1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Mulher passa dois meses e meio inclinada para evitar perder bebê

Tópico em 'Planeta Bizarro? Estranhices? Bizonhices?' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 22 Dez 2011.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    [h=2]Britânica tinha gestação de risco por problema no útero.
    Sacrifício deu resultado e bebê nasceu saudável.[/h]

    Uma mulher britânica de 29 anos passou dois meses e meio em uma cama inclinada para diminuir os riscos de perder o bebê que estava esperando. Donna Kelly havia passado por dois abortos naturais, após o nascimento de seu primeiro filho, quando os médicos avisaram que sua quarta gestação também estava sob risco.

    Segundo reportagem do jornal Daily Mail, um problema no útero de Kelly fazia com que o bebê ficasse muito "para baixo". A cama inclinada foi a saída para que a gravidade ajudasse a evitar o parto antes da hora.

    Ela ficou na cama o tempo todo, saindo apenas para usar o banheiro.

    Sua filha, Amelia, nasceu saudável.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Donna Kelly aguarda nascimento da filha (Foto: Reprodução/Daily Mail)​

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     

Compartilhar