1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

O Aleph (Jorge Luis Borges)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Tataran, 22 Mar 2011.

  1. Tataran

    Tataran Usuário

    O Aleph é um livro de contos escritos pelo escritor argentino Jorge Luis Borges (não, não estou falando do livro do Paulo Coelho XD ).

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Segundo sinopse da Companhia das Letras:

    Não acho que esse livro seja a entrada ideal para o universo de Borges. Talvez eu esteja sendo influenciado pela ótima discussão no tópico de
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , mas a verdade é que achei aquele livro bem mais interessante e profundo do que o Aleph.

    Iniciando-se, então, com o Ficções, acho que o Aleph é uma ótima pedida para quem se encantou com os contos de Borges e deseja repetir a dose com o escritor argentino.
     
  2. Haleth

    Haleth Call me Bolga #CdLXI

    Espera um bocadinho, Tataran... Quem sabe quando Ficções acabar a gnt não migra pra cá? =)
     
  3. Tataran

    Tataran Usuário

    Manu, como já li esse, egoisticamente, preferiria que fôssemos para outro que ainda não li. :timido:
     
  4. imported_Kelvin

    imported_Kelvin Usuário

    Tataran, como já havia lido os dois antes da minha participação no tópico ficções, posso lhe assegurar que o Ficções é de fato melhor, sem querer desmerecer o Aleph que também é bom.
     

Compartilhar