1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Autor da Semana Nathaniel Hawthorne

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por Clara, 1 Jun 2014.

  1. Clara

    Clara Que bosta... Usuário Premium

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Nathaniel Hawthorne
    (Salem, 4 de Julho de 1804 - Plymouth, 19 de Maio de 1864).
    Escritor estadunidense, é até hoje considerado o melhor contista de seu país.


    Nathaniel Hawthorne nasceu em Salem, Massachusetts em uma família tradicional puritana, seu bisavô, John Hathorne (aparentemente o escritor acrescentou o "W" ao sobrenome para esconder a ascendência) foi um dos juízes do famoso julgamento de feiticeiras de Salem, em 1692.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    "From June through September of 1692, nineteen men and women, all having been convicted of witchcraft,were carted to Gallows Hill, a barren slope near Salem Village, for hanging. Another man of over eightyyears was pressed to death under heavy stones for refusing to submit to a trial on witchcraft charges. Hundreds of others faced accusations of witchcraft; dozens languished in jail for months without trials until the hysteria that swept through Puritan Massachusetts subsided. "
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    sobre o julgamento de Salem


    O pai de Nathaniel, Nathaniel Hathorne era um capitão de navio e contraiu febre amarela, vindo a falecer
    no Suriname em 1808, quando o filho tinha quatro anos de idade.
    A família então mudou-se de Salem para Raymond, no estado do Maine, onde o jovem Nathaniel aproveitou a natureza e a liberdade longe de igrejas e escolas, tornando-se um exelente caçador e pescador.
    Em 1821 ingressou na Faculdade de Bowdoin, onde foi colega de estudos de
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    e de
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , respectivamente futuros poeta e presidente dos Estados Unidos.
    Embora não se saísse muito bem nos estudos (tinha boas notas apenas em redação) Hawthorne estava decidido a ser tornar um escritor e era ávido leitor de romances e poesias de escritores como Walter Scott, Ann Radcliffe, Samuel Johnson, Byron e Henry Fielding.

    Entre os anos de 1825 e 1836 Hawthorne trabalhou como escritor e colaborador de periódicos e após a formatura publicou por conta própria o romance "Fanshawe" para logo em seguida considerá-lo indigno de publicação tentando destruir as cópias existentes.
    No entanto, logo encontrou os próprios estilo e temas, e após cinco anos desde a formatura, Hawthorne havia publicado histórias diversificadas como : "The Hollow of the Three Hills"; "My Kinsman, Major Molineux"; "Roger Malvin's Burial" e um de seus maiores contos: " Young Goodman Brown" (1835).
    As histórias lhe trouxeram um pouco de fama, mas ainda precisava trabalhar e ter uma renda confiável, conseguiu então um emprego no Boston Custom House (1839-1840) e por seis meses em 1841 era um residente na cooperativa agrícola Brook Farm, em Roxbury, Massachusetts

    Em 1842 casou-se com Sophia Peabody, com quem teve três filhos. O casal alugou uma casa e foi viver em Concord, onde Hawthorne conviveu com os
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Ralph Waldo Emerson e Henry David Thoreau.
    Três anos mais tarde, em 1845, voltou com a família para Salem, onde assumiu, em 1846, o cargo de
    inspetor da alfândega, por nomeação do Presidente James Polk.

    Em 1849, com nova eleições e a mudança de presidente, Hawthorne perdeu o emprego, mas nesse período, em poucos meses, escreveu sua obra-prima, "A Letra Escarlate" (The Scarlet Letter).
    A amargura que sentiu pela demissão do cargo de inspetor da alfândega é evidente em A Alfândega (The Custom House) famoso ensaio publicado como introdução do romance A Letra Escarlate, livro que fez Hawthorne famoso e acabou por ser reconhecido como um dos maiores romances americanos.

    Nova mudança de casa e cidade, os Hawthorne mudam-se para Lenox, nas montanhas de Berkshire em Massachusetts.
    Em 1851 começou a trabalhar em "A Casa das Sete Torres" (The House of the Seven Gables, 1851 ) a história da família Pyncheon, em grande parte inspirada na família de Hawthorne e em um mansão
    em Salem, pertencente à prima do escritor.
    Em Lenox Hawthorne desfrutou da amizade de
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , que morava na cidade vizinha de Pittsfield.

    No outono de 1851 Hawthorne mudou com sua família para outra residência temporária, desta vez em West Newton, perto de Boston.
    Lá ele rapidamente escreveu "The Blithedale Romance" e uma biografia para a campanha a presidência dos Estados Unidos de seu amigo e antigo colega de faculdade, Franklin Pierce. Quando Pierce ganhou a presidência Hawthorne foi recompensado, em 1853, com o consulado em Liverpool, Lancashire, uma posição que, ele esperava, poderia trazer segurança financeira a ele e sua família.

    Do ponto de vista criativo, os onze últimos anos da vida de Hawthorne foram descendentes.
    Exerceu suas funções de cônsul de maneira eficaz até que sua posição foi encerrada em 1857. Em seguida, durante um ano e meio, passeou pela Itália.
    Decidido a produzir mais um romance, ele finalmente retirou-se para uma cidade litorânea na Inglaterra e rapidamente produziu "O Fauno de Mármore" (The Marble Faun). Ao escrevê-lo ele se utilizou das experiências e impressões que tinha escrito em um caderno mantido durante sua temporada italiana para dar substância a uma alegoria da queda do homem, um tema geralmente trabalhado em seus escritos anteriores, mas que agora recebeu tratamento direto e filosófico.

    Em 1860 volta a morar em Concord, Massachusetts e a dedicar-se inteiramente à sua escrita, mas foi incapaz de fazer qualquer progresso com os seus planos para um novo romance. Os rascunhos de obras inacabadas que ele deixou são incoerentes e mostram sinais de uma regressão psíquica, já prenunciada por seu descontentamento crescente nos doze anos anteriores .
    Cerca de dois anos antes de sua morte, Hawthorne começou a envelhecer muito de repente. Seus cabelos ficaram brancos, a letra mudou e começou a sofrer de hemorragias nasais frequentes.
    Nathaniel Hawthorne faleceu enquanto dormia, durante uma viagem que fazia com seu amigo Franklin Pierce.

    Para além dos fragmentos, livros inacabados e cadernos de apontamentos que apareceram postumamente, Hawthorne escreveu vários livros para crianças, entre os quais se destacam as suas adaptações de lendas gregas, em "Um Livro de Maravilhas Para Meninos e Meninas (A Wonder Book for Girls and Boys, 1852) e "Histórias de Tanglewood" (Tanglewood Tales, 1853).

    Novelas

    Fanshawe (publianonimamente em 1828)
    The Scarlet Letter (1850)
    The House of the Seven Gables (1851)
    The Blithedale Romance (1852)
    The Marble Faun: Or, The Romance of Monte Beni (1860)
    The Dolliver Romance (1863) (inacabado)
    Septimus Felton; or, the Elixir of Life (1872)
    Doctor Grimshawe's Secret: A romance (inacabado, 1882)

    Coletânea de Contos e Novelas curtas

    Twice-Told Tales (1837)
    Grandfather's Chair (1840)
    Mosses from an Old Manse (1846)
    The Snow-Image, and Other Twice-Told Tales (1852)
    A Wonder-Book for Girls and Boys (1852)
    Tanglewood Tales (1853)
    The Dolliver Romance and Other Pieces (1876)
    The Great Stone Face and Other Tales of the White Mountains (1889)
    The Celestial Railroad and Other Short Stories
    A Wonder-Book for Young and Old (1851)
    Twenty Days with Julian & Little Bunny (1851)
    "Roger Malvin's Burial" (1832)
    "My Kinsman, Major Molineux" (1832)
    "Young Goodman Brown" (1835)
    "The Gray Champion" (1835)
    "The White Old Maid" (1835)
    "Wakefield" (1835)
    "The Ambitious Guest" (1835)
    "The Minister's Black Veil" (1836)
    "The Man of Adamant" (1837)
    "The Maypole of Merry Mount" (1837)
    "The Great Carbuncle" (1837)
    "Dr. Heidegger's Experiment" (1837)
    "A Virtuoso's Collection" (May 1842)
    "The Birth-Mark" (March 1843)
    "Egotism; or, The Bosom-Serpent" (1843)
    "The Artist of the Beautiful" (1846)
    "Rappaccini's Daughter" (1844)
    "P.'s Correspondence" (1845)
    "Ethan Brand" (1850)
    "The Great Stone Face" (1850)
    "Feathertop" (1852)


    Fontes:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Ótimo Ótimo x 4

Compartilhar