1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

"... o gemido lento e eterno da rocha sobrecarregada..."

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Ferbos, 3 Mar 2009.

  1. Ferbos

    Ferbos Usuário

    Frase de Gandalf em "O Cavaleiro Branco" ,Duas Torres.

    Quando li isso pensei que Tolkien se referia poeticamente as placas tectónicas (aquleas placas enormes que formam a crosta terrestre e flutuam no magma), mas só depois percebi, a teoria das placas tectónicas foi aceita só na década de 60.
    Bom...o livro foi publicado na década de 50, isso pode sugerir que Tolkien estava por dentro da vanguarda da pesquisa sobre geologia, um fato incrível visto que essa teoria foi revolucinária e demorou muito para ser aceita...

    A questão é: seria possível imaginar essa frase sem saber das placas tectónicas?
     
    Última edição: 3 Mar 2009
  2. Indily

    Indily Balrog de Pantufas Fofas

    Coloque uma pedra sobre a outra e coloque algo pesado em cima, algo que realmente possa dar "trabalho" cheque com seu ouvido perto e verá q ela quase inaudivelmente irá ranger.... "gemer", demonstrando que não pode suportar tamanho peso.

    Não creio que Tolkien tenha pensado em um minuto sequer em placas tectônicas em si. Creio que ele usou de uma experiência no mundo real, que pode ocorrer com qualquer corpo sobrecarregado e lançou uma metáfora. Apenas quis exemplificar que quando algo já não está bem, e coloca sobre ele mais um peso (problema) ele tende a demonstrar que está pesando, demonstrar cansaço e clamar, num suspiro quase mudo por menos ajuda...

    No caso, pelo contexto todo da frase, o que me parece é que Gandalf se referiu a Terra Média como esta rocha... sobrecarregada de coisas que não mais poderia suportar:

    "...fiquei ali deitado olhando pra cima enquanto as estrelas rodava, e cada dia era longo quanto uma era na vida da terra.Chegavam aos meus ouvidos os rumores longínquos de todas as terras: o nascimento e a morte, o canto e o choro, e o gemido lento e eterno da rocha sobrecarregada..."

    Creio que Gandalf quis dizer isso... que enquanto ele estava ali ele pensou em tudo o que acontecia na Terra média e notou que ela estava sobrecarregada de um tormento que não era o ideal para ela aguentar... mas esse tormento vinha de eras, não era recente... era eterno.

    Entendi que ele disse que a Terra estava exausta de tantas batalhas, sofrimentos e provações, peso que ela não poderia suportar se as coisas piorassem ainda mais.
     
    • Ótimo Ótimo x 4
  3. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Tá aí um conceito interessante. Yavanna tinha domínio sobre criaturas vivas, que apesar de não possuírem almas possuíam um certo grau de vida. Não seria de se estranhar se outros seres de Arda possuíssem uma certa vida latente e pouco expressiva e se servissem de uma linguagem e comunicação mais primitiva que só podia ser entendida em condições especiais, como por Valar ou Maiar ou sob encantamentos. Essa comunicação não verbal de estruturas na Terra Média lembra um pouco os ventos que traziam notícias ou mesmo as águas que traziam notícias. Fico imaginando que as pedras eram os animais de estimação de Aule, assim como as árvores de Yavanna ou as águias de Manwe...=P
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  4. Taison Almeida

    Taison Almeida Usuário

    Nesse caso concordo com Indily, não creio que Tolkien estivesse se referindo a placas tectônicas, creio que esse gemido se referia a um pedido de ajuda da terra média. Creio tambem que gandalf se referia a Arda como um todo, não só as pedras e árvores, mas tudo que havia.
     
  5. Café

    Café O importante é o que importa

    Como a Indily disse, também não acredito que Tolkien tivesse se baseado nas placas tectônicas neste caso. Por mais que Tolkien tivesse sido influênciado e utilizado muitas areas do conhecimento humano em sua obra, no trecho citado ele certamente quis passar um entendimento mais profundo do ponto de vista de Gandalf para com a TM e não que ele realmete estivesse falando das placas...
     
  6. Thalion

    Thalion Mas que puxa!

    Pode ser também que ele usou rocha como metáfora para os próprios homens e elfos não? :think:
     
  7. ARABAEL

    ARABAEL Ema Infame e

    Humm... "... o gemido lento e eterno da rocha sobrecarregada..." o que a Indy e o Taison disse faz sentido...
    ...ou outra ipótese, talvez fosse referente ao vulcão em atividade (erupção), o tremor de terra e o som da lava jorrando entre as rochas, o trincar do chão, os ruídos do magma passando por sobre o chão frio, estalando em contato com o calor. Existem vulcões que ficam em atividade durante anos e anos, daí a parte da frase gemido lento e eterno...

    "...fiquei ali deitado olhando pra cima enquanto as estrelas rodava, e cada dia era longo quanto uma era na vida da terra.Chegavam aos meus ouvidos os rumores longínquos de todas as terras:

    Apelos das criaturas da Terra Média que ecoavam ao vento pela eternidade, conforme a Indy mencionou, com o passar das eras, o desgaste, o desalento, todo sofrimento acumulado.

    o nascimento e a morte, o canto e o choro, e o gemido lento e eterno da rocha sobrecarregada..."

    Ou seria sobre o retorno de Sauron, seu renascimento?!! O Olho, protegido pelas terras inóspitas, calor, depressões, fogo, lava e escuridão, e as criaturas lamentando o seu retorno.
     
  8. Indily

    Indily Balrog de Pantufas Fofas

    Na verdade eu penso em todas as hipóteses Thalion e Araba... acredito que ele quis dizer que tudo está mais sobrecarregado do que deveria estar, em todo e qualquer sentido que ele pudesse mencionar naquela situação de imenso desgaste. A terra média, oe Eruhin em geral, a natureza e que também sofria com a guerra....
    Pelo que entendi no contexto da frase, na parte em que ela se encontra no livro, pelo menos pra mim não tive dúvidas que ele estava falando não só de algo físico como de algo moral e psicológico. Pressão demais sobre as cabeças dos homens e elfos, fardo muito grande para o coração de frodo... tudo isso acho que se encaixa no contexto.
     
  9. Lassendil

    Lassendil Entinho

    Concordo com a Indily. Toda a obra de Tolkien é formada por uma infinidade de metáforas, como um autor de "fantasia" deve ser, para dar ao leitor o máximo possível de informação para que a sensação seja de um mundo real, palpável. E o que Tolkien quis dizer, a meu ver, é que a Terra-média já estava cheia de acontecimentos "pesados", e que tudo estava prestes a acabar, para o bem ou para o mal.
     
  10. Elring

    Elring Depending on what you said, I might kick your ass!

    Não creio que Tolkien estivessem antevendo a geofísica das placas, dentro do contexto, Gandalf estava relatando a diferente percepção de Tempo e Espaço apos seu fëa separar-se do hröa a fim do embate contra o Balrog de Moria. Sua essência ainu desprendeu-se de Arda e por um intervalo longo (apesar do breve lapso de tempo entre a "morte" e o "renascimento") ele pôde contemplar o mundo físico como um todo, assim como fizera em eras passadas durante a Canção Magnífica, vislumbrou a passagem de centenas ou milhares de anos sobre a Terra-média e ouviu o lamento da rocha em movimento.
     
  11. Elfo Anão

    Elfo Anão Usuário

    Concordo com a maioria. Eu acho que foi apenas uma das várias metáforas que ele usou ao longo de seus livros. Afinal, ele não era um grande estudioso de geologia, ou era?
     
  12. Indu

    Indu MANDALORIAN

    Tolkien falava poéticamente a respeito de tudo, então creio eu que a teoria da Indily é algo a se considerar...
     
  13. Ferbos

    Ferbos Usuário

    Elring, poderia ser mais claro por gentileza....

    Acho que era sim, para ter criado por exemplo: os mapas da TM (possuem total coerência geológica)....

    Obrigado a todos que postaram. Fico com a teoria da Indily, minhas interpretações tendem sempre ao cientificismo, vou tentar ver as coisas de um lado mais abstrato agora...valeu!
     
  14. Indily

    Indily Balrog de Pantufas Fofas


    Fëa = alma, espírito
    Hröa = Corpo
     

Compartilhar