ozônio. Ela que se dane, melhor ficar em casa do que tratar câncer de pele. Melhor ficar em casa do que correr o risco de ser assaltado. Essa é a lógica do shopping.

    No conto do JLM, o homem branco salvou o mundo. Deu no que deu. Ou foi o homem amarelo?

    Li uma charge ontem muito interessante. Ela mostrava Shakespeare refletindo: "Vou alcançar a imortalidade com essa peça!", depois mostra um homem contemporâneo refletindo: "Vou alcançar a imortalidade vivendo pra sempre!"

    Mudar voltando a ser o que era? Assim são as balzaquianas, tentando ser adolescentes de novo.
     
  6. JLM

    JLM mata o branquelo detta walker

    será q o homem ñ demonstra já hj uma tendência em se interessar (materialista//, governamental// &tc) + em desenvolver tecnologias do prazer & lazer dq pelas necessárias, ambientais, coletivas, urgentes &tc?
     
  7. ricardo campos

    ricardo campos Debochado!

    Globalizados. Capitaneados por uma força maior. Será que existe um modelo de felicidade? “Modelo Clássico”
    “A imagem do jovem atleta é a única que permanece no ar” A imagem é tudo e o conteúdo pouco importa. Os novos tempos...Da globorobotização de padrões de valores, beleza, comportamento etc. Isso tudo no mundo supeficial de hj. Conteúdo deveria ser mais e "imagem" menos.
     
  8. Mandark

    Mandark Usuário

    Não vou fazer nenhum comentário profundo ou filosófico sobre o sentido do texto, só dizer mesmo que gostei bastante dele, me deixou verdadeiramente pensativo sobre muitas coisas. Parabéns!
     

Compartilhar