1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Novo Texto - Carta #25

Tópico em 'Comunicados, Tutoriais e Demais Valinorices' iniciado por Deriel, 26 Abr 2004.

  1. Deriel

    Deriel Administrador

    Em 16 de janeiro de 1938, o Observer publicou uma carta, assinada “Habit” (N.T.: Hábito, em inglês), perguntando se os hobbits poderiam ter sido sugeridos a Tolkien pelo relato de Julian Huxley sobre os ‘“pequenos homens peludos” vistos na África, por nativos e .... pelo menos um cientista’. O escritor da carta também mencionava que um amigo dissera que ‘ela se recordava de um velho conto de fadas chamado “O Hobbit”, em uma coleção lida por volta de 1904’, na qual a criatura que tinha esse nome era “definitivamente assustadora”. O(a) escritor(a) perguntou se Tolkien poderia “nos dizer um pouco mais sobre o nome e criação do intrigante herói deste livro. E, aliás, estaria o furto da taça do dragão por parte do hobbit baseado no episódio do roubo da taça em Beowulf?

    Esta carta é a primeira tradução de Cláudia 'Claurelin' publicada na Valinor (primeira de muitas, claro!). Ela foi enviada a várias listas de discussão antes de ser publicada na Valinor e continuarão a ser, logo que a Cláudia traduzir outros textos.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     
  2. Mith

    Mith This server is too busy!

    Humm...o que esse editor realmente quis dizer a respeito dos Hobbits?
    Essa carta até que foi bem curta!

    Nossa, até eu me senti ofendido! :mrgreen:
     
  3. Enerdhil

    Enerdhil Usuário

    A bem da verdade, como o próprio Tolkien indiretamente reconheceu nos rascunhos do On Fairy-Stories, vários traços da cultura Hobbit foram aproveitados (inconscientemente, eu acredito) do "The Maverllous Land of Snergs" ( incluindo um companheiro "jóia" para uma escapada). Mas o nome "hobbit" existia antes dele aproveitá-lo (ou recriá-lo), está registrado em uma lista de personagens sobrenaturais do folclore inglês, publicada em 1895 (The Denham Tracts). Ali, a palavra hobbit é definida como 'uma classe de espírito" . 8-)
     
  4. Elentari R*

    Elentari R* Usuário

    Mto boa tradução, Claurelin! ;)

    Eu não entendi mto bem o final da carta...

    :o?: Onde estão o que?
     
  5. Sabe que isso também não ficou claro para mim? Acho que a Carta teria ficado mais clara se a carta de "Habit" para o Observer tivesse sido colocada na íntegra.

    Na verdade, esta minha tradução foi apenas um teste para ver se eu estava apta a realizá-la. Mas há várias passagens nela em que eu não sabia muito bem a que ele estava se referindo... não sei se o "onde estão" se refere aos pesquisadores, às charadas... vou tentar ler o original de novo.

    Beijos,
     
  6. Heruhyarmen

    Heruhyarmen Usuário

    Antes de tudo eu queria fazer um questionamento.
    É legal a tradução e publicação dessas cartas em um site tão visitado e grande como a Valinor?
    Namarië sailalië.
     
  7. Deriel

    Deriel Administrador

    Sim, até um certo limite. Na lei de Direitos Autorais tem uma regra de que alguns trechos (não mais do que 20%) de uma obra podem ser citados/traduzidos com fins de estudo. E nós nos mantemos religiosamente dentro disso... isso implica que nunca traduziremos um HoME inteiro (na verdade o HoME 10 já está fora de possibilidades) ou mais do que um punhadoo de Letters.

    Por isso que escolhemos a dedo o que e como vai ser traduzido pra que sejam sempre os trechos mais importantes e pertinentes das obras, pois somos limitados no que podemos fazer sem infringir as leis.
     
  8. Elentari R*

    Elentari R* Usuário

    É, suponho que seria mais fácil com a outra carta...

    Mas ficou mto boa a tradução, Claurelin. (eu até já citei a carta num tópico... :mrgreen: ;) )
     
  9. Link

    Link The Hero of Time

    Muito boa! Parabéns Cluarelin! :wink:
     
  10. Prentice

    Prentice Usuário

    Se for para chutar, eu diria que esse "Onde Estão" é um desafio de Tolkien incitando o "futuro pesquisador" a procurar os dois pontos do livro onde a estória ficou parada durante algum tempo...
     
  11. Obrigada pelo elogio, Link e Elentári. :mrgreen:

    Prentice... acho que vc matou a charada. Se não for isso, é algo bem próximo, a meu ver. :)
     
  12. Elentari R*

    Elentari R* Usuário

    Nossa, Prentice, acho que é isso mesmo! (Mas ele se refere a ficar parada no "processo de criação" ou na estória propriamente dita? :mrgreen:)[
     
  13. Snaga

    Snaga Usuário não-confiável!!!

    Vou tratar de vários assuntos (como se eu tivesse competência para tal :mrgreen: )

    1) Porque discutir de onde foi que Tolkien tirou os hobbits se todo mundo sabe que ele "copiou" toda a historia do Livro Vermelho do Marco Ocidental??? :mrgreen:

    2) Quanto a questão da legalidade das publicações da Valinor feita pelo nosso amigo Hyarmen-Heru e já respondida pelo Deriel, mas que ainda me deixa uma dúvida: as publicações podem ser feitas naturalmente, não sendo para fins lucrativos, certo??? :o?:

    3)
    Assim como Prentice, eu também entendi que este "Onde estão" se refere aos dois pontos onde o conto foi interrompido. Porém fico com a mesma dúvida da Elentari R*: Tolkien se refere ao processo de criação ou a historia propriamente dita??? :o?: :o?: :o?: Apesar da duvida, eu arrisco uma opinião: imagino que essa interrupção de um ano se refere ao processo de criação. Acho que Tolkien, por algum motivo, parou de escrever O Hobbit e, quando voltou, "perdeu o fio da meada", se é que me entendem, e isso, para ele, aparecia de forma nitida em sua obra.
    Mas lembrem-se que isso é apenas uma suposição. Um delirio meu. :doido:

    4)
    Publica logo essa carta :pray: Não entendi muito bem que conclusão é essa, mas ainda assim to louco pra saber do que se trata!!! :o?:

    5) Quando é que vão converter as cartas de Tokien para PDF??? Quero a minha coleção!!! :D
     

Compartilhar