1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Nobel de Física premia descobridores da expansão acelerada do universo

Tópico em 'Ciência & Tecnologia' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 4 Out 2011.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    O Prêmio Nobel de Física 2011 recompensou nesta terça-feira três astrofísicos que revolucionaram a cosmologia com a descoberta da expansão acelerada do universo, algo assombroso e que foi possível graças à observação de estrelas muito distantes, as supernovas.

    Os vencedores, que publicaram as observações revolucionárias em 1998 em dois estudos distintos, são o americano Saul Perlmutter, do Supernova Cosmology Project, o também americano Adam Riess e o australiano-americano Brian Schmidt, do High-z Supernova Search Team.

    afirma um comunicado do comitê.

    Os três estudavam um tipo muito concreto de supernovas, as chamadas 1ª, criadas pela explosão de resíduos de estrelas muito densos.

    Estas supernovas emitem uma luminosidade própria, bem conhecida pelos astrônomos, que pode alcançar a de uma galáxia inteira, e servem de modelo para medir as distâncias no universo, o que valeu o apelido de "pontos de referência".

    Em 1998, os três astrofísicos foram os primeiros surpreendidos ao observar mais de 50 supernovas no cosmos com uma luminosidade inferior a que supostamente deveriam ter.

    A conclusão do trio, comprovada por outras observações e estudos, foi de que a expansão do universo está em aceleração desde o Big Bang, ocorrido há 14 bilhões de anos.

    Por quase um século os cientistas pensaram justamente o contrário, partindo do princípio de que a força da gravidade freava a expansão do universo.

    Uma conclusão tão espantosa que o próprio Brian Schmidt, de 44 anos, teve dificuldades para acreditar.

    afirmou aos jornalistas que o entrevistaram em Estocolmo pela internet.

    resume Saul Perlmutter em sua página pessoal no site da Universidade de Berkeley.

    explica.

    Uma energia "escura" que comandaria a dinâmica do universo há bilhões de anos. Segundo a descoberta dos três prêmios Nobel 2011, funcionaria como uma antigravidade, ou seja, uma força que repele. A descoberta abriu novos campos de pesquisa para a compreensão do cosmos.

    Saul Perlmutter nasceu em 1959 em Champaign-Urbana (Illinois, Estados Unidos) e é professor de Astrofísica na Universidade de Berkeley, Califórnia.

    Adam Riess, nascido em 1969 em Washington, é professor de Astronomia e Física na Universidade John Hopkins de Baltimore (Estados Unidos).

    Brian Schmidt nasceu em 1967 em Missoula (Montana, Estados Unidos) e dirige a equipe de pesquisas sobre supernovas na Universidade Nacional Australiana de Weston Creek.

    declarou por telefone o professor Schmidt.

    completou.

    Os três vencedores receberão o prêmio durante uma cerimônia oficial em Estocolmo no dia 10 de dezembro.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Interessante a pesquisa. Deve ser muito bom estudar as estrelas! Uma ótima descoberta essa.
     
  3. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Pelo tema estudado por eles, acho que o prêmio ficou bem justo.
     
  4. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Eles simplesmente introduziram a questão mais mindfucking da física das últimas décadas.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  5. Lyvio

    Lyvio Usuário

    Show demais, agora abre espaço para muitas curiosidades, que os demais astrofisicos estudarão, os limites da "energia escura" e o que será após ela? será possivel chegar ao limie do universo em quantos mil anos evoluindo os estudos, se conseguir e atravessar a energia escura encontrará o que? um vão branco como em filmes que a pessoa fica no nada e outros universos além desse? Caramba não estarei vivo para saber disso...Sensacional! Muito mais do que merecido.
     
  6. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Com essa expansão acelerada, a temperatura do universo vai cair para o zero absoluto, e a chance de que contactassemos outras formas de vida de outras galáxias já era, as implicações dessa descoberta são muito interessantes.
     

Compartilhar