1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

O desentendimento entre Bilbo e Thorin poderia ter sido evitado?

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Akane, 20 Dez 2012.

  1. Akane

    Akane Usuário

    Olá! Sou nova por aqui e logo de cara peço desculpas por criar um tópico desse tipo. Terminei de ler "O Hobbit" a pouco tempo e uma dúvida me surgiu durante a leitura.

    Uma dúvida bem idiota, além de ser bem insignificante e não acrescentar em nada. Mas se alguém tiver paciência...

    O livro em questão é "O Hobbit", depois da morte de Smaug, quando ocorre a disputa pelo tesouro.

    Bilbo não era apegado aos tesouros como os anões e em certo momento é dito que estaria disposto a abdicar de sua parte (1/14) para reconciliá-los com os homens do lago e os elfos da floresta...

    Bard pede um doze avos em troca da pedra Arken, que fora dada a ele pelo próprio Bilbo.

    Posteriormente Thorin decide dar um quatorze avos para Bard e seu povo (apenas em ouro e prata, nada de pedras) para recuperar a pedra, sendo que ele fala que essa seria a parte que até então era prometida a Bilbo.

    Então vejamos... Por que Bilbo fez aquela manobra toda com a pedra Arken para que essa fosse entregue nas mãos de Bard e este, por sua vez, usasse ela como intermediária para conseguir uma parte do tesouro se o Bilbo estava disposto a abrir mão da sua parte?

    Não seria mais fácil ter conversado com os anões, entregue a sua parte para Bard e tudo ficaria bem? Afinal, os anões continuariam com a mesma quantidade de tesouros planejada. Sem falar que Bard pediu um doze avos e recebeu um quatorze avos de Thorin (o mesmo que fora prometido anteriormente ao Bilbo) e não falou nada.

    Até o Gandalf apoiou a atitude do Bilbo, mas eu não entendi para que toda essa coisa da pedra Arken.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. Bel

    Bel Moderador Usuário Premium

    ACHO que os anões só ouviram a proposta de Bard pq ele estava com a Pedra Arken. Sem a pedra, não teria conversa.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  3. Éomer

    Éomer Well-Known Member

    É isso mesmo, Thorin só entregou a parte de Bilbo (e muito contra a sua vontade) devido ao fato que queria resgatar a pedra Arken a qualquer custo, tanto que ele mesmo fala isso para Bilbo. É uma pena esse amor insano que os anões tinham a tudo que era bem material. Eles ficavam cegos.
     
  4. _Melian

    _Melian Usuário

    Primeiramente, bem vinda Akane, espero que usufrua do fórum assim como eu.
    Agora, com relação a sua dúvida, sabemos que Thorin era cabeça dura e a Pedra Arken tinha certa importância para ele. Bilbo estrategicamente conseguiu um modo de negociação entre Bard e Thorin através da Pedra. Afinal, de todo o tesouro que estava ali, o que mais tinha importância para Thorin era a pedra. Ou seja, crucificar nem que seja metade do tesouro por ela, estava em pauta. Por sinal, muito inteligente da parte do Bilbo.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  5. Akane

    Akane Usuário

    Sim, entendo que sem a pedra não teria conversa...

    Mas o que eu quis dizer é que o Bilbo poderia ter dado a parte dele, afinal, se era dele os anões não poderiam interferir na sua decisão.

    Eu só achei estranho o fato de ter sido citado no livro que o Bilbo estava disposto a dar a parte dele apenas para acabar com a confusão toda... Só que se ele era tão desapegado assim, porque não entregou logo, de qualquer jeito ele ficaria sem.

    Tudo bem que ele tinha direito a uma parte e já que tinha passado por tudo aquilo seria natural que ele desejasse (mesmo que um pouquinho só) receber a parte prometida... Mas o Thorin acaba dando a parte do Bilbo para o Bard. Se tivesse encerrado ali, Bilbo dependeria do Bard para receber algo.


    De qualquer forma, muito obrigada pelas resposta e me desculpem pelo tópico.

    :tchau:
     
    Última edição: 20 Dez 2012
  6. Clara

    Clara O^O Usuário Premium

    Mas teve também aquele cerco que homens e elfos fizeram em torno dos anões.
    E ainda tinha mais anões chegando (a turma do Dain) quer dizer, a história não ia acabar tão cedo.

    Bilbo queria ir embora, voltar pra casa, mas estava sob contrato e tinha que ficar ali, com os anões, até a coisa toda se resolver.
    Não dava pra simplesmente pegar a parte dele (que devia ser bem grande, já que o tesouro era enorme) enfiar numa sacolinha, passar na saída e entregar pro Bard.
     
    Última edição: 20 Dez 2012
  7. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Bilbo sempre gostou de ter uma vida pacífica (principalmente entre vizinhos e amigos) e era capaz de abrir mão de dinheiro para obtê-la. A descrição do ritmo de vida dele na vila dos Hobbits mostra o quanto ele gostava de paz e de comida mais do que dinheiro. O mais provável é que ele tenha descoberto que seria capaz de abrir mão de sua parte do tesouro apenas quando a ocasião começou a prenunciar um banho de sangue. E esta sombra ameaçaria a sua paz (de espírito) para sempre, para o resto da vida dele e talvez depois. Ele perderia o que ele mais valorizava se não fizesse o que fez.

    Depois de viajarem juntos e passar por tanta coisa em grupo o hobbit passou a amar os anões e não queria vê-los machucados e nem ver o pobre povo de vale numa luta desesperada para sobreviver sem ter nada depois de ter ajudado a destruir o dragão. Bilbo viu justiça em que eles também tomassem um pouco de ouro.

    Gandalf em uma passagem (talvez SdA) diz que Bilbo poupou a vida de Gollum por ter piedade dele e que a misericórdia de Bilbo ajudou a salvar a terra média porque Gollum estava vivo para cair com o anel arrancado de Frodo. Em outras palavras, que a misericórdia de Bilbo podia governar o destino de muitos e no livro quando Bilbo pega a parte mais valiosa do tesouro, a única que Thorin proibira Bilbo de escolher é como se ele estivesse trazendo o próprio coração de Thorin para a negociação. Bilbo ouvira os anões na paz de sua casa e agora era hora de Thorin ouvir também a contra-gosto para ficar quite com o hobbit. Para isso usou a pedra Arken que valia bem mais do que a parte de Bilbo na recompensa porque era a chave para o coração de Thorin.

    Gandalf faz questão de chamar Bilbo de "meu ladrão" porque ele consegue fazer a amizade entre os 3 povos ao "roubar o coração de Thorin" e até o rei élfico ganha um presente para que a lembrança daquele dia ficasse na memória como algo agradável para todos. Extremamente diplomático e delicado da parte dele.

    Em algumas partes também se diz que Bilbo era capaz de surpreender e encontrar coragem e piedade e misturar um pouco com amizade na medida certa. Era um Hobbit bastante incomum que descobria coisas surpreendentes. O ato da montanha foi um deles.
     
    Última edição: 21 Dez 2012
    • Gostei! Gostei! x 1
    • Mandar Coração Mandar Coração x 1

Compartilhar