1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

“No hay fuego en el infierno; Adán y Eva no son reales”, expone el Papa Francisco

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por JLM, 22 Jan 2014.

  1. JLM

    JLM mata o branquelo detta walker

    Un hombre que está ahí para abrir muchos antiguos “secretos” en la iglesia católica es el Papa Francisco. Algunas de las creencias que se celebran en la iglesia, pero en contra de la naturaleza amorosa de Dios, están siendo destinados por el Papa que fue nominado recientemente ‘El hombre del año’ por la revista TIME.

    En sus últimas revelaciones, el Papa Francisco dijo:

    “A través de la humildad, la introspección y la contemplación orante hemos adquirido una nueva comprensión de ciertos dogmas. La iglesia ya no cree en un infierno literal, donde la gente sufre. Esta doctrina es incompatible con el amor infinito de Dios. Dios no es un juez, sino un amigo y un amante de la humanidad. Dios busca no para condenar sino para abrazar. Al igual que la fábula de Adán y Eva, vemos el infierno como un recurso literario. El infierno no es más que una metáfora del alma aislada, que al igual que todas las almas en última instancia, están unidos en amor con Dios. “

    En un discurso impactante que está reverberando en todo el mundo, el Papa Francisco declaró que:

    “Todas las religiones son verdaderas, porque son verdad en los corazones de todos aquellos que creen en ellos. ¿Qué otro tipo de verdad está ahí? En el pasado, la iglesia ha sido muy dura con los que consideró inmorales o pecaminosos. Hoy en día, ya no hay juicio. Como un padre amoroso, nunca condenemos a nuestros hijos. ¡Nuestra iglesia es lo suficientemente grande como para heterosexuales y homosexuales, para los pro-vida y los pro-elección! Para los conservadores y los liberales, incluso los comunistas son bienvenidos y se nos han unido. Todos amamos y adoramos al mismo Dios.”En los últimos seis meses, los cardenales, obispos y teólogos católicos han estado deliberando en la Ciudad del Vaticano, al discutir el futuro de la iglesia y la redefinición de las doctrinas y los dogmas católicos de larga data. El Tercer Concilio Vaticano II, es el mayor y más importante desde el Concilio Vaticano II que concluyó en 1962.

    El Papa Francisco convocó al nuevo consejo de “por fin terminar la obra del Concilio Vaticano II”.

    El Tercer Concilio Vaticano concluyó con el Papa Francisco anunciando que …

    El catolicismo es ahora una “religión moderna y razonable, que ha sufrido cambios evolutivos. Ha llegado la hora de abandonar toda intolerancia. Debemos reconocer que la verdad religiosa evoluciona y cambia. La verdad no es absoluta o grabada en piedra. Incluso los ateos reconocen lo divino. A través de actos de amor y caridad el ateo reconoce a Dios como bueno, y redime su alma, convirtiéndose en un participante activo en la redención de la humanidad. “

    Una declaración en el discurso del Papa ha enviado a los tradicionalistas a un ataque de confusión e histeria …

    “Dios está cambiando y evolucionando como somos, porque Dios vive en nosotros y en nuestros corazones. Cuando difundimos el amor y la bondad en el mundo, tocamos nuestra propia divinidad y la reconocemos. La Biblia es un hermoso libro sagrado, pero como todas las grandes y antiguas obras, algunos pasajes son anticuados. Algunos incluso lo llaman para la intolerancia o el juicio. Ha llegado el momento de ver a estos versos como interpolaciones posteriores, en contra del mensaje de amor y de verdad, que irradia de otra manera a través de las Escrituras. De acuerdo con nuestro nuevo entendimiento, vamos a empezar a ordenar mujeres como cardenales, obispos y sacerdotes. En el futuro, es mi esperanza que tendremos un día un Papa mujer. ¡No dejar que ninguna puerta se cierre a la mujer que esté abierta a los hombres! “

    Algunos cardenales de la iglesia católica están en contra de últimas declaraciones del Papa Francisco.

    (
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    )
     
    • Gostei! Gostei! x 3
  2. Lindoriel

    Lindoriel Saurita Catita

    O papa mais polêmico, com toda a certeza 0__________0
     
  3. Éomer

    Éomer Well-Known Member

    Vai ter o mesmo destino que teve João Paulo I
     
  4. Heberus Stormblade

    Heberus Stormblade Paz e Amor

    Nunca antes havia visto tantos L's num só texto. Achei as afirmações bastante pertinentes, mas não li o texto todo e tão pouco compreendi tudo, vou esperar uma tradução na integra para posicionar o cavalo.
     
  5. Clara

    Clara Antifa Usuário Premium

    "Todas las religiones son verdaderas, porque son verdad en los corazones de todos aquellos que creen en ellos.

    Il catolicismo es ahora una “religión moderna y razonable, que ha sufrido cambios evolutivos. Ha llegado la hora de abandonar toda intolerancia. Debemos reconocer que la verdad religiosa evoluciona y cambia." "


    Puxa que bacana! =)

    Será?
    Não acredito nisso, não.
    Primeiro porque (admitindo que a morte de João Paulo I tenha sido uma conspiração) isso aconteceu há mais de trinta anos.
    E depois porque veja, a igreja católica é a fundadora do cristianismo.
    Nenhuma outra religião cristã existiria não fosse a Apostólica Romana então nada mais óbvio do que ela passar por uma espécie de reformulação como essa.
    Disse "espécie" porque nada foi decidido, percebam.
    Ele fala das mulheres cardeais e papas como uma possibilidade (pelo menos foi o que entendi) e dos homossexuais como filhos de Deus.
    Nada foi dito sobre nomear uma bispa ou aceitar e promover casamentos gays.

    O mais importante nesse discurso, pra mim pelo menos, foi mostrar a importância da tolerância (para com outras religiões, crenças e a humanidade em geral) no mundo cristão.
    Uma vez que as religiões pregam que "Deus está conosco e em nós" como pode fazer sentido sermos intolerantes e preconceituosos com o que quer que seja?

    E muito sensatas as afirmações: "La iglesia ya no cree en un infierno literal, donde la gente sufre." e "la fábula de Adán y Eva".
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  6. Éomer

    Éomer Well-Known Member

    Agora que prestei atenção nessa passagem. Virei fã desse Papa.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  7. Grimnir

    Grimnir Usuário

  8. Éomer

    Éomer Well-Known Member

    Merda, era bom demais para ser verdade.
     
    • LOL LOL x 3
  9. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Não que um único link prove que é um hoax, mas faltam mais fontes para comprovar a veracidade do texto original. Eu pesquisei e não achei nada relevante.
     
  10. Clara

    Clara Antifa Usuário Premium

    :eh:

    Procurei outros links e não encontrei nada.
    Nem sobre a declaração ser verdadeira, nem sobre ser hoax.

    Só encontrei esse aqui, de um site chamado "Agência Católica de Informações":
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    =/
     
  11. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Seria ótimo mas... pq a religiao precisa mudar? Nao basta que as pessoas mudem? Criem suas proprias religoes. Uma igreja que aceite gays. Ou mulheres como lideres. Mesmo se o papa tivesse tido isso, duvido que o preconceito e intolerancia das pessoas sumisse de um dia para o outro.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  12. Paganus

    Paganus Visitante

    Kyrie Eleison.

    É, morreu o catolicismo romano.

    O texto tem tantos, tantos, mas tantos absurdos que fica difícil até saber por onde começar.

    O fogo do inferno, por exemplo, é real. Agora resta saber se é material, como creem os romanistas, ou imaterial, como ensina a Ortodoxia: o próprio afastamento do amor de Deus, a incapacidade de amar, como a definia São Serafim de Sarov. O fogo imaterial é o desespero da ausência de Deus.

    Dizer que não há fogo no inferno é como dizer que ele inexiste. É a velha heresia origenista, gnostica, da 'apocatástase', que sempre retorna, como um eterno fetiche do homem moderno. Dizer que todos serão salvos, até os demônios, por mais que isso fira diretamente a liberdade humana e a divina.

    E Adão e Eva são realíssimos, são símbolos, não alegorias. Se existem teólogos modernosos que querem relativizar a historicidade (na verdade, metahistoricidade) do primeiro casal, isso é problema deles.

    Nada disso é doutrina católico-romana.

    E o Grimnir está certíssimo.

    Quem aplaudiu esse monte de lixo, nunca foi católico. Funde uma nova religião, tipo a igreja do Maradona onde casar viados seja belo e moral, o evolucionismo seja dogma e a vida após a morte seja igual a um episódio dos Ursinhos Carinhosos e não a guerra espiritual que é, na realidade.

    O homem moderno não está sedento de verdade, muito menos da verdade robusta, exigente das religiões. O homem moderno quer sombra e água fresca, quer justificação das suas paixões, taras e pequenas liberdadezinhas.

    Ele não quer Deus. Quer punheta e siririca.

    lol

    Essa foi a piada do século. A cúpula da Igreja romana está cheia de conservadores e fanáticos tradicionalistas AHAHAHUAHUAHUAHAHUAHU. Rirei eternamente.

    João Paulo I morreu porque era conservador, provavelmente, não o contrário. Ele era contra várias mudanças do Concílio Vaticano II, sabia? Não era nenhum Lefebvre, mas estava longe de ser um reformista.
     
    Última edição por um moderador: 22 Jan 2014
  13. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Calma, Pagz, não foi isso que falei. O meu ponto é apenas que não faz muito sentido querer mudar o catolicismo - basta não ser católico e buscar outra fé que abarque esses valores que definitivamente não são "um monte de lixo".

    Ainda sobre o assunto, uma vez vi
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    . Alguns pontos parecem relevantes, mas outros parecem bem whatever.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  14. Clara

    Clara Antifa Usuário Premium

    Mas (eu pelo menos) não li nada ali na suposta declaração que fosse realmente uma mudança. :think:

    As partes que mais gostei foram a respeito da cristandade da igreja, a tolerância e afirmação de que todos são filhos de Deus, não importando crença nem sexualidade.
    Bem diferente de liberar geral: "Eeeeee!
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ! Vamos casar todos! blablabla!
    " como o Paganus escreveu histericamente aí em cima.
    Se existe algum católico ou padre que acredita realmente que alguém (por ser homossexual, ateu, espírita, oscambau) vai queimar no fogo do inferno literalmente, essa pessoa é o Calion está no mínimo equivocada com o sentido da palavra cristão.
    Ou então eu entendi errado o que aprendi no catecismo. :dente:

    Relendo o texto em espanhol, acho que a parte mais visivelmente falsa da coisa toda (e que devia fazer a gente desconfiar) é aquela que fala das mulheres.
    É mesmo bem difícil que a igreja sequer cogite (como o texto afirma) a nomeação das mulheres para cardeais, bispos.
    Essa foi a parte mais frágil do texto e que, pelas declarações anteriores do Papa, eu devia ter percebido que tava mais pra

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Gostei! Gostei! x 3
  15. Paganus

    Paganus Visitante

    Apesar da histeria, meu ponto permanece o mesmo: o inferno é o inferno da incapacidade de amar. Uma pessoa, por ter o vício dos afetos homossexuais, não é menos capaz de amar a Deus que um outro ser humano, também acometido por outros vícios e paixões, ainda sendo hetero.

    O homossexualismo é uma tendência espiritualmente regressiva, mas não é a única no rol das paixões, embora seja uma das mais destrutivas em diversos sentidos e níveis. Isso SE... praticada.

    A ascese não 'cura' o homossexualismo porque não se trata de uma doença, mas de uma tendência psíquica moralmente desordenada e que só pode ser controlada, como qualquer paixão. Purificada, como qualquer paixão, mas com o gay permanece gay mesmo sendo celibatário, em um mosteiro vivendo a pão e água, como o atesta o Abençoado Serafim de Platina. Nunca deixou de ser gay, mas controlou, submeteu, a paixão ao jugo do intelecto purificado, como o era purificado de todas as demais paixões, como a gula, a inveja, a cobiça, a luxúria etc.

    Eis um santo gay. E não há escândalo nenhum em afirmá-lo: devem ter havido muitos santos gays, mesmo que desconhecidos e a quem ninguém reza, mas que estão SEMPRE a rezar por nós, por todos que, como eles, sofrem com o aguilhão do demônio em suas fraquezas, mas se se esforçam na ascese, são purificados e iluminados pela Graça incriada e se tornam farol de iluminação e radiação de bênçãos. E também rezam por aqueles, acometidos pelo homossexualismo e por todas as outras paixões, que, também, não se emendam e constroem seu inferno de escravidão do intelecto a essas tendências já aqui na Terra.

    Só se escandaliza com isso o fariseu: para o fariseu deve haver limites, regras, cânones mesmo naquilo que é extra-mundano, transcendente, aquilo que é essencialmente Infinito, Ilimitado, a Lei que transcende toda lei humana. O fariseu é mundano e é pior: é mundanista. Tudo ele enxerga pelo véu da mundanidade e a ele concede o status de lei divina. É um blasfemador, um deturpador e corruptor da Palavra e, por isso mesmo, servo de Satanás. Nada é mais satânico que o farisaísmo e, consequentemente, a inversão das relações, da ordem, da verdade. Exatamente porque a metafísica não se 'opera' por parâmetros mundanos, mas os transcende através do paradoxo, do apofaticismo, da Verdade que ultrapassa todo entendimento como sua fonte e princípio.
     
    • Gostei! Gostei! x 2

Compartilhar