1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

O Efeito Borboleta (The Butterfly Effect, 2004)

Tópico em 'Cinema' iniciado por Bravoo_SdA, 22 Mai 2004.

  1. Bravoo_SdA

    Bravoo_SdA Usuário

    Sinopse: Lutando contra os efeitos psicológicos de sua infância reprimida, um jovem inventa um modo de voltar no tempo para habitar em seu corpo de criança. Na medida em que ele tenta remendar as vidas de pessoas próximas, ele descobre que uma jornada ao passado traz resultados caóticos ao presente, levando-o a viajar várias vezes e causar danos irreparáveis.


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    Sinceramente quando eu li a sinopse do filme achei que ele seria meio perdido mas ele é realmente surpreendente. Não sei se vcs já ouviram falar dele pois eu mesmo nunca tinha escutado. Soube dele ontem, assisti ontem mesmo e posso adiantar a vcs que o filme é muito bom e fiquei besta com a atuação de Ashton Kutcher que até então eu só tinha visto em filmes de comédia. O filme estreou nos EUA em Janeiro e só chega por aqui dia 11 de Junho. Dá pra pegar o trailer no site do Cinema em Cena:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     
  2. Décimo

    Décimo The Swanson Code

    Não vi o filme, mas não parece ser mau. :roll:
     
  3. Joseph Slater

    Joseph Slater Uoréver

    Posso dar um conselho para quem quer assistir esse filme?

    NÂO vejam o trailer, conta muito da historia e estraga o filme
     
  4. Bravoo_SdA

    Bravoo_SdA Usuário

    Pô foi mal eu nem cheguei a ver o trailer, num sabia que ele contava muito.
     
  5. Dirhil

    Dirhil Olha, Schroeder...

    Eu no começo achei estranho o Ashton estar num filme sério...... tão acostumado a ver ele apenas em besteirol.

    Mas vi que ele não estraga o filme e que até surpreende..... fiquei curioso. :)
     
  6. Eru- o Ilúvatar

    Eru- o Ilúvatar Usuário

    Só pelo título eu já simpatizei com o filme. O mote parece interessante, mas não me arrisco a dizer se é bom até assistir. Um roteiro desses precisa de uma direção muito, mas muito boa, pra sair decente.
     
  7. Tisf

    Tisf Delivery Boy

    Hummmmm o trailer não é ruim não... mas pelo visto já vi o filme todo :lol:
     
  8. Lukaz Drakon

    Lukaz Drakon Souls. I Eets Them.

    Deve ser por isso que escondem ele atrás daquela barba.

    Em todo caso, eu fiquei curioso também. Tem chances de ser um filme bonzinho, caso tudo de certo.
     
  9. Bravoo_SdA

    Bravoo_SdA Usuário

    :lol: :lol: :lol: a aparencia dele muda muito no decorrer do filme, ele num vai estar o filme todo de barba não.
     
  10. Mith

    Mith This server is too busy!

    Acabei de ver o filme, e achei demais! Tenho que ver mais uma vez!
    Eu também estava muito acostumado em ver o Ashton em filmes clichês americanos, nesse deu para surpreender.
    A trama acontece de tal forma que não dá nem para parar e fazer um comentário com quem senta ao seu lado! :lol:
    É muito triste ver como acaba, depois de ver a personagem de Ashton fazer tanto esforço pelos outros.
    Adorei e vou ver novamente, e ainda bem que eu nem vi o trailer!
     
  11. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Dava pra botar um aviso de spoiler, né, Mith? :disgusti:

    Humf.

    EDITADO DEPOIS DE ASSISTIR AO FILME

    :think:

    Não é ruim, não. Aliás, é *bem* interessante e o Ashton Kutcher está razoavelmente bem no papel. Tá que apelou para alguns trejeitos para marcar as mudanças sofridas pela personagem, mas pelo menos apelou para algo.

    Mas pela minha falta de ânimo já deve ter dado para perceber que existe um porém...


    *SPOILEEEEEEEERS!! (É ASSIM QUE SE FAZ, VIU, MITH? :gotinha:)*



    O filme seria absurdamente foda se terminasse no momento em que o médico dizia para Evan Treborn que os diários não existiam e que era tudo uma ilusão. Seria um puta final 'Além da Imaginação' e o filme subiria zilhões de pontos no meu conceito.

    Mas aquilo de ele achar uma saída (ver o filme de família) e tudo ficar bem... Blah. Fraco.


    *ACABARAM OS SPOILERS*


    Mesmo assim 'Efeito Borboleta' é interessante. Os primeiros minutos do filme, mostrando a infância de Evan, ainda são um pouco arrastados. Mas assim que começa a trama em si, ela prende a atenção até o fim.

    E pqp, Ashton Kutcher tem o caminho da felicidade mais sexy de Hollywood. :babar: :anjo:
     
  12. Tauraherion

    Tauraherion The eyes of truth

    spoilers




    eu vi junto com a anica e não fiquei tão preso no filme assim, na verdade ela quase não prendeu minha atenção.

    eu até gostei do filme, apesar de ser previsível o fato dos blackouts serem originados pelas voltas ao passado do ashton.

    Não gostei do final meio feliz...

    Uma coisa que eu curti no filme foi o ashton em si, tava bem no papel e não me lembrei um minuto sequer do Kelso do That 70's Show.
    e o ator que Faz o Tommy criança tb. muito bom.
     
  13. Dirhil

    Dirhil Olha, Schroeder...

  14. Duke Togo

    Duke Togo Usuário

    Esse filme é sensacional. Assitam!
     
  15. Mith

    Mith This server is too busy!

    :mrgreen: Apenas me empolguei com o filme! É bom demais!
    da próxima eu coloco bem grande, ok Aninha? (se é que posso te chamar assim!)
     
  16. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Jura que você gostou mesmo com aquele final? Eu sei lá, acho que...


    *SPOILERS!!!!!!!!!!*



    Já que era para fazer um final 'tudo bem quando termina bem', ele poderia ter ido falar com a menina quando encontrou ela anos depois. Aí fechava o perfeito final hollywoodiano.

    Eu ainda sou da opinião que perderam a chance de fazer um filme fodérrimo com medo do que as pessoas pensariam se no final das contas o cara fosse só louco mesmo.



    *ACABARAM OS SPOILERS*



    *voz sexy*

    Você pode me chamar do que quiser, querido. :wink:


    :obiggraz:
     
  17. ombudsman

    ombudsman O Eto'o brasileiro

    Acabei de voltar do cinema e minha opiniao sobre o filme é basicamente o que foi postado pela Ana alguns posts acima.


    *SPOILERS!


    O roteiro do filme é bem interessante, apesar de ser um pouco batido ( essa historia de que o passado nao pode ser alterado sem trazer consequencias no presente - a Teoria do Caos citada no inicio do filme - ).
    Mesmo sendo batido, o filme é interessante nos primeiros momentos, e eu cheguei a pensar até em coisas mais "macabras", quando por exemplo o Evan aparece segurando aquela faca na cozinha hehehehe. Imaginei que o "ela" do bilhete que ele escreve no inicio do filme era relacionado a mae dele, que ele teria matado, ou algo do tipo. 8O
    Da parte da infancia dele, o que mais me incomodou foi o irmao da loirinha: aquele Tommy mais parece o Macauley Caulkin de "O Anjo Mau" , nao sei, ficou meio forçado demaaaaaaais pro meu gosto.
    O problema é que, por mais que o Tommy tenha me incomodado, nada me irritou mais do que aquele final.

    PQP! O filme todo mostra como o Evan está se tornando mais e mais parecido com o proprio pai.
    Agora, vejamos o pai dele: Louco, internado, com serios problemas psicologicos.
    Na hora em que o Evan muda o passado para salvar a mae e acaba matando a loirinha com a dinamite e acorda no hospicio, eu pensei "opa! gostei". Na hora em que o medico diz entao que nunca existiram diarios e que ele inventou todo aquele papo sobre universos paralelos só para justificar a morte dela, eu achei o MAXIMO. Filme bem "mind-fuck" , a ponto de me lembrar do Gilliam e do Lynch.
    Mas maldito seja o roteirista que resolveu tornar o final em algo "agua com açucar": A cena dele lembrando da infancia pelo video, e no final ele cruzando por ela na rua e ambos pararem com aquela cara "será que é ele msm?" foi de me deixar put*!

    Mas enfim, tirando os ultimos 15 minutos, é um bom filme.

    65/100
     
  18. Mith

    Mith This server is too busy!

    Ui, agora me amarrei! :mrgreen:

    Mas eu gostei sim.
    Faz tempo que esses filmes que passam pelos cinemas me prendem dessa maneira.

    *COMEÇO DO SPOILER*(O que achou, Aninha? 8-))
    Quando o Evan fura a mão naquele negocinho de pregar conta de boteco (não sei como é o nome XD), eu achei que ele estivesse possuído por algum ser. Deus me livre, ficou meio estranho aquilo.

    Concordo com o ombudsman na hora em que o Evan e a blah blah blah (esqueci novamente ¬¬ o nome da garota) eu quase taquei fogo na tela. Parecia que ia começar um filme clichê americano, daqueles em que a menina popular se encontra com o cara mais idiota. Ah, nem sei como explicar como eu me senti na hora!

    *FIM DO SPOILER*
     
  19. Lembas

    Lembas Usuário

    Poutz...
    Eu gostei muito do filme...

    Quando eu era criança tinha formaulado a teoria de que meus deja vus eram na verdade os pontos onde eu voltava no tempo do futuro pra consertar alguma coisa, e eis que me aparece esse filme.

    A Ana tem razão, esticaram o filme. Deveria ter acabado na cena do médico... mas até que eu não achei ruim o final não, só acho estranho o cara poder voltar em uma cena da vida onde náo tivera o blackout

    Mas ainda assim, muuuito bom.
     
  20. V

    V Saloon Keeper

    Esse é provavelmente o pior filme que eu assisti esse ano até agora.

    Ainda bem que eu não vi no cinema, senão eu ia ficar indignado. É tão ridículo, amador, forçado e imbecil que eu não consigo acreditar como tanta gente achou "interessante" e "inteligente".

    O roteiro parece escrito por um moleque de 14 anos, as atuações são todas horríveis, a história perde o rumo depois da primeira viagem no tempo e a aparente complexidade não sobrevive a uma análise cuidadosa, além de levar a uma conclusão que não diz absolutamente nada mais profundo do que "um amor pode ferrar a vida de muita gente".

    Parece um filme feito por um bando de adolescentes acéfalos tentando ser "sérios".

    "Cara, cadê o meu passado?" :wall:
     

Compartilhar