1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

O Assassinato e outras histórias (Anton Tchekhov)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Meia Palavra, 15 Mar 2011.

  1. Meia Palavra

    Meia Palavra Usuário

    [align=justify]Anton Tchekhov (1860-1904) foi médico, escritor e dramaturgo. Alcançou posto de relevo na literatura russa e também foi alvo de pesadas críticas por ser mal compreendido. “O assassinato e outras histórias” reúne seis contos da última fase da sua vida, selecionados pela editora Cosac Naify por serem pouco conhecidos ou recentemente traduzidos para o português, mas que não deixam de ter grande valia para aqueles que desejam conhecer o autor. São eles: "O professor de letras", "O assassinato", "Os mujiques", "Iônitch", "Em serviço" e "No fundo do barranco". A edição também apresenta uma breve análise literária feita por Rubens Figueiredo e um apêndice com cartas de Tchekhov, para auxiliar-nos caso não queiramos nos aventurar na leitura como tabula rasa.[/align]

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Gigio

    Gigio Usuário

    Assim mesmo! Dá para entender bem essa ideia depois de ler os contos dessa edição...

    Já tinha lido uma ou outra coisa do Tchekhov, mas nada tinha chegado nem perto de me impressionar como os contos desse volume da Cosac Naify, que agora estão disponíveis também na nova coleção de
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    . O peso dessa edição foi tão grande que mudou minha relação com Tchekhov, com a literatura russa, com os clássicos, com os contos, com a Abril, com a Cosac Naify...

    "Os Mujiques" parece ser o mais comentado dentre eles, mas o meu favorito mesmo é "O Professor de Letras". Para mim, como nenhum outro ele mostra como Tchekhov, além de mestre do conto, é também um grande psicólogo. É a danação de um homem comum, que começa de maneira banal, com uma questão mais ou menos assim: "Mas, afinal, não conhece a obra de Lessing?"
     
  3. Vinnie

    Vinnie Usuário

    Parece que essas edições da Naify estão bem legais... li Tchekhov na quase franciscana LPM. Quando me sobrar grana, vou conferir.
     

Compartilhar