• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Noein: To Your Other Self (Noein: Mō Hitori no Kimi e, 2005)

[F*U*S*A*|KåMµ§]

Who will define me?




Achava que teria um tópico desse.
Não é exatamente um primor de anime. Mas me chamou a atenção pelo uso mais bem acabado de matérias da física pós-clássica do que todas as outras produções que eu assisti e que se aventuraram nessa área (e aqui entram animes, séries, filmes, etc).
Seria uma ficção muito mais interessante se não fossem 2 pontos:
1) A mania de sempre terem que enfiar lutas à lá Dragon Ball em tudo quanto é tipo de anime existente. Sai da esfera de uma ficção mais "pé no chão" pra se igualar a qualquer produção de fantasia com personagens de cabelo espetado criando bolas de energia. E ainda por cima criam personagens cujo único propósito na história é fazer número em cenas de lutas.
2) Os 2 personagens mais deslocados de todo o anime (a física e o policial). O único propósito da dupla se resume à mulher. Ela é como se fosse a "professora de física" para os personagens que não sabem nada disso e para os espectadores que também não saibam. Só que ela faz um trabalho horroroso, ensina tudo errado e faz um bololô chegando a conclusões completamente desconexas com os argumentos que estava usando.
Se era pra falar tudo errado, melhor que ficasse de fora.


Fora isso, quanto aos personagens, também só interessam Karasu, Noein e Yuu. O resto parece mais pano de fundo, inclusive a personagem principal. Todos tem sua história e tudo mais, mas é pouco.

A história, como já disse, gira muito em torno de algumas teorias físicas não provadas. Apesar de ter sempre os exageros comuns de obras de ficção científica, eu achei bem interessante o uso dos multiversos originados da relação de incerteza. E de como a realidade e observador não são mais entes tão absolutos, principalmente numa cena específica do anime.



Bom. É isso.
Eu recomendaria. Apesar do primeiro episódio poder espantar muita gente por parecer mais um anime boboca de lutas vazias e tudo mais.
 

Anexos

  • NOEIN.jpg
    NOEIN.jpg
    31,6 KB · Visualizações: 143

Regente

Serenity Painted Death
Re: Noein (2005)

Já tenho a série, mas não me animei a vê-la ainda.


E eu detesto física :P
 

DW

Usuário
Re: Noein (2005)

Não gostei da parte que que vc diz que tem lutas de DBZ. Ja passou a época disso. Tem muita luta ou da pra ignorar?
 

[F*U*S*A*|KåMµ§]

Who will define me?
Re: Noein (2005)

Em alguns episódios até tem bastante. Em uns 2 ou 3 episódios nos 12 primeiros e mais uns 2 ultimos episódios no final da série (que possui 24 episódios).
Não chega a ser um Dragon Ball da vida pq essas lutas não ocupam um episódio inteiro (acho que só em 1 ele chega a ser mais que metade do capítulo), geralmente eles terminam rápido. Mas, na minha opinião, eram completamente descartáveis para o propósito que o anime parecia ter.

Mais pro meio do anime que fica a parte mais interessante já que sai da tentativa de atrair jovens com essas batalhas e realmente inicia o plot. E aí, eu acho que vira um anime acima da média se ignorarmos a física.
 
Última edição:

Valinor 2020

Total arrecadado
R$1.920,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo