1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Nick Farewell

Tópico em 'Autores Nacionais' iniciado por Hero, 7 Jan 2013.

  1. Hero

    Hero Let's rock and ride!

    Yo galera! Primeira vez que posto na sessão de literatura (não me orgulho muito disso né, mas fazer o que).

    Queria saber se alguém (além de mim) conhece esse autor, o Nick Farewell. Confesso que fiquei meio confuso se postava em autores Nacionais, porque ele na verdade é coreano, naturalizado brasileiro e usa um pseudônimo em inglês. Mas ele escreve por aqui, então é nacional.

    Assim, infelizmente o Nick não é tão conhecido assim ainda, tem poucos livros lançados. Eu mesmo não teria conhecido o trabalho dele se não tivesse trabalhado com ele, e confesso que só li o livro porque o ganhei pra portfolio, mas foi uma boa surpresa, não esperava tanto.

    Ele tem 4 livros lançados, em ordem cronológica são o GO, Manual de Sobrevivência Para Suicidas (que é um livro de poesias), Mr. Blues & Lady Jazz e o recém lançado Uma Vida Imaginária. Não li o Manual de Sobrevivência para Suicidas, mas o GO e Mr. Blues e Lady Jazz são muito bons, basicamente o GO é uma história e o Mr. Blues é um spin off dessa história, que conta com mais detalhes sobre uma parte do GO. O Uma Vida imaginária tá lá na minha prateleira, esperando para ser lido.

    Não estou fazendo marketing pro cara, sério. Conheço o autor e ele é gente boa até, mas queria saber se tem mais alguém aí que conhece, acho que ele é um bom autor, mas tem um estilo muito alternativo, dificilmente vai cair no mainstream. Ele escreve muito sobre relacionamentos, o GO é sobre um cara que tem sérios problemas em se relacionar com as pessoas, e vai descobrindo como conviver com as pessoas aos poucos, ele fala muito sobre solidão, sobre como nós nos sentimos sozinhos e como nos identificamos com outras pessoas por nossas falhas e, principalmente, pela nossa solidão. Não chega a ser depressivo, e é bem difícil não se identificar com o personagem.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. Sejong

    Sejong Óculos Torto

    Sem dúvida, eu ainda não li, mas já ouvi falar, e fiquei muito ansioso para ler o livro GO, eu vi em um programa de TV a apresentadora fazendo uma citação do livro, e achei fantástico, Nick é muito talentoso, eu aposto que ele tem um grande futuro pela frente aqui no Brasil. Talvez fosse interessante, para ficar mais "vendável", inserir ilustrações (talvez em mangá, ou em mahnwá também, ou mesmo caricaturas), eu mesmo ilustro as minhas obras, mas também posso ilustrar as de outros autores, na verdade desde que vi a propaganda na TV, fiquei muito ansioso em conhecer mais sobre este tão interessante autor. Gostaria até de escrever um livro juvenil em co-autoria com ele, eu planejo fazer muitas co-autorias, e gosto de escrever livros "jovens" e bem ilustrados, muito embora minhas predileções sejam livros adulto-juvenis, de ficção-científica, fantasia, e suspense, bem como também algo de terror. Se eu fizer algum drama, será um extra, mas sou tão aficcionado por literatura que consigo escrever em qualquer gênero na verdade. Ei, gostei muitíssimo deste tópico, poderia falar mais sobre o autor e sobre o livro? Ele publicou por qual editora? Você trabalhou com ele em qual setor? (Desculpe fazer tantas perguntas, mas atiçou minha curiosidade, rsrs) :)

    Ele nunca publicou algo na Coréia?
     
    Última edição: 1 Mar 2013
  3. Hero

    Hero Let's rock and ride!

    Ok, vamos por partes.

    O Nick publicou todos os seus (4) livros pela editora Devir (até onde eu sei pelo menos), que foi onde eu trabalhei com ele. E cara, se você não leu os livros dele (principalmente o GO), eu sugiro que leia antes de começar a ter ideias sobre o livro. Porque, pra mim pelo menos, o Nick é um autor que surpreende, o primeiro livro que eu li foi o Mr. Blues & Lady Jazz, que eu diagramei, e o pouco que eu li foi durante a diagramação, só que quando fui realmente ler o livro eu fui surpreendido de modo bem positivo. O livro é bem mais profundo do que eu achei que fosse.

    Então bem, meu conselho é que você leia o GO antes de tudo. Inclusive, acho que a falta de ilustrações é até uma vantagem pro livro. Mas isso dá pra discutir melhor depois de ler :P
     
  4. Sejong

    Sejong Óculos Torto

    Tem razão, e obrigado pelas informações. Houve uma época em que eu devorei muitos livros de RPG da Devir, eu não me lembro bem, mas acho que "A Cripta do Vampiro" é da Devir, não é? Um dos que eu mais gostei foi "A Cidadela das Sombras". Tem um outro que não sei se é dela ou não, mas o título éra algo como "As Coligações de Keeter", eu vi este à muito tempo, e até hoje não consegui, mas ainda quero ler. Eu gosto desta editora, mas infelizmente estou desatualizado quanto aos produtos dela, espero conseguir corrigir isto logo. Ei, você por acaso sabe por quê o Nick veio morar no Brasil? :)
     
  5. Hero

    Hero Let's rock and ride!

    Cara, não sou também muuuuito familiar com todo o catálogo devir, mas to achando que nenhum dos livros que você citou foram feitos aqui ^^'. A parte de RPG já teve um ou outro título perdido, mas de um bom tempo pra cá foram basicamente a linha Mundo das Trevas, GURPS e Dungeons & Dragons. E atualmente a parte de RPG tá meio parada, o que tem saído mais são livros de ficção científica, pelo menos é só nisso que eu tenho trabalhado atualmente.

    E cara, não faço ideia. Cheguei a conversar bastante com o Nick, mas não cheguei nesse nível de intimidade, mas acho que ele é naturalizado brasileiro mesmo, inclusive participou de um seriado da HBO faz um tempo, que é sobre imigrantes em São Paulo eu acho, ele participou em um capítulo sobre a comunidade koreana eu acho.
     
  6. Sejong

    Sejong Óculos Torto

    Interessante. Ouvi dizer que ele apresentou alguns lugares de São Paulo para um diretor de filmes sul-coreano, também vi em algum lugar que o pseudônimo dele foi inspirado em uma frase que homenageia uma antiga namorada, que morreu. Ainda não li o livro, mas assim que tiver tempo, vou ler. Gosto disto de usar referências pop na trama do romance.
     

Compartilhar