1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Num tô entendendo!

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Fox, 5 Jun 2002.

  1. Fox

    Fox Visitante

    A comunicação via internet é altamente difundida e não é sem razão. É uma das mais práticas, baratas e divertidas formas de comunicação do mundo.

    Mas há um certo problema nela. Geralmente a forma usada nessa via de comunicação é a escrita. E a escrita, apesar de poder ser muito abrangente e descritiva, contraditoriamente também pode ser muito mal compreendida.

    No fórum por exemplo, já houveram diversos casos de discussões ferrenhas e até insultos por causa do ruído na comunicação. Mas também nos chats do mundo afora e também até no icq (apesar de nesse a compreensão ser mais inerente).

    Através da net, as pessoas perdem um pouco de suas inibições e isso até pode ser bom, se bem manejado. Lá, as opiniões daqueles de mente estruturada podem ser melhores expostas. Mas, mesmo nos melhores casos, pode-se haver uma má colocação de certos argumentos, o que pode causar uma certa animosidade vinda daqueles que não entenderam bem o seu pensamento.

    Por essas e outras que às vezes prefiro muito mais falar ao vivo.
     
  2. Mycow

    Mycow Andúril

    Eh iso eh verdade.......
    pior eh quando vc erra alguma coisa na mensagem ai muda todo o significado, e sempre pro lado ruim hehehehe
    ou a pessoa te entende errado.....
    ai complica ehehhe
     
  3. Primula

    Primula Moda, mediana, média...

    Fox, o problema não é a limitação escrita.

    É o ser humano que perdeu a capacidade de ler e interpretar textos!

    Estava vendo "Razão e Sensibilidade", quando a personagem Marianne interrompe EC Ferrars frustrada porque o leitor não conseguia entender a angústia e dor do escritor que ele lia durante o serão.

    Outro exemplo, foi quando eu li "As pontes de Madison" e a protagonista reclamava que seus alunos não conseguiam ver o teor sensual e provocante e ao mesmo tempo romântico de Keats (e só faziam piadas obscenas, vulgares e enfadonhas - pois o que é trivial é chato e enfadonho - a respeito de maçãs e seios)

    O problema é que as pessoas perderam o gosto de desvendar o quebra-cabeças, de tentar decifrar a esfinge. Querem respostas prontas e rápidas, e se tornam homens-cinza, sem cor, sem motivação.

    E tão centradas em si que são incapazes de ver os motivos do outro. Querem satisfazer seus desejos e ler sobre romances onde o bem vence o mal, o rapaz conquista a mocinha. Qualquer coisa que fuja a esse padrão, que os desagrade é tomado como ofensa pessoal, ameaça ao seu refúgio seguro. Tomam assim qualquer declaração de outrem e a deturpam (dentro de suas psiques) de forma a configurar um insulto contra essas pessoas e sofismando o contexto original.

    Um texto de Rubem Alvez que me vem à memória agora e cujo exerto é interessante, (descrito melhor no link ttp://www.uol.com.br/aprendiz/n_colunas/r_alves/id020501.htm)

    *******
    1. É comum, na retórica, especialmente quando movida por intenções polêmicas, que se faça uso de um deslize lógico, às vezes por ignorância, às vezes intencionalmente. Imaginem que eu tenha dito: "Alguns cachorros são ferozes." Aí alguém diz: "O Rubem Alves diz que os cachorros são ferozes." Conclusão: Rubem Alves não gosta de cachorros. Gosto sim. Gosto dos Dobberman, os mais obedientes que já tive. Dos Weimaraner, dos Sheep dog, dos Cocker, dos Perdigueiro. O erro lógico - sofisma - está em dar uma amplidão universal a uma afirmação particular. O fato de eu declarar que "alguns" cachorros são ferozes não permite a conclusão de que afirmo que "todos" os cachorros são ferozes. Mas foi precisamente esse erro lógico de que se valeu o articulista argumentando contra mim. Disse ele, como comentário ao que eu disse: "Melhor que atacar os advogados é ouvi-los." O que está implícito: Rubem Alves atacou os advogados. Os advogados? Quais? A palavra "os", nesta afirmação, tem o sentido de "todos". Rubem Alves atacou todos os advogados. Mas onde é que ataquei os advogados, como classe, como totalidade? Em lugar algum. Mas a declaração do doutor Bergo implica que foi isso que eu fiz. Uma pessoa que não tenha lido o meu artigo chegará à conclusão de que o Rubem Alves ataca os advogados. Acho a advocacia uma linda profissão. Já pensei em ser advogado, por duas razões: pelo meu amor à justiça e pelo meu prazer em pensar logicamente. A história está cheia de exemplos de advogados maravilhosos, inclusive Abraham Lincoln. E tenho uma enorme quantidade de advogados amigos com quem converso e a quem ouço. O que eu disse, no meu artigo, é que a declaração do adesivo "Sem advogado não se faz justiça" é falsa. E é mesmo. "Sem advogado não se faz justiça" é uma declaração universal que não é sustentada pelas evidências. Freqüentemente é a própria vida, sem o auxílio de ninguém, que faz justiça. Há uma cantina em Poços de Caldas que se anuncia: "Comer bem, só na cantina do João". Isso não é verdade. É uma mentira contada com propósitos de atrair clientes. Há muitos outros lugares em Poços de Caldas onde se come bem. Pois o tal adesivo "Sem advogado não se faz justiça" é uma versão arrevesada do anúncio da cantina: "Justiça, só chamando um advogado..." Fiz uma sugestão alternativa, que julgo verdadeira: "O advogado, querendo, pode ajudar a fazer justiça." O doutor Bergo, por basear seu argumento em descrições formais dos advogados, tais como são definidos idealmente nos tratados de direito, ignora que essa entidade "sem a qual não se faz justiça" não é uma entidade real. É uma ficção filosófica. E não se ofenda com isso. A matemática se faz toda com ficções. Um triângulo retângulo perfeito só existe em definições. Os triângulos retângulos reais são todos "desvios" do ideal. Os homens de carne e osso não são iguais às definições ideais que deles fazem o pensamento. Os médicos: são eles "iguais" aos ideais contidos no juramento que fazem na sua formatura? Por acusar um, ou dois, ou dez médicos de incompetentes e mercenários, significa isso que estou "falando mal dos médicos"? De forma alguma. Há uma quantidade enorme de médicos que respeito, procuro, ouço e obedeço. O mesmo vale para os professores, os sacerdotes e pastores, os policiais, os psicanalistas... Nenhum profissional é, por necessidade lógica, igual ao ideal perfeito da profissão. Essa identidade entre o advogado ideal, que luta pela justiça, e o advogado real, não se dá automaticamente. Ela não é intrínseca à condição de advogado. Ela pode acontecer? Pode. Mas, para que isso se dê, é preciso um ato de vontade do advogado: é preciso que ele "queira" lutar pela justiça. Estou dizendo, assim, que a beleza e a nobreza da profissão do advogado pertence à esfera da ética. Ela não pertence ao campo das definições formais e filosóficas, como sugere o doutor Bergo. O advogado, antes de ser um ser técnico, é um ser ético. Foi por isso que sugeri que o adesivo "Sem advogado não se faz justiça", a meu ver falso e enganoso, fosse substituído pelo adesivo "O advogado, querendo, pode ajudar a fazer justiça." Faço, então, uma outra sugestão: um adesivo que diga: "Sou advogado. Desejo lutar pela justiça." Isso seria bonito e inspirador!

    *****

    Vejam só: o advogado Bergo por sentir-se ofendido deturpa uma frase totalmente de acordo com sua interpretação errônea de um sujeito que na verdade não tinha nada contra ele. E isso advindo de dois senhores que tem formação intelectual forte e bem fundamentada.

    Mas seria o professor o culpado por se expressar pobremente? (e não o é, pois o texto-critica que deu origem a essa contenda é muito bom) Ou seria o erudito advogado outro exemplo de pobre leitor, que não se preocupa em desvendar o outro, mas em se refletir nos textos que lê? (e se o espelho o desagrada o quebra?)

    O mesmo vejo no mundo e neste fórum. Temos muita gente que não quer na verdade ouvir o próximo. Quer um "eu concordo", para ter a sensação confortável que não está fazendo besteira. Que ninguém diga que está andando nú.

    Porém o melhor amigo é aquele que diz "você tá pelado, não percebeu?"
     
  4. Conan

    Conan Cavaleiro Pendragon

    uma coisa que eu acho dificio tambem é a questaum da entonaçaum. eu naum gosto de colocar carinhas toda vez que estou brincando, e as vezes fica meio dificio vc entender uma entonaçaum sacarstica por exemplo. ja tive problemas aqui no forum por causa disto.
     
  5. Dagorlad

    Dagorlad Usuário

    bom, as vezes rola memso de se interpretar errado algo que alguem fala. eu que o diga, muitas vezes ja me entenderam mal por aqui. coisas que ao vivo ficariam mais claras. mas tb eh uma forma para pessoas timidas conhecerem pessoas, pq elas se soltam mais, ja que nao da pra ver a outra pessoa.
     
  6. Locke

    Locke Usuário

    É as vezes é dificil se espressar em letras, os outros podem não entender bem o que falamos, mas acho que a culpa pode ser tanto da pessoa que não soube se explicar, ou da outra que não soube interpretar. O legal é você sempre dar exemplos das coisas que possam confundir cabeças, e detalhar o maximo possivel, de forma simples hehe pra não complicar mais ainda. ;)
     
  7. Ah, eu até concordo em certos pontos e discordo de outros...

    Primula, pode até ser que algumas pessoas perderam a capacidade de interpretar textos mas realmente é dificil de demonstrar o que você realmente está sentindo e o que realmente quer dizer apenas... ahn... escrevendo.
    Claro que dá pra dizer para alguém como você está se sentindo através de uma mensagem escrita, mas é bem diferente você ficar cara a cara com essa pessoa. Fica mais fácil de explicar, fica mais fácil para o receptor entender. A troca de informação fica muito mais rápida e simples.

    Agora eu já vou começar a entrar em contradição... Bem, o problema é, como o Fox falou, a inibição. Acho que o caso de eu não conhecer você, por exemplo, na vida real, faça com que eu me sinta mais seguro em conversar com você. Mais em desabafar com você., porque você não vai influenciar em nada! É exatamente o que alguns fazem quando estão deprimidos... Vão até a esquina e fica uma hora desabafando com o vendedor de cachorros-quentes.

    Agora entrando em contradição de novo... Mas concordo com o Fox quando ele disse que essa forma de comunicação via internet possa perder um pouco dessa inibição. Isso ajuda, não?

    Resumindo: a internet é como se fosse um ensaio, uma forma de criar coragem.

    Eu por exemplo, consigo deixar bem claro minha opinião quando escrevendo do que falando na vida real. Eu começo a gaguejar, fico sem graça e as vezes acabo falando algo meio sem nexo. E sinto que a convivencia de pessoas da internet e até a convivencia aqui no fórum está me ajudando nesse sentido.

    Ahn, conseguiu entender o que quis dizer ou vou ter que falar com você ao vivo? :D

    Ah, e só mais uma coisinha... Agora a tecnologia está evoluindo e evoluindo... Nem sempre é preciso escrever para se comunicar com alguem atrves da internet, não!!! Um dia desses eu tava conversando com o Tirion e com o Largo com a Web Cam normalmente, como se fosse ao vivo. Pois é, olha onde fomos parar... :roll:
     
  8. natytaia

    natytaia Usuário

    é,
    isso é muito difícil...
    as vezes a pessoa quer passar uma coisa e transmite outra completamente diferente, daí a pessoa vai querer explicar e o outro jah vai achar que é medo ou receio..
    isso acontece muitas vezes
    acho que foi p/ isso que criaram os smilyes! :roll:
     
  9. Coiote

    Coiote Fallin´

    com a comunicação escrita,tudo fica meio racional,sem emoção.as pessoas perdem suas idades e tudo são apenas letras,pontos e vírgulas.
    isso,às vezes,é bom e,às vezes,ruim....

    this is what I think :wink:
     
  10. .Gabil-Nala.

    .Gabil-Nala. Bloody member

    Podem falar o que quiserem, mas a internet ainda se apresenta como o meio de comunicação mais abrangente no que diz respeito a conhecer pessoas novas, como por exemplo conhecer um monte de pessoas com ideias bem legais e que gostam de Sda como aqui no forum, porem esse ambiente proporcionado é muito frio e acho que distancia as pessoas...

    Estranho né?? :? ao mesmo tempo que a internet aproxima ela tb distancia...vide encontro da galera pessoalmente, a maioria não é do mesmo jeito que aqui no forum,,,ficam mais quietos e mais timidos...Ate certo ponto pode-se considerar que a Internet propicia uma acomodação para as pessoas com relação a olhar os outros de frente, olho no olho, de expressar de forma realista suas emoções...

    Esse lance de carinhas ate que ajuda muito e talz, mas é claro que nunca será suficiente para transmitir nossas emoções, é usado, acho eu, mais porque é legal, "bunitinho", simpatico -> :D
     
  11. Primula

    Primula Moda, mediana, média...

    Engraçado você notar isso, Gabil... tava pensando no post do Ristow e com a sua msg uma coisa me deixou meio eufórica/frustrada.

    Tipo: sou ótima para escrever. Sem falsas modéstias, tenho grande controle da minha escrita. Às vezes dou um escorregão, mas sei expressar melhor minhas idéias no teclado.

    Pessoalmente? Eu sou boa escritora, mas não sou boa oradora nem atriz. ^v^

    Em termos de RPG é a mesma coisa. Posso interpretar bem uma personagem por escrito, mas sou péssima para interpretá-la em carne e osso (live).

    Acho que esse negócio de que falta algo na internet (ver os olhos da pessoa) não ajuda em nada pessoas como eu que são péssimas em expressão corporal e facial. Pra dizer a verdade, poucas pessoas conseguem ver o que meu corpo e olhos estão dizendo. Normalmente o pessoal pensa que não tou pensando nada, hehe...
     
  12. *Lily*

    *Lily* Usuário

    Não sei, a net é boa pra voc~e se distrair, colocar suas opiniões sem timidez e tals...
    Mas também é ruim, porque voc~e acha que a pessoa é uma coisa, e na verdade é outra... Você não pode olhar nos olhos dela e ver se está triste ou alegre. Por mais que você pergunte "tudo bem" automaticamente, ela responde "tudo" mesmo estando à ponto de se tacar da janela...
    Por mais que a internet seja boa e avançada, eu ainda prefiro as coisas mais simples e singelas, como conversar pessoalmente e ver como a pessoa está, ver se ela é mesmo daquele jeito...
    O pior mesmo é se apaixonar pela net... Uma porque voce está longe da pessoa e não poder estar ao lado dela, outra por você não poder vê-la, e outra ainda porque você não sabe realmente como ela é...
    Aiinda prefiro até carta, do que internet. Você se ilude bem menos...
     
  13. Faram¡r

    Faram¡r Dr. Benway

    É como eu digo, apesar das palavras serem o meio mais fantastico de comunicação possivel, melhor ainda se podermos incrementa-las.
    Acontece de as palavras sozinhas serem mal entendidas, fato que seria superado numa conversa "ao vivo", onde teriamos detalhes como entonação de voz e expressão corporal. Na internet perdemos essas pequenas nuances da comunicação, por isso é necessário certa tolerancia e paciencia ... especialmente porque algumas pessoas não escrevem muito bem, e tem dificuldades em expressar seus pensamentos claramente ...
     
  14. Engethor

    Engethor Son of Jango

    De fato, o texto escrito não tem todas as nuances de um diálogo falado. Smileys não são suficientes.
    Como a Primula ressaltou, treinar as capacidades de ler e interpretar é fundamental.
    Mas tem gente q escreve de forma um tanto ambígua... E não revisa! Aí complica...
     
  15. Knolex

    Knolex Well-Known Member In Memoriam

    Putz... acho que ninguem aqui sofreu mais do que eu por causa de pessoas interpretando errado o que escrevo...

    A ironia embutida em alguns dos meus cometários bem-humorados acabam soando para algumas pessoas como arrogância, e pôr Smileys ou escrever "é brincadeira", acaba tirando todo o sentido e a graça do comentário...
     
  16. Frøðø Baggins

    Frøðø Baggins Tricampeão mundial

    Eu também concordo... mas no meu caso, só é bom falar ao vivo com pessoas que eu conheço, pq, eu sou assim, digamos, um POUCO tímido, sabe... agora, se for alguém que eu conheça bem, tá ótimo, é bem melhor... outra solução é o NET meeting, que dá pra falar sem ter vergonha...
     
  17. Snake

    Snake Usuário

    Por essas e outras que prefiro trepar ao vivo.
     
  18. Litzhel

    Litzhel Delirium

    Humm.. talvez nem sempre seja só a falta de uam boa interpretação.. acho que nem tudo pode ser sempre interpretado de uma boa forma, se a outra pessoa tambem nao sabe expressar direito. Tem que haver um certo equilibrio...

    Acho que a falta de leitura (como vc já disse), ou entao a limitaçao na hora de ler, seja a causa disso. Mas há pessoas que tem mais facilidade de expor suas opinioes de uma maneira coerente com o modo que pensa sobre as coisas.
    Eu ´muitas vezes consigo expressar bem o que eu penso.. geralmente isso ocorre em alguns assuntos que mais me interessam... e que eu já cheguei a pensar mais sobre. Agora, quando eu entro em uma discussao em bate papos.. eu nunca consigo terminar com razao.. porque sempre acho que a pessoa ta sendo rude, grossa.. ou outra coisa.
    A má interpretaçao que existe nas horas mais urgentes, é o problema de tudo.

    Garanto que as coisas sao mais bem entendidas e/ou explicadas quando se está com calma, do que em momentos em que você está aguniado, ou com outro tipo de sentimento que faz a sua cabeça trabalhar mais neles, do que nas palavras que vao ser ditas.
    E isso muitas vezes acontece pessoalmente... onde um olhar diferente, pode ser interpretado como algo ruim.. o que na verdade poderia ser bom.
    A má interpretaçao nao só existe em palavras.. mas em gestos também. ;)
     
  19. .: Tulkas Astaldo :.

    .: Tulkas Astaldo :. De volta... talvez

    É Snake... :?
    Sutil como sempre...como sempre. :P

    Mas knolex, Muitas vezes vc já escreveu um post com o conteúdo "irônico" e muitas vezes foi mal interpretado.
    Será que seus posts estão sendo mesmo mal interpretados ou estão sendo levado ao pé da letra, considerando-se todos os sentidos?
    Ser mal interpretado é uma coisa, mas ser sempre mal interpretado...TEm alguma coisa errada...
    Vc não acha? :roll:

    E não concordo quando vc diz que se colocar um smile tira sentido da piada. Acho que com um smile fica até mais engraçado. 8)
     
  20. ¥Mr.Gliuk¥

    ¥Mr.Gliuk¥ Usuário

    Baratas um car*** :evil: meu pai paga mais de 120 reais por mes [fora a assinatura] por causa da net dial :wink:
    Mas parece q tao querendo fazer tarifa unica pra net dial :D dai vai ficar cool 8)

    Mas por enquanto... eu ainda axo legal falar com o pessoal ao vivo :D eh mais divertido, apesar q muita gente "descontraida" na net seja timida [leia-se Mithrellas], mas isso ai eh besteira :D
     

Compartilhar