1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

O Capitão Alatriste (Arturo Pérez-Reverte)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Palazo, 12 Jan 2011.

  1. Palazo

    Palazo Mafioso Literário

    “Não era o homem mais honesto nem o mais piedoso, mas era um homem valente”. O livro de Arturo Pérez-Reverte, começa com o anúncio do seu herói humanizado, Diego Alatriste y Tenório, ou simplesmente Capitão Alatriste. Ele já fora soldado nas guerras entre Espanha e Holanda em Flandres, porém agora vive em Madri do aluguel de sua espada para atender a serviços de pouca valia como proteger o caminho de algumas damas, socorrer homens com pouca valentia ou vingar maridos cornudos.

    O narrador da história é Íñigo Balboa, pajem do Capitão, cujo pai, Lope Balboa, lutara ao lado de Diego na guerra de Flandres, e antes de falecer pediu a Alatriste que cuidasse do garoto. Assim Íñigo foi parar ao lado de Diego Alatriste e conta-nos as aventuras dos dois pelas ruas de Madri. A narrativa segue o olhar do narrador que “ainda era um pirralho novo e curioso que descobria o mundo com olhos cheios de assombro procurando não perder um só detalhe”.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     

Compartilhar