1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

O destino dos Maiar mortos

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Prentice, 29 Mar 2004.

  1. Prentice

    Prentice Usuário

    Pensando bem, se o estrago foi feito por um Vala, deveria ser possível que um Vala consertasse... nem que fosse o mesmo que fez o "serviço" (e esse, pelo menos aparentemente, não estava muito ineteressado nisso).

    Um outro ponto no qual eu estive pensando é a respeito do destino dos Maiar que "morreram" (pelo menos Sauron, Saruman - e alguns balrogs).

    Será que seus espíritos também iam para as mansões de Mandos?

    Será que, nesse caso, Mandos conseguiria "conter" os espíritos dos Maiar mais "rebeldes"? :roll:

    Assim, nas (pelo menos) duas vezes em que Sauron foi gravemente atingido na Segunda Era (e, pelo menos na queda de Númenor, é dito que o corpo físico dele foi destruído), uma possível explicação é que seu espírito ainda teria encontrado força suficiente para permanecer na Terra-Média. :doido:
     
  2. Minduim

    Minduim Suburban Kid w/ Biblical Name

    Sauron conseguiu permanecer na Terra Média porque o Um era uma ligação sua com o mundo físico. Enquanto o Um existisse, Sauron poderia permanecer na Terra Média, não importando quantas vezes fosse destruído (acho eu).
     
  3. Maglor

    Maglor Lacho calad! Drego morn!

    Além disso, o que nós lemos sobre Mandos é que era um refúgio para os fëar élficos, nunca li sobre Mandos abrigar maiar. Mas supondo que pudesse acontecer isso, Námo fazia uma convocação ao espírito, que aceitava ou não o convite. Não haveria de ser diferente com os Maiar.

    Os Maiar e também os valar não deveriam tornar-se "apegados" à suas formas físicas; quanto mais tempo permanecessem "vestidos", mas se apegavam à carne do mundo, e mais se afeiçoavam a seus hröar. Alguns Maiar, como Sauron, eram muito mais poderoso do que outros, como os balrogs. Estes não refaziam seus corpos: tornaram-se ligados àquela forma, mas eram importentes para refazê-la. Sauron refez-se enquanto pôde, mas mesmo ele também permeneceu no final fraco até mesmo para oferecer perigo a quem quer que fosse.
     
  4. Prentice

    Prentice Usuário

    Também havia salões - separados, pelo que lembro - para os fëar humanos, antes de partirem de Arda.

    Por isso fiquei em dúvida em relação aos Maiar.
     
  5. FendiOrc

    FendiOrc Usuário

    Acho que os Maiar só são realmente feridos quando sua essência perde em poder e majestade, como aconteceu com os Balrogs (corrompidos por Morgoth, logo, abandonados por Erú), Saruman (também corrompido, mas que já que antes de morrer não representava ameaça a ninguém) e Sauron (que ficou impotente devido à destruição de parte de sua essência, que encontrava-se depositada no Um Anel, e já era mais dependente da Terra-Média devido à sua ligação com os Poderes do Escuro).

    Para mim, seus espíritos, quando não recebiam uma condenação apropriada, como no caso de Morgoth, ficavam condenados a vagarem por aí (talvez nem deixasse a Terra-Média), sem poder de manifestação.

    FendiOrc
     

Compartilhar