1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

O diário DAQUELA garota.

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por LucasCF, 11 Jan 2009.

  1. LucasCF

    LucasCF Usuário

    Estimado Diário,
    Hoje vi morrer o homem que me fez sofrer. A morte de alguém que embora tenha me machucado, fora muito meu amado.
    Raul, morreu jovem, 26 anos. Muito tempo fazia, que eu não o via. Como ele engordou. Sua barba estava grande, e mal feita.
    Já que esse meu hábito de escrever diários só começou depois que a psicóloga disse que um diário poderia ajudar-me a esquecer a dor que eu por muito tempo senti, vou então contar-lhe uma história.
    Meu pai viajava muito, pois sua profissão exigia isso dele. Aquilo era a única coisa que ele sabia fazer. O velho nunca reclamava de não parar em cidade alguma. Já eu, e minha mãe acabavamos tendo que nos mudar logo após firmarmos boas amizades.
    Quando eu tinha 13 anos, meu pai infelizmente faleceu. Minha mãe foi obrigada a vender trufas (coisa que ela sabia fazer muito bem), pois antes da morte de meu pai, só quem sustentava a casa era ele próprio.
    Mesmo com algumas dificuldades financeiras que estavamos a enfrentar, minha mãe ganhava com as trufas um bom dinheiro, que sendo bem dividido, pagava ainda uma boa escola para mim. Minha mãe sempre pensou que eu tivesse chances de ser diferente dela, tivesse alguma profissão. E vejam agora, qual é minha profissão... Esposa de um ricaço bem sucedido. Isso tudo por culpa de uma forte paixão platônica que acabou com minha vida.
    Certo, me sinto uma burra, por ter me apaixonado tão perdidamente por um canalha como Raul. Onde é que uma garota feinha tem final feliz com um dos "Populares" da escola?
    Enfim, aos 13 anos, me apaixonei por um rapaz um ano mais velho. Estava no último dia de meu ano letivo (ano em que tive ótimas notas, como sempre tinha sido), sentada na arquibancada do campo de futebol de minha escola. Era usual o colégio participar de um campeonatinho de futebol entre as escolas da região no último mês de aulas. Nesse ano, 1996, nós sediariamos o campeonato.
    Era final de campeonato. Minha escola contra uma escola de riquinhos metidos a grã-fino. Raul era o capitão do nosso time. Como era forte, atlético. O jogo estava empatado, não lembro bem o placar, e Raul fez o gol da vitória nos últimos 10 segundos da prorrogação.
    ELE APONTOU PARA MIM. Não, não era para mim. Mas minha ingênua cabecinha pensou que sim. Por que ele apontaria para uma garota de óculos fundo de garrafa, cheia de espinhas e com orelhas "tipo Dumbo". Além disso, eu não era nem um pouco avantajada nas partes do corpo que os garotos mais olham. Partes vulgarmente conhecidas por "PEITOS" e "BUNDA".
    Ah, tudo poderia ter sido tão diferente se eu tivesse prestado atenção nas garotas à minha volta. Um degrau acima de mim, posicionada alguns milímetros a direita, estava sentada junto de suas amigas populares, a garota mais "cultuada" daquele colégio, aquela esnobe garota loira de olhos ligeiramente azuis com uma tonalidade um pouco esverdeada. A "peituda que todos queriam catar".
    Oops. Desculpe-me pela lágrima querido diário. Já estou cansada, e continuo essa história amanhã. Você sabe que não deixo de escrever um dia né?
    Cíntia

    Continua...

    (saiba de que garota estou falando aqui:
    http://www.meiapalavra.com.br/showthread.php?tid=1920)

    espero que esteja bom.
     
  2. imported_?

    imported_? Usuário

    Lucas, desculpe. Tive que rir dessa parte! :P

    Vou ler o outro para entender melhor este! ;)
     
  3. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Legal...Teremos várias faces de uma mesma história?
    Po... mas uma vez, acho que você poderia ter desenvolvido mais. Eu to lendo de uma vez só, e isso é muito bom. Apesar da temática (shojo) do texto eu to gostando.
     
  4. LucasCF

    LucasCF Usuário

    Ainda não acabou a história dela..
    E acho que é difícil desenvolver bastante a história para um iniciante, não? tá desculpa esfarrapada (?)
    :D

    o que é "shojo"?
     

Compartilhar