1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Navegar na Incerteza

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por Gonzo, 12 Mai 2011.

  1. Gonzo

    Gonzo Usuário

    Navego cegamente
    E o meu rumo é salgado
    Te olho com esforço
    E continuo parado
    Passam ondas, sopra o vento
    Pernas andam e travam
    Na marola do teu canto
    Sigo lento e cabisbaixo
    Mas é doce tão doce
    Não sinto fome ou cansaço
    Só a náusea e o nervosismo
    Com a ânsia do teu abraço
    Se me negas vou morrer
    Seco ou afogado
    Com feridas tão profundas
    que vão arder com teu descaso

    Gonzo
     
  2. Rodovalho

    Rodovalho Usuário

    Esse poema ficou muito bom, Gonzo!

    Bateu com meu estado de espírito atual de mineirinho com vontade de velejar. E com mais vontade ainda de conquistar uma garota em especial.
     
  3. ricardo campos

    ricardo campos Debochado!

    Gonzo,gostei também.:sim:
     
  4. Vinnie

    Vinnie Usuário

    Essa mulher te abateu, hein, parceiro!!

    Mas nos deu umas rimas legais.
     
  5. Tayana

    Tayana Usuário

    puts Gonzo.

    Essa deixou você caido, com os 4 pneus e estepe arriado.
     
  6. Gonzo

    Gonzo Usuário

    hehe, quem disse que quem vive de passado é museu? Ando inspirado. Pus mais uma na mesma temática :rofl:
    Valeu pelos elogios. Acho minhas rimas meio pobres mas me divirto.
     

Compartilhar