1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Nova droga adia piora de tumor de mama avançado

Tópico em 'Ciência & Tecnologia' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 11 Jun 2012.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Uma nova droga para câncer de mama com metástase resultou em maior tempo de sobrevida sem piora da doença do que um tratamento padrão contra o tumor.

    Os resultados do estudo, batizado de Emilia, foram apresentados no encontro anual da Asco (Sociedade Americana de Oncologia Clínica), que ocorreu nesta semana em Chicago, EUA.

    diz Max Mano, oncologista do Icesp (Instituto do Câncer do Estado de São Paulo Octavio Frias de Oliveira) e do Sírio-Libanês.

    O medicamento T-DM1 (trastuzumabe-entansina) foi testado em mulheres com câncer positivo para HER-2, uma proteína ligada à multiplicação celular, e comparado com dois quimioterápicos. A pesquisa envolveu 978 mulheres. O tempo médio de controle sem avanço do câncer foi de 9,6 meses no grupo que usou o T-DM1, contra 6,4 meses do outro grupo.

    A droga é a união do anticorpo trastuzumabe com um agente quimioterápico (DM1) e tem como objetivo inibir os sinais que levam ao crescimento do câncer. O remédio também faz com que a químio aja diretamente nas células cancerosas positivas para HER-2, o que causa menos efeitos colaterais.

    Mas, segundo Mano, é preciso aprender mais sobre esses efeitos, apesar de a droga parecer ser bem tolerada.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     

Compartilhar