1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Mulher de 70 anos é processada por baixar pornografia

Tópico em 'Planeta Bizarro? Estranhices? Bizonhices?' iniciado por BeorZenni, 18 Jul 2011.

  1. BeorZenni

    BeorZenni Usuário

    Jane, uma senhora na casa dos seus 70 anos de idade, viúva e aposentada, passa os seus dias fazendo trabalhos voluntários em San Francisco, Califórnia, além de conviver com seus agitados netos. E também faz downloads ilegais de conteúdos pornográficos no BitTorrent.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    Bom, essa afirmação foi feita pela Steele Hansmeir PLLC, uma firma de advocacia especializada em processos de crimes digitais e violação de direitos autorais, que abriu um processo contra ela e outros diversos usuários da sua região. Basicamente, Jane (que é um nome fictício da idosa, que não quis se identificar) é enquadrada como uma “pirata digital”, e recebe todos os procedimentos habituais para que a ação seja resolvida fora dos tribunais, em troca de alguns milhares de dólares.

    Os usuários enquadrados pelos advogados enviam cartas para os réus, lembrando aos mesmos que o montante proposto para a resolução do problema é bem inferior ao valor que provavelmente eles vão gastar com honorários advocatícios, e que com o acordo, eles evitam um dano maior, que é uma associação direta dos seus nomes à pornografia, manchando assim as suas imagens de bons cidadãos.


    A firma de advocacia registrou o processo na Corte Distrital de San Francisco, representando a produtora de filmes adultos Hard Drive Productions. O escritório já registrou processos contra mais de 10 mil réus que, segundo eles, violaram os direitos autorais da produtora, baixando o seu conteúdo de forma ilegal.


    A senhora Jane se defende. Ela diz que nunca fez downloads de filmes pornôs na sua vida, e que nem sabe o que é um BitTorrent. Ela diz que não pode pagar um advogado, mas suspeita das intensões “justiceiras” da Steele Hansmeir PLLC. Palavras da própria Jane em entrevista para o site SFGate.com: “isso cheira à extorsão.”

    Muitos (e talvez a maioria) dos acusados por essas firmas nos Estados Unidos provavelmente fizeram o download dos arquivos, e outras firmas de advocacia usam de estratégia semelhante para tentar coibir a prática de downloads ilegais. Mas é fácil detectar em qual situação a pessoa acusada não fez isso. Como no caso da dona Jane, que não soube responder se o seu serviço de internet sem fio era protegido por senha, mas acredita que vários de seus vizinhos eram jovens do sexo masculino.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Eriadan

    Eriadan Usuário Usuário Premium

    Esses netinhos...
     
  3. Éomer

    Éomer Well-Known Member

    Deixa a velhinha baixar putaria à vontade, coitada. :rofl: Deve ter sido criada com uma educação super repressora...
     
    Última edição: 18 Jul 2011
  4. annon

    annon Usuário

    lol kkkkkkkkk
     
  5. Lyvio

    Lyvio Usuário

    Sem contar as lembranças e a saudade dos tempos que brincava de cavalinho com os ex-namorados e o marido...Tadinha da senhora ela está apenas carente e sentindo falta. É necessidade fisiológica.
     
    • LOL LOL x 1
  6. Thailendil

    Thailendil Usuário

    essas tentativas de combate a pirataria digital esta cada vez mais parecendo um carnaval...
     
  7. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Qual o problema?, deixa a véia se divertir.
     

Compartilhar