1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

O Livro dos Seres Imaginários - Borges

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Ronzi, 29 Abr 2008.

  1. Ronzi

    Ronzi Oh, Crap!

    Bem, faz um tempinho que a Cia. das Letras está lançando uma coleção bacanuda chamada Biblioteca Borges, como pode ser
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , e já tive a felicidade de adquirir alguns exemplares desse que, na minha opinião, é um dos maiores escritores latino-americanos.

    Não vou fazer um resumo da vida e obra do cara, fique tranuilos, até por que seria um saco e qualquer um poderia
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    . Queria falar sobre um dos livros mais legais de se ler no metrô de totos os tempos: O Livro dos Seres Imagináqios, onde o autor descreve deliciosamente cem criaturas imaginárias de uma maneira que dá um upgrade criativo em qualquer um só de ficar pensando em como esses "monstros" poderia ser.

    No livro ele descreve desde Gnomos até Nenás e criaturas sonhadas por outros escritores. Não propõe poesia, prosa, ou qualqer coisa do tipo, apenas m amealhado de descrições com o estilo refinado do autor que possibilita devorar toto livro em uma tarde. vale a pena!
     
  2. Fernando Giacon

    Fernando Giacon [[[ ÚLTIMO CAPÍTULO ]]]

    Que da hora isso! Uma viagem ao mundo das idéias, pensamentos...é uma boa isso...dá pra viajar a tarde inteira...brisa legal mesmo! uhahuah...é bem diferente não?;)
     
  3. O Livro dos Seres Imaginários (J. L. Borges), tradução | Companhia das Letras

    De vèras que o que eu mais gosto do argentino Borges é "Tlön Ukbar e Orbis Tertius", um conto no livro Ficções (se não estou enganado, [size=x-small]& além de um outro, cujo paradeiro não me recordo para já ...[/size]), mas posso dizer que curti a leitura das partes que li deste (capa da nova edição brasileira em [size=x-small]anexo[/size]), que foi lançado tem já um tempinho (alguns meses; inícios de 2008).

    O livro é, ao estilo do escritor, um pequeno dicionário enciclopédico imaginário sobre seres fantásticos.

    Alguém por aí vem lendo o argentino? :uhum:


    ferreiro
    :pipoca:
    [size=xx-small]biscoitinhossortidos[/size]
     
  4. Angélica

    Angélica Visitante

    RE: O Livro dos Seres Imaginários (J. L. Borges), tradução | Companhia das Letras

    Sorry, Ferreiro... nunca li nada do dito cujo, mas, registrei e quem sabe um dia desses eu apareça por aqui pra te dizer algo sobe ele... bj da angel
     
  5. imported_Amélie

    imported_Amélie Usuário

    RE: O Livro dos Seres Imaginários (J. L. Borges), tradução | Companhia das Letras

    Eu li alguma coisa de poesia, e umas crônicas...
     
  6. RE: O Livro dos Seres Imaginários (J. L. Borges), tradução | Companhia das Letras

    Desculpem :doh: , faltou isto:

    "Esta obra nos revela a espantosa erudição borgiana e seu gênio para perquirição do mítico, do metafísico e do místico. De fontes as mais dispersas no tempo e no espaço, secundado pela minuciosa pesquisa de Margarita Guerrero, retrata ele os assombrosos entes que a imaginação humana engendrou ao correr dos séculos, convocando-os de seus habitats na remota China, na primeva Escandinávia, na Índia dos deuses sanguinários e em nossas selvagens Américas. Como todos os trabalhos de Borges, este é uma fascinante mostra do estranho, do admirável, do mágico. Mas é igualmente a encruzilhada onde confluem os caminhos para a decifração de sua obra: muitos desses seres imaginários são as realidades que povoam seus poemas, seus contos e seus ensaios"

    (fonte, Saraiva.com)

    A crítica só falha em dizer que, a menos que eu esteja enganado, há um ser ou outro da criação do próprio Borges :think:


    Cordial,
    f.
    :pipoca:
    [size=xx-small]biscoitinhossabàticos[/size]


    [size=x-small]aliás,[/size]
    é sábado!, é sábado!!
    :iei:
     

Compartilhar