1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

O Caçador de Pipas (The Kite Runner, 2007)

Tópico em 'Cinema' iniciado por Melkor- o inimigo da luz, 21 Jan 2007.

?

Sua nota para o filme:

  1. 10

    0 voto(s)
    0,0%
  2. 9

    16,7%
  3. 8

    0 voto(s)
    0,0%
  4. 7

    66,7%
  5. 6

    0 voto(s)
    0,0%
  6. 5

    0 voto(s)
    0,0%
  7. 4

    0 voto(s)
    0,0%
  8. 3

    16,7%
  9. 2

    0 voto(s)
    0,0%
  10. 1

    0 voto(s)
    0,0%
  11. 0

    0 voto(s)
    0,0%
  1. Melkor- o inimigo da luz

    Melkor- o inimigo da luz Senhor de todas as coisas

    O Caçador de Pipas
    (The Kite Runner, EUA, 2007)

    Gênero: Drama
    Tipo: Longa-metragem / Colorido
    Distribuidora: UIP
    Produtora(s): MacDonald/Parkes Productions, Neal Street Productions, Wonderland Films

    Diretor(es): Marc Forster
    Roteirista(s): David Benioff, Khaled Hosseini

    Elenco: Khalid Abdalla, Tim Halpin, Atossa Leoni, Henri Ramsey, Jeff Redlick, John Patrick Shulak, Donn Andrew Simmons, Marcus Spencer, mais...

    [fonte: e-Pipoca:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ]
     
  2. Melkor- o inimigo da luz

    Melkor- o inimigo da luz Senhor de todas as coisas

    Ah, o livro é bacana, enquanto leio sempre penso que daria um bom filme. E nada contra o Marc Forster. Estou até ansiozosinho para ver como vai ficar.
     
  3. Raskólnikov

    Raskólnikov Usuário

    O filme deve ser muito bom! A estória do livro é maravilhosa.
    Quando será lançado?
     
  4. DiegoFerrite

    DiegoFerrite Usuário

    Nossa , não sabia que ia sair o filme. Se o diretor conseguir transmitir sensibilidade do livro vai ser bem bacana.
     
  5. Elfo_Surfista

    Elfo_Surfista Peidei...

    É um desafio pra quem for dirigir. Pode sair um grande filme tanto quanto uma grande decepção.

    É esperar pra ver
     
  6. manuu

    manuu yo hablo muy bien

    Alguém já leu o segundo livro dele?

    A cidade do sol – Khaled Hosseini

    Enquanto li o livro, tive a sensação de que ele foi escrito para ser filmado. Por causa disso, não consegui gostar tanto quanto do primeiro...:think:


    Enfim... alguem aí ficou decepcionado também?

    (olha só , meu primeiro post no forum :abraco:)
     
    Última edição: 26 Abr 2010
  7. Satyr

    Satyr Visitante

    Alguém sabe quando será lançado?
     
  8. Cad

    Cad The punishment is loneliness.

    De acordo com o IMDb e com o site do severiano ribeiro, dia 18/01.
     
  9. Satyr

    Satyr Visitante

    Hum... ficarei esperando com altas expectativas. Espero não me decepcionar. :yep:

    Valeu, Gabriel. :cerva:
     
  10. Artanis Léralondë

    Artanis Léralondë Ano de vestibular dA

    Olha só :joy:
    Até que enfim :joy:
    Muito bom :mrgreen:
    Quero assistir :yep:
    Porque, o livro é muito lindo e emocionante...

    ........Acho que vai ter muita gente chorando no filme!!!!!!
     
  11. manuu

    manuu yo hablo muy bien

    Acho muito difícil o filme passar toda a sensibilidade das palavras do Khaled Hosseini... Ainda mais toda aquela tensão gerada página após página... Ainda mais pra quem já sabe o que vai dar no fim.

    Vale fazer o filme pra divulgar uma história tão bem escrita... Mas vale mil vezes ler o livro.
    Mesmo assim estou ansiosa para assistir.
     
  12. Artanis Léralondë

    Artanis Léralondë Ano de vestibular dA

    Concordo plenamente contigo Mannu.
    O livro é espetacular, tu chega a chorar lendo!
    O final é perfeito :mrgreen:
     
  13. Karnillë

    Karnillë Geologista

    Este negócio de adaptar livros para fazer filmes raramente funciona :roll:.
    Verei o filme do mesmo modo, só não vou esperar muito dele, pois não é sempre que uma boa história faz um bom filme.

    Mas o livro é ótimo! :yep:
     
  14. manuu

    manuu yo hablo muy bien

    Hilário?! :roll:

    Quando terminei de ler o livro, eu vi tudo... menos graça. Que medo desse filme , hein?
     
  15. Anne Von Gaya

    Anne Von Gaya Usuário

    Tenho medo de filmes que vem de livros...
    Sempre bate aquela agonia do diretor ter feito tudo direitinho...
     
  16. Okkk... eu acho que havia uma expectativa muito grande a respeito desse filme, já que o livro é muito bom e fez um hype gigantesco. A escolha do diretor na teoria foi acertada, já que o Marc Forster deu pra Em Busca da Terra do Nunca bastante emoção, conseguindo despejar lágrimas de muitos por aí, basicamente era isso que O Caçador de Pipas precisava e só que aqui a teoria não se confirmou.

    Apesar da boa atuação do pia que faz o Hassan e do pai do amir, O Caçador de Pias é um filme sem alma! É algo meio seco, mal terminado, aparentemente. Tentei encontrar no filme 1/3 do impacto do livro e não deu. Claro, dificilmente um filme vai ter o mesmo impacto de um livro, mas aqui a diferença é muito grande.

    Tudo acontece muito rápido, de um jeito meio novelesco demais. A relação de amizade entre Hassan e Amir é extremamente prejudicada. No livro é tudo muito bem desenvolvido, mas no filme parece que Hassan é obrigado a aguentar as frescuras de Amir só por ser empregado dele e não por gostar realmente do muleke. Ah sim, a parte histórica no filme simplesmente não existe, foi destruida. A invasão russa é muito bem retratada no livro, já aqui são duas cenas e olhe lá.

    Apesar disso, acho que é um filme que merece ser visto no cinema pela trilha sonora e como o ristow falou, pelas cenas com as pipas. No começo do projeto quem estava definido para ser o diretor era o Sam Mendes. Talvez ele tivesse feito algo melhor. Talvez.
     
  17. DiegoFerrite

    DiegoFerrite Usuário

    Eu achei o filme bom! Claro, o livro é bem melhor porque detalha mais as coisas. No filme a imagem de Amir é poupada tbm. Lendo o livro fiquei com mais raiva dele, sei lá, rs.
     
  18. Fausto

    Fausto Lovely head

    Os spoilers são do livro.


    Preferia que não ficassem de fora:
    - narração em off do Amir. O livro é em primeira pessoa, um escritor contando sua história. A todo tempo ele pensa se o Hassan se casou, se o Hassan estaria ali se eu não tivesse inventado sobre o relógio, Hassan aquilo Hassan isso. Não dividia esses pensamentos com ninguém. Não teria outra forma senão voice-overs pra mostrar Amir amargurando seu passado enquanto vive nos EUA.

    - o sofrimento enorme do Amir e a mulher pra ter filhos. Tinha que estar no filme, pq fica como se fosse a vontade de Deus que eles não dessem à luz, pra poderem acolher o Sohrab.

    - violência do Assef no reencontro. Ele fica passando a mão num Sohrab todo maquiado e depois deixa Amir todo quebrado (usou SOCO-INGLÊS): vários dias de maca, antibiótico, aramezinhos e dieta líquida. Ficou tudo muito ameno no filme, Amir precisava sofrer mais. Ele passa por uma catarse no Afeganistão, e assim ele se expurga das fraquezas que lhe atormentavam a consciência (daí a importância de voice overs). Depois de tudo ainda teve a maior dificuldade pra conseguir permissão de tirar a criança do país (isso não precisava aparecer, só to dizendo pra ilustrar a via sacra do Amir no livro).

    Até que foi bom ficar de fora:

    - a tentativa de suicídio do Sohrab. No livro foi como o Amir se redimiu de vez (até rezou), mas achei drasticidade desnecessária, pô, terceiro chá de hospital no livro (Khaled Hosseini é médico). É bizarríssimo tentar suicídio aos 10 anos de idade, ficaria bom no filme só se aprofundassem o problema de ele ter ficado órfão. Tipo passar flashes enquanto o Rahim contava, levar mais tempo quando Sohrab foge. Ia ser difícil.
     
  19. Melkor- o inimigo da luz

    Melkor- o inimigo da luz Senhor de todas as coisas

    Não gostei. Concordo bastante com o Godric. Acho que o foco do livro é a necessidade do Amir de encontrar reparação (sim, eu vi Atonement na mesma semana). Ele fica se culpando por não ser o filho que Agha Sahib queria, por ter prejudicado o amigo, por ter sido covarde, por um monte de coisa. A frase do Rahim Khan ("há um jeito de ser bom de novo") só tem sentido, pra mim, quando inserida nesse contexto.

    O filme perdeu essa dimensão sensível. Virou uma história meio sem sentido e que não emociona muito.

    O Sohrab, por exemplo, não significa nada, no final das contas. É só o filho do amigo de infância do protagonista. Como o Godric falou, ele no livro desempenha a função de filho ao casal estéril (punido por Alá?).
    Eu vi o filme duas vezes. Não é que eu não tenha odiado, mas foi decepcionante. Um bom filme, mas logo terei me esquecido dele.
     
    Última edição: 1 Fev 2008
  20. Aucir Hawk´s

    Aucir Hawk´s Balrog

    O livro eh bom.....vamos ver o filme !!!!!!!
     

Compartilhar