1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Na Colônia Penal (Ricard e Maël, baseado na obra de Franz Kafka)

Tópico em 'Quadrinhos' iniciado por Meia Palavra, 28 Mai 2011.

  1. Meia Palavra

    Meia Palavra Usuário

    Quando vi a graphic novel de Na Colônia Penal tratei logo de ler o livro em que ela se baseou. Manter contato com a adaptação quadrinhesca logo depois de ler a obra original é muito bom porque você consegue perceber com mais clareza que tipo de mudanças e permanências foram feitas e pode comparar tuas imagens mentais com as dos quadrinhos.

    Com adaptação de Sylvain Ricard e arte de Maël, a adaptação francesa de Na Colônia Penal consegue preservar o tom mórbido e sombrio da perturbadora obra de Kafka. Os quadrinhos são uma boa oportunidade de compreender melhor o funcionamento do aparelho macabro que é o protagonista da obra de 1914. Não que a descrição pormenorizada de Kafka não dê conta de fazer isso, mas o recurso artístico da gravura é sempre uma forma diferencial de travar conhecimento com aspectos diversos da obra.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. imported_Wilson

    imported_Wilson Please understand...

    Eu não entendi porque eles deixaram de fora a última cena (eu só folheei a hq). No conto de Kafka, o explorador ameaça agredir o condenado e o guarda para que eles não pulem no seu barco. Na hq, o explorador simplesmente vai embora da ilha, com uma feição de indiferença.
     

Compartilhar