1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

O Brasil tem solução?

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Shadowrunner, 2 Fev 2005.

  1. ombudsman

    ombudsman O Eto'o brasileiro

    Voce está brincando certo? Uma explicacao rapida do porque desta açao, e se ainda tiver duvidas peça ajuda ao Tisf que ele faz Economia: dinheiro nada mais é do que poder financeiro de troca. Economia em crescimento geralmente significa melhor condicao financeira das pessoas. Pela logica, um setor da economia que anda bem vai contratar mais mao de obra, comprar mais materia prima etc. E tudo isso, geralmente, é feito com capital via emprestimos que serão pagos na venda dos produtos. Até aí, nenhum problema. O problema ocorre quando o crescimento ocorre sem bases solidas, levando à encarecimento de materias primas. Nao adianta nada por exemplo, o setor de construcao civil crescer muito se a producao de aço nao acompanhar. O aumento da taxa de juro serve portanto, para desestimular a producao uma vez que ou nao haverá como escoá-la, ou nao haverá mercado.

    Santa ignorancia, realmente é facil falar isso. Mas preste atencao num detalhe, ano RETRASADO, a Argentina, com a moratoria, encolheu absurdamente. Crescer 3,5% em relação a um ano desastroso nao é nenhum motivo de orgulho.
    Assim como o que o governo petista anda divulgando por aí, sobre o crescimento recorde brasileiro em 2004. Pudera, com um ano de 2003 tao pifio.

    Sao mais baixas porque eles possuem uma infra estrutura e uma capacidade de escoar sua producao, e um mercado consumidor muito maior do que o nosso.

    Deve, nao deve? Entao mais que certo pagar.
    E sobre a analogia abaixo, ela é perfeita para explicar o que acontece, já a conclusao....

    Afinal de contas, o banco nao é filantropico e está no mercado para ganhar dinheiro, assim como qualquer pessoa que nao seja a Madre Teresa.

    Pera... deixa eu entender... O Banco que sustentou voce durante os anos em que voce quis ter um padrao de vida mais alto do que podia bancar, agora que voce caiu na real e começou a trabalhar com o dinheiro da maneira que se deve, deve ser prejudicado!?

    Meu amigo, vou te dizer o que o Simonsen uma vez disse quando foi indagado a respeito de como deveria ser comandada a politica economica de um país.
    Ele disse que era para ser igualzinho ao jeito em que o Manoel cuida de seu Açougue. No fim do dia, ele abre a caixinha onde pos o dinheiro das vendas. Separa o que foi custo ( e nisso está incluido suas dividas, caso tenha alguma ) , e se sobrar alguma coisa, ele leva para casa.

    Este seu pensamento é o retrato do pensamento desenvolvimentista que predominou no governo brasileiro ao longo dos anos. Como os chefes economicos defendiam, "a fumaça das novas fabricas significa crescimento e novos empregos". Pensando assim, e ignorando as regras do mercado, onde quem tem fama de mau-pagador, a.k.a caloteiro, tem dificuldade de atrair investimentos, o Brasil entrou, junto com os países da America do Sul, nesta merda em que até recentemente se encontrava.
     
  2. Débora Elbereth

    Débora Elbereth Usuário

    Isso é muito relativo...o que quero dizer é q não se pode generalizar, nem todo mundo tem o mesmo sentimento "malandro por natureza".
     
  3. Beriadar

    Beriadar And I will see it all before

    Bem, as discussões tomaram um rumo econômico.
    Sinceramente, acho q o Brasil vai bem de economia, exportações, etc ... (apesar dos juros de dívida)
    O problema brasileiro, imagino que seja o lado social ... prejudicado pela má distribuição de renda, e administração política inadequada, o q ñ é novidade pra nenhum de nós.
     
  4. TT1

    TT1 Dilbert

    O lado social só pode ser resolvido com uma boa política econômica, que dê subsídios para investimentos nessa área. Ou seja, estamos caminhando bem
     
  5. Logan Mcloud

    Logan Mcloud Usuário

    ombudsman :clap: :clap: :clap:

    numa boa vc me livrou de falar pacas.. valeu....


    e TT1 o lado social so pode ser resolvido se a corrupçao diminuir... nao falo acabar nao... falo diminuir... nogo pode ganhar uma propina de 2% da obra... continua sendo corupçao.... mas a obra tem q ser feita... e nao como eh hoje q a abra sai super faturada em 200% pq nego sabe q vai sair impune... eis a parada... acabar com a corrupçao eh esperar demais do ser humano... diminuir ela e diminuir a impunidade nos deixaria em uma posiçao excelente para crescer...


    abraços Dwarf
     
  6. Lukaz Drakon

    Lukaz Drakon Souls. I Eets Them.

    Pois é, o problema não é o roubo em si, mas sim o tamnho dos roubos.

    Outro ponto que eu não vi ser citado é a falta de condições para o desenvolvimento para novas empresas. O Brasil sufoca empresas pequenas com um número grande demais de impostos. É complicado demais abrir qualquer tipo de empresa hoje em dia. As únicas que estavam escapando eram as prestadoras de serviço, mas se a medida 232 entrar em vigor... :| Para se ter um bom lucro hoje em dia, é necessários ganhos brutos muito grandes, e até uma empresa chegar nesse porte demora muito, isso se chegar.

    E um dado interessante sobre impostos é que o Brasil é um país que tem uma carga tributaria elevada mas tem gastos tão grandes que continuam precisando de mais dinheiro. Culpa da corrupção exagerada.
     
  7. Beriadar

    Beriadar And I will see it all before

    Caminho certo vcs querem dizer por causa do nosso atual presidente, que valoriza de certo modo o lado social.
    Entretanto, ainda que a economia cresca, cresca e cresca .... o trabalhador não vai sentir os reflexos desse crescimento na mesma proporção que vão sentir os ministros e banqueiros
     
  8. TT1

    TT1 Dilbert

    Ora, claro que nao, um metalúrgico nao ganha o mesmo que um banqueiro, assim como um pedreiro nao ganha o mesmo que um analista de sistemas. O impacto de uma política econômica é totalmente diferente. Essa historia de que todo politico, ministro e banqueiro vai sempre ser beneficiado é bullshit. É a típica desculpa de estudante-revoltado-de-fim-de-semana :roll:

    Sério, essa desculpa dos ministros e banqueiros não invalida a política econômica do governo.
     
  9. Fëanor

    Fëanor Fnord

    Na verdade, 95% das pessoas que falam cobras e lagartos de banqueiros, políticos e afins, fariam praticamente as mesmas coisas que estes, em seu lugar. Críticas povo-elite-povo sempre existirão. A questão de encaminhar o país tem que se basear muito mais em funcionalidade do que outra coisa.

    Como falaram: corrupção sempre haverá. Mas é preciso ao menos diminuir o nível da mesma. Pois atualmente, o Brasil parece mais a casa da mãe Joana nesse quesito.
     
  10. Beriadar

    Beriadar And I will see it all before

    Bom, eu sou analista de sistemas, e certamente não me encaixo entre os pedreiros, metalúrgicos e muito menos etsudantes revoltados. É só uma questão de ver a realidade, e ver a concentração de renda q existe e é bem desumana.

    Não se trata d ganhar mais ou menos, mas de ver quem realmente é beneficiado com o progresso.
     
  11. ombudsman

    ombudsman O Eto'o brasileiro


    Mas isto nao é um problema exclusivo do Brasil.
    A desigualdade social, sendo a concentraçao de renda parte dela, é um fenomeno que existe desde que o homem passou a se reunir em sociedades. Nao diria à voce que isto chega a ser desumano. Querer mais que os outros faz parte do espirito competitivo e natural que todos nós temos.

    Mas claro, o fenomeno pode ocorrer em menores proporçoes. O ideal seria se tivessemos uma concentraçao um pouco menor, mas acredito ser mais facil o Brasil crescer e elevar em consequencia, o padrao de vida dos mais pobres.

    Convenhamos, se o Brasil duplicasse de PIB, e a concentraçao de renda permanecer neste patamar, é porque todos dobraram seus ganhos.
     
  12. Beriadar

    Beriadar And I will see it all before

    Sabe qual é a posição do Brasil no quesito desigualdade social??
    OITAVA PIOR concentração de renda do mundo!! Só perde de países africanos ... Quer dizer, o Brasil concentra mais renda na mão dos 10% mais ricos do que países como o Kwait, o Iêmen e qualquer outro da Ásia ou América Latina.

    Considerando que o Brasil é mais rico e mais desenvolvido que os sete países do qual ganha em distribuição de renda, o nosso problema é sério sim, mais do q pra qualquer outra nação!!

    O que não é problema exclusivo do Brasil: corrupção e deficiência no setor educacional ...


    Claro q não!!!!!!
    Os altos cargos teriam um ganho muito maior do que 100%, de repente até 200% ou 300% ... e o salário mínimo do trabalhador receberia uma injeção nada "generosa", digamos 100 ou 120 reais.
    E o pior é q o povo ficaria feliz com isso!!
     
  13. ombudsman

    ombudsman O Eto'o brasileiro

    Em nenhum momento eu disse que nao era grave. Mas o fato é que existe concentraçao de renda em qualquer sociedade capitalista. Sempre foi assim, e como os proprios indices confirmam, a tendencia é de manutençao ou até crescimento de tal desigualdade.



    Como nao? Eu falei, se a concentraçao de renda permanecer a MESMA e o PIB aumentar, é porque o aumento foi de fato, registrado em todos os setores da sociedade em proporcoes semelhantes. Se nao fosse assim, a concentraçao ou aumentaria, ou diminuiria.

    E antes que esta discussao continue, eu quero saber uma coisa. Tá, voce nao concorda com isso, alias, acha uma catastrofe e uma mazela que precisa ser erradicada o mais rapido possivel. Gostaria que Vossa Excelencia nos desse alguma sugestao de como isto aconteceria.

    Mas é claro, coisas do tipo "obrigar os grandes milionarios como o Antonio Erminio de Moraes e os Safra a dividirem suas fortunas, ou ainda o Blairo Maggi dar parte de seus latifundios, nao vao nem ser lidas com maiores cuidados.
     
  14. Beriadar

    Beriadar And I will see it all before

    Exatamente; eles não vão fazer isso!! Não estou apontando soluções, pelo contrário, é exatamente o q quero dizer. A pergunta do tópico é se "O Brasil tem solução?" .. e minha resposta é NÃO, pelo seguinte ... ainda que o país cresca, o PIB cresça, a renda per capta cresça, e o padrão de vida médio cresça, o q verdadeiramente me preocupa é a concentração de renda. Pra mim, uma nação "solucionada" é a que uma mínima (quase invisível) parcela passa fome ou está desempregada. Não será jamais o caso do Brasil, pq enquanto há Erminio de Moraes, Blairo Maggi e etc, há gente sim, desempregada, nas ruas ou passando fome ....

    E no século XXI, gente passando fome ou sem mínimas condições de saúde ou moradia é uma vergonha para o mundo !! :osigh:
     
  15. Denethor II

    Denethor II Pontífice Inquisidor de Gondor

    TT1, de onde você tirou essa estatistica?
    Que eu saiba (leio folha de são paulo, sou assinante) a desigualdade aumenta e está piorando. antes a classe média tinha força, hoje até ela está decaindo
    Estamos cometendo o mesmo erro do passado: antes vendiamos puramente café, hoje vendemos praticamente nossa balança comercial superior em soja. Até quando esse sonho vai durar?
    A Educação se tornou sucateada a tal ponto de termos estatisticas até promissoras, mas vermos alunos que nem sabem escrever na 7 série... Como podemos melhorar sendo que nossa população continua na ignorancia?

    Aprendi uma coisa: "fudido por fudido, truco". Quando o brasil chegar numa situação tão penosa que todos estaremos morrendo de fome, criaremos nossa propria revolução francesa e quem sabe colocaremos o "igualdade, liberdade e fraternidade" em nossa politica.
     
  16. Beriadar

    Beriadar And I will see it all before

    Só pra registrar a hipótese que levantei de que o crescimento não favorece por igual todos os setores da igualdade, vou dar um exemplo ...

    Um trabalhador ganha 300 reais por mês, e um outro ganha 10 mil (ora, essa é uma situação bem real). Um aumento de 10% na renda geral faria com o q o trabalhador que ganha 300 passa-se a ganhar 30 reais a mais, o que significa pra ele alimentar sua família um pouco melhor, comprar meia dúzia de roupas melhores para seus filhos, ok ...

    Para o homem que ganha 10 mil, esse crescimento significa 1000 reais a mais na sua renda mensal. Ora, 1000 reais a mais lhe pagam um bom curso de especialização, melhores colégios para os seus filhos, enfim ... Poderá em breve ser promovido, quem sabe. Essa injeção de renda lhe possibilita um investimento decente no seu padrão de vida, o que lhe garante sucesso e possibilidades de maior crescimento ... Este homem vai continuar crescendo, crescendo, crescendo .. até esmagar os que ganham menos (claro que isto é uma metáfora, mas acontece assim se for abstrair para grandes e pequenas empresas).
     
  17. TT1

    TT1 Dilbert

    Eu leio e vejo jornais e acompanho a parte de economia de perto, todos os dias.

    Não, a desigualdade não piorou, na verdade ela diminuiu, mas tão pouco, que podemos dizer que ela continua a mesma, mas o ganho de poder aquisitivo melhorou sensivelmente. Hoje, podemos abrir linhas de crédito, que não existiam no passado, possibilitando a um trabalhador, de menor poder aquisitivo, comprar um dvd, por exemplo.

    Voce está sendo extremamente simplista e/ ou inocente. O crescimento da balança comercial se deve não só a soja, mas ao aço, carnes, celulose, sucos, frutas, softwares, eletroeletrônicos...

    É ilusão achar que o Brasil só vive de agronegócio.

    E, ah, falando nisso, acabou de sair no Globo: "Balança tem superávit de US$ 728 milhões na primeira semana de maio"

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    :roll:

    Nah, voce tá falando besteira. Aprendeu tudo errado, entao. Acordem pra realidade, os tempos sao outros. O que o povo brasileiro tem que aprender é que não dá pra reparar 500 anos de desigualdade, em 12 ou 16 anos de governo, com política monetária e social estáveis. Tudo leva tempo, os milagres nao acontecem na economia. Compare o salário do trabalhador no começo do plano Real, com o salário de agora. Ele melhorou sensivelmente. O poder de compra melhorou absurdamente. A França não conseguiu igualdade em 12 anos, basta ler qualquer livro de história para entender isso. Agora, se voce acha que ainda hoje na França todos são iguais.... bom... então você vive num mundo irreal.

    Não entendi aonde voce quer chegar, Varatar. O aumento percentual nos salários acontece em qualquer país capitalista, não só no Brasil. Esse é o tipo de hipótese que não consegue mostrar se o Brasil melhora ou não. Ora, quem ganha menos, é claro que vai ganhar menos, percentualmente, isso nunca vai mudar, a menos que essa pessoa consiga um emprego onde ganhe mais.
     
  18. Beriadar

    Beriadar And I will see it all before

    Pois bem, onde quero chegar?
    A concentração de renda acaba esmagando as entidades menos favorecidas, ainda que o país cresça ou se desenvolva economicamente.

    Dizer q o país está melhorando ou com a economia em ascensão não quer dizer q isso reflita em coisas boas pra população, pois o padrão de vida da classe média tende a piorar.
     
  19. TT1

    TT1 Dilbert

    Resumindo, voce nao leu o tópico e tá dando pitaco besta
     
  20. Beriadar

    Beriadar And I will see it all before

    Pitaco besta, mas não deixa de ser verdade.
     

Compartilhar