• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Número 7!

Eriadan

Usuário
Usuário Premium
O que Tolkien tinha com o 7? Vocês já repararam como ele gostava do número? Na verdade ele tinha uma predileção pelos números ímpares (não lembro de ver nada no livro que seja em número 4, 6 ou 8), mas particularmente pelo 7 parece haver um amor especial!

Só alguns exemplos de cabeça:

- 7 anéis para os anões
- 7 filhos de Fëanor
- 7 rios (Ossiriand)
- 7 Pais dos Anões
- 7 portões de Gondolin
- 7 cisnes que guiaram Tuor
- 7 estrelas no Portão de Moria
- 7 estrelas sobre a Árvore Branca (e na lâmina de Andúril)


O 3 também aparece muitas vezes, mas o 7 é mais notável. Vocês já tinham reparado? Conseguem lembrar de mais? Sei que há mais, bem mais. E será que tem alguma razão especial para esse número aparecer tanto?
 
  • Curtir
Reactions: Edu

Éomer

Usuário
Havia também as sete estrelas da constelação de Valacirca, que eram as mais importantes criadas por Varda e um sinal de desafio a Melkor. Talvez seja esse o motivo de tantos números 7.
 

Eriadan

Usuário
Usuário Premium
Pois é, esqueci de um dos mais importantes! :uau: Realmente, as estrelas da Árvore Branca, por exemplo, devem derivar da Valacirca.
 

JPHanke

Usuário
Caramba, existem muitos 7's mesmo no Legendarium! Não me lembrava de grande parte destes que vocês citaram. Mas de certa forma, o número 7 bastante é presente em algumas mitologias. No próprio Cristianismo, por exemplo, este número é bastante presente também: Deus criou o universo em 7 dias, os 7 pecados capitais, as 7 virtudes do Espírito Santo e devem ter algumas que não estou me lembrando.

As vezes também, Tolkien viu que o número 7 era bem presente no Cristianismo e em outras mitologias e decidiu que sua em mitologia não seria diferente.
 
Última edição:

Eriadan

Usuário
Usuário Premium
Caramba, existem muitos 7's mesmo no Legendarium! Não me lembrava de grande parte destes que vocês citaram. Mas de certa forma, o número 7 bastante presente em algumas mitologias. No próprio Cristianismo, por exemplo, este número é bastante presente também: Deus criou o universo em 7 dias, os 7 pecados capitais, as 7 virtudes do Espirito Santo e devem ter algumas que não estou me lembrando.

As vezes também, Tolkien viu que o número 7 era bem presente no Cristianismo e em outras mitologias e decidiu que sua em mitologia não seria diferente.
Taí uma boa explicação! :yep: A influência do Cristianismo pode ter se mostrado forte nesse ponto mesmo.
 

Mandos

Tecendo os destinos de Arda
Na lingua do povo, consequência da influência cristã também, diz-se que o número sete é o número da perfeição, o número pelo qual Deus baseou todas as suas criações e tudo mais. Desde pequeno eu ouço os meus avós e os meus pais dizendo que tudo o que contém o número sete ou tudo o que leva ao número sete são coisas abençoadas e que fazem o espírito elevar-se a majestade de Deus com mais facilidade...Portanto, o número sete pode ser considerado também como o número da sorte ou da perfeição e já que Tolkien era bastante Católico, pode-se afirmar que o aparecimento do número sete em suas obras foi realmente uma influência de toda essa magia em volta do número 7!!!
 

Mairon

Alquimista Andarilho
Eu tinha reparado no sete quando li o Senhor dos Aneis mas depois de ler o Silmarillion pensei que era tudo explicado apenas pela Valacirca, interessante a analise de JPhanke sobre a influencia do cristianismo :think:
 

Fernanda

Andarilho de Eriador e
As vezes também, Tolkien viu que o número 7 era bem presente no Cristianismo e em outras mitologias e decidiu que sua em mitologia não seria diferente.

Eu acho que é muito por aí mesmo. Só que eu imagino que tenha sido até uma decisão mais no inconsciente. Estamos tão habituados aos "poderes" de certos números que o Tolkien pode ter feito isso normalmente.

Afinal são sete anões da Branca de Neve, sete dias na semana, sete pecados capitáis, sete virtudes cristãs, sete notas musicais, sete cores do arco-íris e sete chagas de Cristo (isso são só sete exemplos que eu lembrei rapidinho). Ou seja, a coisa fica mesmo no incosciente da gente.
 

JPHanke

Usuário
Eu acho que é muito por aí mesmo. Só que eu imagino que tenha sido até uma decisão mais no inconsciente. Estamos tão habituados aos "poderes" de certos números que o Tolkien pode ter feito isso normalmente.

Afinal são sete anões da Branca de Neve, sete dias na semana, sete pecados capitáis, sete virtudes cristãs, sete notas musicais, sete cores do arco-íris e sete chagas de Cristo (isso são só sete exemplos que eu lembrei rapidinho). Ou seja, a coisa fica mesmo no incosciente da gente.

É verdade, Fernanda! O número 7 está muito presente em nossa sociedade moderna não só na religião mas em coisas como os clássicos infantis, a arte (no caso a escala musical temperada de 7 notas) e (coincidentemente) na natureza também (no caso do arco-íris, por exemplo). Isso deve fazer a gente, mesmo que inconscientemente como você disse, ter uma certa tendência a usar tal número!!
 
Última edição:

Ilithien

Usuário
Eu acho que é muito por aí mesmo. Só que eu imagino que tenha sido até uma decisão mais no inconsciente. Estamos tão habituados aos "poderes" de certos números que o Tolkien pode ter feito isso normalmente.

Afinal são sete anões da Branca de Neve, sete dias na semana, sete pecados capitáis, sete virtudes cristãs, sete notas musicais, sete cores do arco-íris e sete chagas de Cristo (isso são só sete exemplos que eu lembrei rapidinho). Ou seja, a coisa fica mesmo no incosciente da gente.

Uau!!! Não sabia desse caso dos 7s... é legal olhar por esses casos que já existem sobre o numero 7 e que podem ter sido inspiração para Tolkien. Gostei das teorias que estão surgindo aqui. A do Cristianismo foi bem convincente.
 

Fëanor

Fnord
Usuário Premium
Bem, se for de interesse, fiz um tópico a respeito do assunto, uns tempos atrás:

Tolkien e o número sete

E vale transcrever para cá um post bastante esclarecedor que o Cisne fez no outro tópico:

A gente pode até ter repetição de outros números, mas o 7 se sobressai. E os outros números que se repetem - 9, 3, 1, 5 - são sempre números ímpares e/ou primos. Isso não é à toa. Tem a ver com a crença dos povos antigos de que os números ímpares e/ou primos representavam as bases fundamentais da natureza, a "indivisibilidade", ou pelo menos a dificuldade de dividi-los em metades iguais. Qualquer livro-texto de mitologia comparada vai dizer isso ;-) Não tem nada de viagem nisso.
 

JPHanke

Usuário
Bom, se não me engano na comitiva são nove por serem nove Nazgûls. Agora o porque de serem nove Nazgûls, só se for porque os sete já foram dado aos anões! :obiggraz: :g: :hihihi:
 

Elendil

Equipe Valinor
Pois é, esqueci de um dos mais importantes! :uau: Realmente, as estrelas da Árvore Branca, por exemplo, devem derivar da Valacirca.

Seria uma boa explicação também, mas segundo o artigo Emblemas e Heráldica, as Sete Estrelas sobre a Árvore Branca representam as sete palantíri que Elendil trouxe de Númenor.

<?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" /><o:p>
<o:p>O emblema de Elendil e seus herdeiros eram sete estrela de cinco pontas, cada uma representando um dos palantiri que Elendil trouxe de Númenor. Em Gondor eles foram colocados em um escudo negro junto com a Árvore Branca, a qual representava qualquer um dos descendentes de Nimloth que cresciam em Minas Ithil e mais tarde Minas Tirith.</o:p>

Está aí mais uma pra lista: sete palantíri. =]</o:p>
 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$150,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo