1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

"O Ateneu" (Raul Pompéia)

Tópico em 'Literatura Brasileira' iniciado por Artanis Léralondë, 23 Mai 2008.

  1. Artanis Léralondë

    Artanis Léralondë Ano de vestibular dA

    Estou lendo este livro e notei aqui no fórum que muitos já leram também, então resolvi abrir este tópico para nós discutirmos mais sobre essa obra, onde muitos odeiam,outros amam e outros não acham nada xD

    O Ateneu

    O Ateneu é um romance do escritor brasileiro Raul Pompéia em 1888 e é considerado o único exemplar de romance impressionista na literatura brasileira.

    Publicado pela primeira vez em 1888, o livro conta a história de Sérgio, menino que é enviado para um colégio interno renomado na cidade do Rio de Janeiro, denominado Ateneu. Comandado pelo diretor Aristarco, o colégio mantém regras rígidas e princípios da aristocracia da época. A obra critica a sociedade brasileira do final do século XIX, tomando como metáfora o Ateneu, seu reflexo, um lugar onde vence sempre o mais forte.


    http://pt.wikipedia.org/wiki/O_Ateneu
    http://www.algosobre.com.br/resumos-literarios/o-ateneu.html

    Eu não estou gostando, acho muito repetitivo o livro, talvez se fosse um conto eu ía gostar mais. Porque, a história em si é boa =]
    Pompéia, usa por meio do internato fazer uma crítica a sociedade, o que achei bem interessante.

    Bem, tem algo curioso que achei na internet que Raul era homossexual e nunca se assumiu, deveria ser difícil para ele conviver num internato, enfim..achei tb que no livro NÃO há relatos de homossexualismo entre os pias,porém eu notei em algumas partes ou foi preconceito da minha parte já?? O que vocês acham,hein hein?????

    Sei que o livro não é auto-biográfico, mas está certo eu dizer que Raul Pompéia se baseou na sua infância para criar este romance ? :gira:
    É que li, assim, "o homem é produto do meio",ou seja Sérgio entrou hetero no internato e saiu homossexual,certo?
    Foi, assim também com o Raul Pompéia???Ou ele já era homossexual antes já.

    Agora fico confusa se está obra é um Realismo ou um Naturalismo?
    E outra coisa que fiquei em indecisa, é o Sérgio, ele narra a história quando é criança ou narra a história já adulto???

    :gira::gira::gira:
     
  2. Liv

    Liv Visitante

    RE: **O Ateneu - Raul Pompéia**

    Bom, o livro é auto biográfico. Pelo menos é o que a minha professora do cursinho diz (esse cai na prova daqui). Sabe aquela história de autor-personagem? Pois então. Essa coisa de homossexualismo é meio complicada, pois ele ...

    sente atração pela D. Ema

    Seria mais para um bissexualismo, ou coisas afins.
     
  3. Artanis Léralondë

    Artanis Léralondë Ano de vestibular dA

    RE: **O Ateneu - Raul Pompéia**

    Tem toda razão Carol, olha que eu achei:

    Ah outras coisinhas que achei curioso...

    "Não se deve deixar de notar aqui mais uma crítica à hipocrisia. Sancho era um vigilante, aluno que tinha a função de zelar pelo comportamento dos outros. Além disso, era dos mais veementes defensores da “moral e dos bons costumes”.

    E justamente ele assediava Sérgio, com intenções nada benéficas. É mais um choque que servirá para o duro amadurecimento do protagonista – no sentido de despir-se dos idealismos do primeiro capítulo e aceitar as decepções e desencantos como naturais de nossa existência."


    Com isso dá para dizer que há homossexualismo na obra??

    Logo em seguida,vem:

    "Ainda dentro do aspecto freudiano está o complexo de Édipo, apresentado numa forma mascarada. Tal se manifesta pela relação de antipatia que se estabelece entre os alunos do Ateneu e o diretor, que acaba se transformando na figura de um pai."

    O que tem haver o complexo de Édipo, não compreendi? *lerdeza*:gira:

    Com isso:

    Chego a conclusão que não dá para dizer, se a obra pertence somente a escola Naturalista ou Realista.

    Depois de ter pesquisado na internet sobre a obra, vi o quão complexo é o livro o.o
     
  4. Liv

    Liv Visitante

    RE: **O Ateneu - Raul Pompéia**

    Pois é! E quando você chegar no final do livro, vai entender a dura crítica ao ensino escolar que ele faz. E sem falar que as partes que me deixam com birra dO Ateneu são as "descrições". Nossa, dá pra perder a linha de raciocínio bem fácil!

    De acordo com a minha professora...

    É sobre a relação com a Dona Ema, que era a "mãe" dos alunos do internato. Mas se você fizer um jogo de palavras, EMA vira AME. Interessante, né? :)
     
  5. LatinoAmericano

    LatinoAmericano Aqui jaz Alcarecco

    RE: **O Ateneu - Raul Pompéia**

    Vou começar a ler esse livro logo, ele vai ser uma obra cobrada na minhas aulas de literatura no segundo bimestre, até agora não li nada, depois que eu ler opino aqui...
     
  6. Liv

    Liv Visitante

    RE: **O Ateneu - Raul Pompéia**

    É um livro muito bom, Rogério! O problema é que é difícil de entende-lo muitas vezes... :wall:
     
  7. Artanis Léralondë

    Artanis Léralondë Ano de vestibular dA

    RE: **O Ateneu - Raul Pompéia**

    Oooohhhh =D
    Já é legal essas coisas :traça:

    E tem traços de homossexualismo no livro, será?
     
  8. Liv

    Liv Visitante

    RE: **O Ateneu - Raul Pompéia**

    \o/

    Pois é, menina! Isso é graças a Tia Regina a.k.a professora que descomplica o Raul Pompéia! :dente:
     
  9. lipecosta

    lipecosta Usuário

    RE: **O Ateneu - Raul Pompéia**

    Kra só de ver esse nome já me dá um embruho no estômago. Q nojo q eu tenho desse livro!!!! Fui obrigado a lê-lo pro vestibular q até hj naum me recuperei.
     
  10. Artanis Léralondë

    Artanis Léralondë Ano de vestibular dA

    RE: **O Ateneu - Raul Pompéia**

    Bacana =D
    Valeu, Carol \o/

    :lol:
    hehehehe...
    a história é legal, a escrita-descrita que é dureza :wall:
    mas, hoje eu termino, que a força esteja comigo rá xD
     
  11. Oropher

    Oropher Hmm... oi?

    RE: **O Ateneu - Raul Pompéia**

    Eu gostei do livro. Demorei semanas pra ler, mas é muito bom. E quanto à descrição que a Carol falou, o problema nem é se perder, mas não entender tudo. São muitas intertextualizações, muitas referências clássicas, etc, e quando a pessoa não tem um grande conhecimento que abrange essas áreas, como eu não tinha, a leitura fica mais complicada, e o 'especial' do livro passa em branco. Quando eu entendia essas referências, achava muito legal como o Raul Pompéia conseguia ir entrelaçando metáforas para criar a imagem que queria.

    E quanto a homossexualidade, é tratada apenas por ser um fator inerente a um colégio só para meninos. Não pesquisei sobre a vida do Raul Pompéia, mas... ele era homossexual mesmo? É que o livro é uma espécie de auto-biografia, e lá o Sérgio tem de fato um caso meio suspeito com um amigo (Sanches, certo?), mas não me lembro de ter pensado que era sério, ou definitivo. Uma fase, apenas. Onde você viu isso, Miojo?
     
  12. Artanis Léralondë

    Artanis Léralondë Ano de vestibular dA

    RE: **O Ateneu - Raul Pompéia**

    Não consegui achar no livro a passagem, mas é mais ou menos isso aqui:

    Sei lá, me pareceu que Sanches estava se insinuando para o Sérgio,logo o memso resolveu sair de perto de Sanches...É confuso >.<
     
  13. Artanis Léralondë

    Artanis Léralondë Ano de vestibular dA

    RE: **O Ateneu - Raul Pompéia**

    Terminei aleluia :eba:

    Tirei um gorila das costas agora :eba:
    ôôôô livrinho ruinzinho de ler, tinha trechos que li várias vezes para entender :dente:

    Final não empolgante >.< Pra mim o Américo botou fogo no Ateneu, pois odiava aquele lugar e não suficientemente convencido da vingança, raptou a esposa do Aristarco..pronto, o mesmo ficou pobre e cornudo, vingança concluída com sucesso :mrpurple:

    No fim diz:

    Aqui suspendo a crônica das saudades.Saudades verdadeiramente? Puras recordações, saudades talvez,se ponderarmos que o tempo é a ocasião passageira dos fatos,mas sobretudo - o funeral para sempre das horas.
    Rio de Janeiro,março de 1888.


    hehehe
    deu para sentir que o Raul Pompéia detestava o internato e mais um indicativo [talvez] que o livro foi baseado em suas experiências...
    [/i]
     
  14. Liv

    Liv Visitante

    RE: **O Ateneu - Raul Pompéia**

    O nome do Américo é bem oportuno, já que a "América" significava a liberdade, e ele "libertou" os alunos dO Ateneu. Queimou tudo, mas libertou! :dente:

    Posso indicar um livro pra você, Maníaca? Menino de Engenho do José Lins do Rego. Um céu, comparado ao Raul Pompéia! :)
     
  15. Artanis Léralondë

    Artanis Léralondë Ano de vestibular dA

    RE: **O Ateneu - Raul Pompéia**

    bah é mesmo, legal =D

    pode me indicar um livro sim ^^
    menos esse, por favor hehehe
    não gostei muito, achei muito enrolando...
    não lembro direito, mas o guri [esqueci o nome ^^'] teve relações sexuais até com uma vaca, neh!?
    esse livro tem ligação com O Ateneu, alguma coisa do genêro, neh...??
     
  16. Liv

    Liv Visitante

    RE: **O Ateneu - Raul Pompéia**

    É o Carlinhos! Pois então, o guri era endiabrado mesmo! E tem uma forte ligação com O Ateneu. Principalmente nas críticas á educação. Mas os personagens são absurdamente antônimos! :dente:

    Eu sou suspeita pra falar mais alguma coisa, pois adorei Menino de Engenho! :D
     
  17. Oropher

    Oropher Hmm... oi?

    RE: **O Ateneu - Raul Pompéia**

    Na verdade, o legal são as referências que podem ser feitas. No Ateneu o Sérgio amadurece dentro do internato. Entra ingênuo, inocente, enfrenta todo tipo de situação e e sai pronto 'para a vida'.

    Já o Carlinhos aprendeu tudo na fazenda, vai para a escola sabendo sobre 'as coisas' da vida.


    E por que vocês falam em Spoiler? Vocês leram, eu li, e como é literatura clássica comentadíssima todo mundo já tem uma idéia das coisas que acontecem. Ou não? :eek:
     
  18. Liv

    Liv Visitante

    RE: **O Ateneu - Raul Pompéia**

    Ai, sempre tem alguém que não conhece, né?
     
  19. Felipe_al

    Felipe_al Usuário

    RE: **O Ateneu - Raul Pompéia**

    Concordo se fosse um conto ou talvez até com menos detalhes seria ótimo... eu acho a história muito boa mas o excesso de detalhes torna a leitura monótona.
    E ainda tenho que ler de novo pro vestibular :S
    Não recomendaria para alguém ler, mas clássico é clássico né

    é verdade auhaiuahia nas poucas aulas que eu tive com ela entendi muito mais da história :sim:
     
  20. Liv

    Liv Visitante

    RE: **O Ateneu - Raul Pompéia**

    A Tia Regi salva a gente (mais uma vez). :grinlove:
     

Compartilhar