1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

No CE, jovem questiona prova que considera 'esperteza' pagar propina

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 6 Jun 2012.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    [h=2]Questão consta em prova de concurso público da cidade de Beberibe.
    Organização diz que a palavra ‘esperta’ significa também ‘espertalhão’.[/h]

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Prova de interpretação textual adjetiva como "esperta" a atitude de oferecer propina (Foto: Rodrigo Ferreira/VC no G1)​

    O universitário Rodrigo Ferreira, 26 anos, considerou “absurda” a resposta a uma questão do concurso público para preencher vagas na prefeitura de Beberibe, litoral Leste do Ceará, realizado neste domingo (3). O gabarito diz que a personagem que sugeriu, no texto, o pagamento de propina é “esperta”.
    disse o internauta.

    No teste para o cargo de auxiliar de administração, consta uma questão que pede para assinalar a alternativa em que o adjetivo caracteriza a mulher de Oscar, na situação apresentada no último parágrafo do texto da prova de português. No gabarito oficial, a resposta correta é o item "B - esperta". Os demais ítens são "honesta", "invejosa", "fofoqueira" e "resmungona".

    Rodrigo explicou que a namorada fez a prova e ligou para ele "estarrecida" com a questão e mais ainda com a resposta considerada correta pela banca.
    afirma.

    O estudante disse ainda que, como vai prestar o mesmo concurso no próximo domingo (10) para outro cargo, aproveitou para ver como o conteúdo foi cobrado.
    diz.

    Nota da redação: o presidente da comissão coordenadora do concurso pelo município de Beberibe, Paulo Furtado, disse que entre mais de 7 mil inscritos é "natural" que apareçam pessoas que queiram "denegrir" a imagem do concurso. "Do mais humilde ao mais graduado, só há elogios à prova", afirmou. Furtado disse que alguém pode se sentir prejudicado por ter uma "casca de banana", mas tem o direito a recorrer do resultado. "Isso é coisa de concurseiro. Está lá no edital que ele tem o direito a recurso e recebe a devida resposta da CCV. Mas está tudo tranquilo", disse.

    A presidente da coordenadoria de concursos (CCV) da Universidade Federal do Ceará (UFC), responsável pela elaboração da prova, Maria de Jesus de Sá Correia, confirmou que a resposta correta para a questão seja "esperta". Mas, de acordo com ela, a palavra está contextualizada no sentido utilizado no dicionário Houaiss, de "espertalhão, que tenta levar vantagem em tudo". "Foi nesse sentido que a banca viu a história. Estamos selecionando servidor público e tudo que não se quer é estereotipar o servidor público como enrolão", afirmou.

    De acordo com ela, o texto trata a questão da burocracia e da esperteza de forma crítica e que o próprio autor do texto, Fernando Sabino, não autoriza que se interprete "esperteza" de forma positiva. "Quem conhece a obra de Fernando Sabino reconhece que ele é um crítico da sociedade. Isso leva um leitor atento a perceber como foi produzido. Hoje não se faz interpretação isolada, de forma literal. Nesse caso, tem de se considerar uma que tenha o significado de crítica", defendeu.

    Além disso, a professora informa que a banca abordou o tema "de propósito" para uma reflexão sobre o tema. "E que fique claro que a postura da personagem não é uma posição nem do autor nem da gente", disse.


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. faoliveira

    faoliveira Hobbit Bonzinho (ou não)

    Olho, daqui. Bem, acho que poderia ter sido feita outra questão mesmo
     
  3. Lu Meyn

    Lu Meyn Usuário

    Discutível, realmente.
     
  4. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    De novo....
    É que nem a questão sobre BBB em concurso público.
    Tá mais que certo, esses tipos de questão é que realmente definem esses funcionários públicos, oras.
    Ficam o dia inteiro lendo Ego no computador, sem trabalhar, e recebendo propininhas pra adiantar algum favorzinho pra alguém.

    Pelo menos esses concursos são honestos com o tipo de pessoa a ser contratada. Sem hipocrisias.
     
    • LOL LOL x 1

Compartilhar