1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Nos EUA, aluno sofre bullying de colegas e do professor na sala de aula

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 3 Set 2012.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Um incidente ocorrido em Pierce, no estado americano de Washington, está sendo considerado o caso de bullying mais impactante nos EUA em 2012. Um garoto de 13 anos foi humilhado pelos colegas e pelo professor. O fato foi registrado por uma câmera de celular.

    O incidente ocorreu na escola pública de ensino médio de Gig Harbor em fevereiro deste ano. A vítima foi amordaçada e arrastada; a sessão de tortura durou cerca de 15 minutos. John Rossi, o professor da turma, participou de parte das atividades. Em outras, apenas orientou os alunos agressores.

    Depois de uma suspensão de apenas 10 dias, o professor foi transferido para outro colégio. Rossi se desculpou pelo acontecimento. Mas, não opinião dele,
    Já os pais do aluno pensam diferente e não estão satisfeitos apenas com o pedido de desculpas - eles solicitaram uma investigação criminal do caso. Em entrevista ao canal King 5, o pai da vítima contou que o garoto disse que "quer se matar e quer morrer". O menino foi transferido para outra escola e passa por acompanhamento psicológico.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição por um moderador: 5 Out 2013
  2. Kainof

    Kainof Sr. Raposo

    Malditas porcarias com câmeras. :disgusti:
     
    • LOL LOL x 2
  3. Éomer

    Éomer Well-Known Member

    Mas que barbaridade. O que foi que passou na cabeça de merda desse professor?
     
  4. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    O professor estava completamente errado nesta a atitude.

    Mas não se esqueçam que essa merda de professor e milhares de outros pelo mundo, principalmente no Brasil sofrem todos os dias agressões verbais, físicas, deboches, uma lei que passa a mão na cabeça dos criminosos com menos de 18 anos.

    Professor também sofre bullying.

    Foi mal se mudei de assunto!
     
    • Fail Fail x 1
  5. Éomer

    Éomer Well-Known Member

    Mas o que raios tem a ver uma coisa com a outra nessa situação?

    E comportamento infantil até pode se esperar de um aluno, mas nunca de um professor.


     
    Última edição: 4 Set 2012
    • Gostei! Gostei! x 1
  6. Fernanda

    Fernanda Andarilho de Eriador e

    Eu não gosto de dar fail, porque acho que opnião de cada é a opnião de cada um. Mas isso é justificar o injustificável. Se um professor no Brasil sofreu uma agressão então todo professor está justificado em estimular esse tipo de comportamento?

    É a mesma coisa que dizer que quem sofreu violencia tem o direito de praticar.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  7. Tek

    Tek Girls tend not to like me

    O que há com esses americanos??? Nós vemos tanto em filmes e em programas americanos essa prática de bullying acontecendo e MUITO. Os bullies fazem coisas absurdas por motivos como: o alvo é quieto, é gordo, é magro, é alto, é baixo, tem cabelo crespo, se veste diferente. Que que é isso??

    Isso é comum aqui no Brasil? Eu já ouvi depoimentos, e presenciei uma única vez em toda a minha vida escolar. Em uma das escolas em que eu estudei, tinha uma garota com alguma deficiência física e mental (ela tinha menos de 1 metro de altura e estava 4 anos atrasada). NUNCA VI NINGUÉM ZOMBAR DELA. Todo mundo queria ajudá-la, carregando suas coisas, ou até mesmo ela. Quem não era da turma dela via essa atitude do pessoal e queria fazer igual. Ela que às vezes dava patada em quem queria ajudar.

    Então, claro que aqui também tem bullying, mas eu acho os americanos tão retardados! O que vocês acham? Veem/viam essa prática com frequência aqui no Brasil?
     
    • Gostei! Gostei! x 2
    • Ótimo Ótimo x 1
  8. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    Sim, vcs estão certíssimos. Eu discordo totalmente da atitude equivocada do professor.

    Erros infantis de adolescentes não justificam os meios que professores devem tomar.

    Eu realmente inverti a situação porque do mesmo modo que alunos sofrem bullying tanto por colegas de sala ou de adultos, os professores também são vítimas desses atos de atrocidades (não desse especificamente entende?!) Mas de diversas formas a violência está nas escolas, seja do Brasil ou dos EUA.

    Como sou professor eu quis apenas levantar essa questão.
     
  9. Clown or Minstrel

    Clown or Minstrel desenvolvedor

    Bulling existe em qualquer escola, em qualquer lugar. Japão, Noruega, Irã, Havai, qualquer tipo de minoria, ou qualquer pessoa que não está no modelo ideal de aluno bacana será menosprezada, de um jeito ou de outro.
     
    Última edição: 4 Set 2012
    • Gostei! Gostei! x 1
  10. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Penso que no Brasil ocorre de maneira mais disfarçada, um tipo específico de preconceito. Por exemplo, igual aquele menino ou menina que precisa se esconder pelos cantos ou no fundo porque não tem uma roupa ou pensa diferente.
     
    Última edição: 4 Set 2012
  11. Zatar

    Zatar Usuário

    Concordo que nos EUA o problema deve ser muito mais sério, mas acho que aqui no Brasil isso vem crescendo. Lógico, estou me baseando em histórias à minha volta, colegas que já têm filho na escola, ou algum irmão menor.

    O principal problema que eu vejo, baseando-me nessas experiências que ouço, é que as crianças estão sem noção do limite entre fazer uma brincadeira inofensiva e ofender. Isso é bastante polêmico, pois cada um tem sua tolerância com brincadeiras, mas acredito que há como educar as crianças (aos poucos) a respeitar esses limites. O que falta na vida dessas crianças é uma estrutura em casa, desde cedo.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  12. Tek

    Tek Girls tend not to like me

    Mas se ele só se esconde, não caracteriza bullying.
     
  13. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    A pratica velada de ameaça ou segregação é comum na sociedade brasileira de maneira generalizada e com freqüência de forma inconsciente e inconseqüente. Tem até uns romances que fazem ler no vestibular sobre as práticas disfarçadas da sociedade como aparece no livro "O Cortiço". Por exemplo, por cor de pele ou por sexualidade os indivíduos precisam se esconder e esse comportamento não vem naturalmente, se for provado que a pessoa está se escondendo por algo assim serve como agravante por ter tolhido a liberdade do outro.
     
    • Gostei! Gostei! x 1

Compartilhar