1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

O chamado de Cthulhu e outros contos (H.P.Lovecraft)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Anica, 9 Jun 2010.

  1. Anica

    Anica Usuário

    Eu já tive contato com Lovecraft anteriormente. Naquele momento, para falar bem a verdade, era TANTA gente dizendo que era a coisa mais bacana do mundo em se tratando de horror que bem, como fã do gênero é óbvio que li os livros com altíssimas expectativas. E nós sabemos que esse tipo de coisa causa decepção na grande maioria das vezes, e com o sr. Lovecraft não foi diferente. Fiquei pensando em como ele fazia caca ao prolongar demais a história após o clímax (eu sou meio fã daquela coisa de unidade de efeito, sabe como é) ou ainda ao tentar explicar o que foi visto.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. imported_Rafaela

    imported_Rafaela Usuário

    Que bom que vc deu uma segunda chance ao Lovecraft, Anica!! Ele é ótimo!!! E como vc mesma disse, ele usa muito os sentidos em seus contos (foi com ele que me fissurei na palavra putrefato - muito utilizada em seus contos)! Desde que li o primeiro livros de contos dele (O Sussurro das Sombras) me viciei e li todos os livros dele em pt! Adoro a forma que ele descreve as coisas, os seres, seus mitos que parecem tão reais e o Necronomicon, então? Pesquisei na net para encontrar um até que descobri que era só invenção! Meu conto favorito é Nas Montanhas da Loucura, e tem um que é meio ficção científica, que se passa em outro planeta que adorei!! Quero ainda ter todos os livros, só tenho A Maldição de Sarnath!!
     
  3. Luciano Altoé

    Luciano Altoé Usuário

    Parabéns Anica pelo comentário!

    De Lovecraft eu conheço muito mais os filmes e jogos baseados em suas obras do que os textos em si. O Chamado de Cthulhu é um dos poucos contos que li e isso porque tive que baixá-los da internet. Só pelo fato de a editora Hedra ter a iniciativa de publicar Lovecraft já merece aplausos. Com certeza esse livro já entrou na minha lista de próximas aquisições.

    A leitura de lovecraft não me pareceu muito simples. Por sinal, acho que muitos não vão se adaptar ao seu modo de ver o terror, mas a mim agradou bastante. Isso porque ele investe bastante no lado psicológico dos personagens e nos efeitos que a aterradora verdade pode causar à mente humana. Ter o conhecimento de que existem forças malignas muito superioras às nossas, segundo Lovecraft, pode levar o ser humano à completa loucura. Não deixa de ser uma verdade.

    Quando li o Chamado de Cthulhu, uma passagem logo no início chamou-me muito a atenção. Inclusive a transcrevi no meu blog para exemplificar o foco da narrativa do autor. Nela Lovecraft diz o seguinte:

    “A coisa mais misericordiosa no mundo, eu acho, é a inabilidade da mente humana em correlacionar todos seus conteúdos. Nós vivemos em uma plácida ilha de ignorância no meio de um oceano negro infinito, e não era para que pudéssemos navegar para longe. As ciências, cada um esticando a corda em sua própria direção, têm nos causado pouco mal até agora; mas algum dia esse mosaico de conhecimento dissociado nos legará um terrível panorama da realidade e de nossa amedrontadora posição neste lugar, tão terrível, que ou bem nós ficaremos loucos diante da revelação ou fugiremos covardemente da luz mortal para a paz e a segurança de uma nova Idade Negra”.

    Da pra ver que ele investe muito na mente dos personagens. Talvez não seja o tipo de leitura de terror que a maioria vá gostar, mas com certeza é uma forma de ver o horror que merece muito respeito.

    Um abraço!
     
  4. Clara

    Clara O^O Usuário Premium

    Talvez vocês achem esquisito, mas o que mais gosto em Lovecraft é maneira digamos assim "poética" que ele descreve o horror em suas histórias.
    Mesmo usando adjetivos como "putrefeito", "nauseante", "hediondo" ele transmite uma certa beleza nas cenas e personagens de horror que descreve.

    Sempre achei estranha essa comparação que fazem entre Poe e Lovecraft, quase tão estranha como quando começaram a comparar Tolkien com JK Rowling (guardadas as devidas proporções, é claro. XD )
    Nunca vi nada parecido em seus escritos (tipo, imitando Poe) mas sei que de fato o Lovecraft amava o estilo e as histórias de Poe, chegando até a cita-lo em uma de suas histórias.

    Sem falar (e já falando) na contribuição dele no Clube da Leitura de "
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ". Muito legal! :sim:
     
  5. Felipe Sanches

    Felipe Sanches Usuário

    Eu juro que foi uma das únicas coisas que realmente me deixou com medo de ler...


    Lovecraft é foda! XD
     

Compartilhar