1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Novo Texto RPG - Atacar primeiro, perguntar depois

Tópico em 'Comunicados, Tutoriais e Demais Valinorices' iniciado por bombadil, 30 Dez 2003.

  1. bombadil

    bombadil FATHERLESS

    O site do Grupo Valinor dedicado ao RPG, Durbatuluk, ainda não está terminado, entretanto não podemos deixar de publicar novos artigos que nos são enviados. É com satisfação que publico o pequeno, mas interessante artigo do nosso amigo Teófilo Augusto, aqui na Valinor.

    O texto tem como objetivo alertar os Mestres de RPG Tolkieniano sobre seu papel de reeducador, de orientar os novos jogadores a interpretarem comportamentos valorosos nos jogos de RPG baseado no Senhor dos Anéis.

    Leia o texto completo de
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    .
     
  2. vassily

    vassily Usuário

    :clap:
    Muito bom, acho que muitos dos mestres hoje em dia buscam isso, jogadores cada vez mais se importam apenas em construir um personagem gladiador, overpower, pilhador de orcs e monstros afins.
    Sou mestre de D&D faz mó tempão, e sempre busquei conduzir as aventuras dessa forma, na TM acho que isso se torna um pouco mais importante realmente, assim como vc disse.
    Há apenas uma observação, nem sempre é bom forçar a barra e cobrar dos jogadores que só querem rolar dados e cabeças consequentemente, a interpretar primorosamente, o Rpg é um entretenimento e as vezes não precisamos nos preocupar com muita coisa, as vezes temos que fazer apenas o que o grupo de jogadores quer, porrada.
    Eu sou adepto da outra forma, a que vc defende, com esse belo exemplo.
    Aproveitando, moro em Niterói-RJ, se alguém ai, de uma localidade próxima tem um grupo, por favor me mande uma MP, estou sem grupo faz uns 3 meses e quero muito jogar !!! 8-)
     
  3. Percival

    Percival Usuário

    Mestre Bombadil, li seu texto e quero dizer que com certeza você escreveu a regra mais importante de todos os RPGs, não só interpretar, e sim, viver. Concordo com o mestre Vassilly, de que muitas vezes os jogadores preferem os dados, e deixam de lado os dialogos, isso pode ser divertido, para os jogadores, mas após o segundo combate, torna-se a ruina do Mestre, que tendo que entreter e divertir os jogadores, torna-se um mero convocador de orcs e afins.
    Também concordo com os textos que falam sobre o alinhamento dos personagens, e gostaria de acressentar que é muito mais facil e divertido interpretar um cavaleiro valoroso de Rohan e um Ardiloso Corsario, do que um personagem meio-termo, ou neutro, pois este tipo de personagem, não tem ações e objetivos claros, o que dificulta sua interpretação.
    Também sou jogador e Mestre de RPG, sendo um dissipulo fiel da linha D&D. Adquiri o livro de RPG, O Senhor dos Anéis, e, mesmo depois de ler varias vezes o capitulo PALAVRAS BOAS E VERDADEIRAS, ainda tenho muitas duvidas sobre o sistema CODA, gostaria que alguem que dominasse o livro me ensina-se e tira-se minhas duvidas, Alguem se abilita??? :o?:
     
  4. vassily

    vassily Usuário

    Bom eu gostaria, mas ainda não conheço o sistema, devido ao alto custo de se passar a mestrar um novo sistema, devido aos diversos livros que se tornam necessários, eu prefiro antes jogar com algum outro mestre, por isso pedi para me chamarem, quero muito jogar o CODA !
    Quanto ao que você falou de ruína do mestre após alguns combates, bom eu discordo cara, acho que se você deixar explícito que não está mestrando normalmente, apenas divertindo os jogadores, e até a si mesmo, dependendo do grupo, acho que num tem problema nenhum, já aconteceu comigo milhares de vezes, na escola eu mestrava para dois grupos um que amava jogar interpretando e outro que queria mais é brincar. Muitas vezes me diverti mais com o segundo, depende muito das pessoas do grupo, eu ria muito com eles, mesmo sendo só uma aventura de matar e pilhar monstros.
    Ressaltando que prefiro 100% a outra forma de mestrar !

    !!!! Por favor alguém do RJ me chame para jogar CODA!!!! :D
     
  5. Percival

    Percival Usuário

    Bem talvez eu tenha implantado algumas cituasções pessoais em meu comentario sobre jogadores sedentos por sangue, pois já vi varias aventuras minhas serem destruidas por heróis que não enxergavam além do fio de suas espadas, é claro que ja me diverti muito com as aventuras do tipo "Derrubem a porta", principalmente enquanto jogador, realmente elas podem ser divertidissimas, mas também, para muitos mestres inexperientes, pode ser a "RUINA". Isso pois, ao Mestrar uma aventura desse tipo por muito tempo pode ser divertido, mas é um incentivo para que os jogadores e mestres se esquessam da interpretação, que pode tornar o jogo bem mais divertido e dinamico.

    AO MESTRAR, O MESTRE EVOLUI, JUNTO COM OS JOGADORES E SEUS PERSONAGENS, E NESSA ARTE, O APRIMORAMENTO É INFINITO.
     
  6. vassily

    vassily Usuário

    Com certeza, existe a possibilidade, que é grande, mas com um mestre experiente não, se ele senti falta dakela aventura com mais interpretação ele lança akilo até os jogadores se reeducarem, que é o que foi dito no tópico, acho que isso já é uma coisa, que pelo menos para nós mestres experientes, já é de fácil compreensão.
    Eu sempre tive sorte de ter um grupo equilibrado, com os dois tipos de jogadores, eu prefiro assim do que todos de um jeito só, prefiro assim, uns que gostamn de porrada e outros de interpretação, uso isso para equilibrar minhas aventuras, acho que fica bem melhor. É muito engraçado quando os cjogadores quase caem na porrada em cima da mesa por que um desses que só sabem bater, bate na hora errada, assim como esse exemplo.
     
  7. Mith

    Mith This server is too busy!

    Wow, depois desse pequenos texto que reagruparam as minha idéias eu só tenhu uma coisa para dizer: concordo com todos vocês!

    ____
    "They are calling from across the distant shore"
     
  8. Percival

    Percival Usuário

    HAHAHA!!!!
    Estou certo, meu caro hobbit, de que uma mesa equilibrada realmente é a melhor opção, principalmente quando a situação que você mencionou ocorre, realmente é muito engraçado, mais ainda posteriormente quando o mestre tem que consertar a situação, de uma maneira ou de outra. veja que engraçado que me aconteceu:

    Personagens de AD&D acabam de salvar um homen de uma ent, e antes dele recobrar a conciencia, o amarram e assim que ele acorda, o ladino do grupu bota a adaga em seu pescoço:
    - Quem é você?
    - Oh! o que é isso, quem são vocês?- ele Pergunta - e o por que me amarraram?
    a discussão se estende com perguntas e mais perguntas até que o anão do grupo pronuncia:
    -Já chega!!!!
    e pisa na espada do ladino, degolando o homen. todos na mesa disem ao mesmo tempo:
    -oh!
    e o mestre chorando diz:
    -Você matou o Pivo da história
    HAHAHA!!!!!!

    Concordo plenamente com você meu caro Vassily. Realmente um grupo equilibrado seria a melhor opção em relação a diverssão. :lol:
     
  9. vassily

    vassily Usuário

    Com certeza, já passei por situações indênticas, depois disso eu tomei uma iniciativa que acho que serve como conselho!!!
    Quando tiver jogadores realmente sanguinários e com pouka paciência, de mais poder a esses NPCs que são importantes, hehehehe. Uma vez vez eu coloquei um simples bêbado na taverna, com uma ORBE DOS DRAGÕES na mochila, hahahaahahhahahhahahhahahahah :lol: , foi demais quando o bábaro do grupo jogou a mesa e o velho junto para o fundo da sala e logo depois a mesa explodi com uma baforada que lmata geral da taverna, dexa o grupo capenga, e acalma os ânimos dos impacientes !!! hehehe, podiamos fazer um tópico só sobre esse tipo de situação, tipo o Lendas Lendárias da Dragão Brasil !!! :lol:
     
  10. Percival

    Percival Usuário

    Com certeza este tópico seria muito vizitado, é uma ótima idéia crialo, assim, além de divertir o pessoal que gosta de ver essas situações ainda dariamos idéias para os interessados. Isso sem falar nas situações inimaginaveis que iriam aparecer!!!

    Bem Mestre Vassily acho que estes trechos incerram nossos comentarios lhe desejo boa sorte na busca por uma mesa de RPG, e inspiração para aventuras.
    até a proxima!!! :aham:
     
  11. Psamatos

    Psamatos Visitante

    Ah... várias vezes vemos situações em que temos um grupo desequilibrado, desunido e o pior: metidos a heróis.... :x

    por muitas vezes já tive aventuras fantásticas sendo destruídas por jogadores apressadinhos e doidos por sangue como já falaram.

    eu tenho um personagem que adoro.... sim o nome dele é Psamatos!!! :lol:
    eu jogo com ele fazem três anos e meus companheiros não conseguem manter a mesma ficha mudando sempre de personagem... resultado: eles ficam fracos e se mostram despreparados para jogarem...

    hoje o meu personagem é um grande guerreiro, poderoso até e um bom aliado para as horas complicadas :D

    eu acho que pra ficar gostoso o rpg, todos os jogadores tem que levar a sério e se divertirem :mrgreen:

    eu adorei esse tópico e vi que Percival e Vassily são grandes jogadores e que deram ótimos comentários para esse tópico.. aprendi bastante!!! :obiggraz:
     
  12. Percival

    Percival Usuário

    Meu caro Psamatos, obrigado pelo elogio, mas é como eu disse:
    E com a nossa troca de conhecimentos nós aprimoramos nosso aprendizado e ajudamos os outros a evoluirem.
    Com certeza o RPG nos faz crescer dentro e fora do jogo, apesar de que grande parte das pessoas quee não conhessem ainda acham que "RPG É COISA DO DEMONIO".
     
  13. Psamatos

    Psamatos Visitante

    Infelizmente é assim meu caro Percival (ou Peredur) já ouvi muita gente falando que rpg é coisa do demônio.... lamentável!
     
  14. Tork^^

    Tork^^ Usuário

    Isso foi devido a algumas mortes pelo Brasil... axu q em MG... ligados ao RPG!
    os players tavam jogando Vampiro (axu q vcs conhecem, senaum, amarrem uma corda no pescoço e se enforquem) e praticavam rituais satanicos!! :x :x
    mas isso vai da mente da pessoa, se ela qr praticar satanismo pratique e deixe os outros RPGistas em paz... mas tds acabam sendo prejudicados e tidos pela sociedade como satanistas (os RPGistas hehe)!!

    Ainda bem q naum eh mais assim... :mrgreen:

    Viva o RPG e a Valinor
     
  15. Psamatos

    Psamatos Visitante

    É isso mesmo meu caro Tork, eu ouvi dizer sobre casos parecidos e é vergonhoso!
    Já ouvi falar que eles realizavam lutas até a morte e rituais satânicos!!! É chamado de RPG ao vivo ou real (é esse o nome certo???? :? )

    Concordo com você Tork: ainda bem q naum eh mais assim.... :D :D :D
     
  16. Percival

    Percival Usuário

    Na época dos assassinatos também foi dito que eles haviam bebido e se drogado antes de jogar mas nimguem ligou pára isso e sentaram o pau nos RPGistas, lamentavel... :x
     
  17. Tork^^

    Tork^^ Usuário

    eh Live Action meu caro senhor Psamatos!
     
  18. Psamatos

    Psamatos Visitante

    eh Tork.... quase que acerto, mais não sou muito bom pra guardar nomes... brigadão!!!!! :mrgreen:
     
  19. Tork^^

    Tork^^ Usuário

    No livro d vampiro qndo eh citado o Live Action estah escrito q nenhum contato fisico eh permitido e qndo eh para se representar uma espada por ex. deve se usar um envelope ao inves d uma espada ou um guarda-chuva por ex. mas provaelmente esses caras naum deviam nem ter lido o livro basico e sairam por ai se achando os RPGistas!! :x :x
     
  20. Percival

    Percival Usuário

    É lamentavel que um material tão bom chegue as mãos de pessoas tão más :disgusti:
    hoje em dia o RPG chega a muitas pessoas, que talvez não saibam usar direito este jogo e podem fazer coisas erradas, por isso devemos escolher bem, a quem encinar o jogo, e como ensinar.
    Nunca participei de Lives porém aqui na minha city ja ocorreram lives em grande escala, pois para isso foi disponibilizada uma grande parte da UNESP, o pessoal ficou lá das 00:00 as 06:00, e ninguem se machucou, e por isso nada foi relatado em jornal, porém se algum maluco tivesse feito qualquer porcaria lá vinha a imprenssa metendo-o-pau nos jogadores :x :x
     

Compartilhar