1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Notícias Nada de sutiã! Top usado por craques é, na verdade, tecnologia "anti-migué"

Tópico em 'Esportes' iniciado por Fúria da cidade, 1 Abr 2016.

  1. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

    A derrota do Palmeiras para o Água Santa no fim de semana não chamou atenção da torcida apenas pela má fase técnica do clube paulista. Para os "antis", o 4 a 1 para a equipe de Diadema foi tão motivo de piada como os tops com os quais os jogadores foram fotografados após o jogo e vem sendo utilizados não só por eles, mas como com outras equipes. A internet não perdoou.
    TEVE ANALISTA PREVENDO QUE FOI UMA ESTRATÉGIA OUSADA

    Reprodução
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Já que na bola não estava rolando
    E ATÉ QUEM ESTIVESSE REALMENTE INTRIGADO COM A MODA

    Reprodução
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Realmente, é uma boa pergunta
    O top - ou o sutiã, como foi apelidado nas redes sociais - é, na verdade, um acessório usado para monitoramento do desempenho dos atletas em campo. E não é uma novidade nos gramados do mundo. O atacante do Paris Saint-Germain Zlatan Ibrahimovic já utiliza a tecnologia há pelo menos três anos. No Brasil, clubes como Atlético-MG e Internacional também são adeptos dela há algum tempo.

    O que causou o estranhamento, no caso dos atletas do Palmeiras, foi a cor do top, branca, que se assemelha a um sutiã. Normalmente, os jogadores usam a peça na cor preta, mais discreta. Provavelmente por uma rivalidade com o Corinthians, a cor não é usada pelo clube alviverde.

    Muito além da piada, o top tem uma finalidade muito útil: melhorar o desempenho dos atletas do clube por meio da análise de dados coletados pelo instrumento.

    O UOL Esporte buscou um dos maiores especialistas da área para falar do assunto. O argentino Diego Giacchino é preparador físico especialista em controle de rendimento. Há 5 anos, ele foi apresentado à tecnologia quando entrou em contato com colegas do PSG.

    Giacchino trabalhava no italiano Palermo e já estudava os benefícios do GPS com sistemas mais conhecidos de análise de desempenho, como o Match Analisys.

    "Ele já permitia a quantificação de alguns dados físicos", explica. "Mas pude aprofundar um pouco mais sobre o tema. Hoje, por sorte, é um método que a Fifa já aprovou e que nos dá a possibilidade de usar os dados coletados nas partidas e durante a semana nos treinamentos para quantificar volume e intensidade de jogo do atleta".

    O argentino é um dos nomes da GPSports, pioneira no desenvolvimento da tecnologia por trás do sutiã. Na verdade, o segredo dele não está na "forma" do top, mas no dispositivo de unidade GPS que está acoplado a ele. Ele mede 4 por 5 centímetros e fica posicionado entre as duas omoplatas, os ossos das costas, "para evitar que o atleta se machuque com algum choque", explica Giacchino.

    Em alguns casos, o mesmo top também contém um dispositivo para medir frequência cardíaca, que é coordenada com os dados do GPS.

    Martin Rose/Getty Images
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Ibra com o modelo em 2013

    Atualmente há várias marcas que desenvolveram a análise de desempenho a partir de dispositivos de GPS. No caso da utilizada pelo Palmeiras, o dispositivo ainda conta um "acelerômetro", que mede o potencial de arranque dos atletas.

    "Temos, desse modo, a possibilidade de medir não só as distâncias percorridas, mas a aceleração e desaceleração dos atletas e a quantidade e o tipo de impacto que eles sofrem", explica. Tudo isso em tempo real.

    Assim, na prática, a tecnologia também pode denunciar os atletas que fazem "corpo mole" em campo.
    Com os resultados em mãos, o estafe técnico, juntamente com a equipe de fisiologia, pode desenvolver um trabalho físico adequado aos resultados de cada jogador, poupando ou aumentando carga e intensidade nos treinos.

    "Hoje, os clubes trabalham com treinamento integrado. Os dados físicos coletados pelos equipamentos são utilizados para melhorar os trabalhos técnicos e táticos", observa Giacchino, que hoje também atua como preparador físico na seleção do Irã. Ele não cita nomes, mas diz que acompanhou casos de jogadores que melhoraram o desempenho em campo após uma análise detalhada dos dados do aparelho.

    Giacchino não conhece profundamente o trabalho com análise de desempenho via GPS feito no Brasil. Mas, em geral, não vê o país defasado na tecnologia do esporte. "O Brasil desenvolve muitos equipamentos de aplicação para treinamentos, muito bons", avalia. E diz que a adoção ou não de tecnologias internacionais pode ainda a ver com custo para a implantação.

    Reprodução
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Internauta faz piada com top

    Para um plantel com 30 jogadores, o clube tem que desembolsar no mínimo 55 mil dólares, além das taxas de importação.

    Apesar das brincadeiras, Giacchino conta que os jogadores não demonstram desconforto em usar o acessório, ainda que ele possa se assemelhar a uma peça feminina. "Já o veem como algo normal", afirma ele. "E hoje todas as marcas de material esportivo, como Adidas e Nike, por exemplo, já fazem uma regata para colocar o aparelho".

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    E aí? O que acham? :lol:
     
  2. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    7x1 foi pouco
     
    • LOL LOL x 2

Compartilhar