1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

O Menino que Odiava Mentira (M. J. Hyland)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Izze., 11 Out 2010.

  1. Izze.

    Izze. What? o.O

    Mentira é uma daquelas coisas que ninguém gosta, mas são fundamentais. É o mecanismo que usamos para elogiar o cabelo horrível da chefe e evitar mau-humor dela, por exemplo. Mentiras, dizem, são praticamente a base para a convivência social. São coisas necessárias. É o que o jovem John Egan percebe em O Menino que Odiava Mentira, da inglesa M. J. Hyland, publicado aqui pela Companhia das Letras. Sim, John é esse menino, e o fato de ele odiar mentiras vem justamente do que elas causam à ele: mal estar.

    Aos 11 anos, John ouve seu pai contando uma pequena mentira. No mesmo momento, começa a se sentir enjoado e, sem saber como, tem certeza de que seu pai não lhe conta a verdade. Vertigens como essa se repetem a cada vez que algum conhecido lhe diz uma nova mentira. John se considera um detector humano, e se sente especial por isso. Maior do que os garotos de sua idade, John é inteligentíssimo, leitor assíduo e ama o Guiness Book. Todo ano, recebe um exemplar de seus pais e tenta a todo custo absorver o maior número de informações possíveis. Mas as mentiras não são as únicas coisas que o afetam. Mudanças em seu corpo começam a acontecer, típicas do início da adolescência, e ele nota que as pessoas o tratam de forma diferente.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Interessante o contexto, lembra um pouco o menino do pijama listrado. Fiquei com vontade de ler e realmente descobri o que acontece.
     

Compartilhar