1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Morte de jornalista durante a ditadura será investigada por comissão

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por ricardo campos, 30 Mar 2012.

  1. ricardo campos

    ricardo campos Debochado!

    Comissão Interamericana anunciou que vai investigar a postura do governo brasileiro em relação à morte de Vladimir Herzog, em 1965. Militares da época informaram que Herzog tinha se matado.


    A Comissão Interamericana de Direitos Humanos anunciou que vai investigar a postura do governo brasileiro em relação ao assassinato do jornalista Vladimir Herzog, em 1965, ainda sob o período da ditadura militar. Apesar das evidências de que o jornalista tenha sido submetido a tortura até a morte nas dependências da polícia política, em São Paulo, as autoridades militares da época informaram que Herzog tinha se matado.E apresentaram uma foto para sustentar a versão de suicídio. Na imagem, o corpo do jornalista na cela, com as pernas dobradas, como se tivesse se enforcado com um cinto.

    E outro detalhe: a altura em que ele estava amarrado à janela era menor do que a estatura dele.A morte do jornalista Vladimir Herzog foi um dos fatos mais marcantes da ditadura e provocou vários protestos.Foi um dos motivos que acabaram levando o então presidente General Ernesto Geisel a afastar o comandante do segundo exército, Ednardo Dávila.


    Fonte:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Mavericco

    Mavericco I am fire and air. Usuário Premium

    Em bom tempo:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    E
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    .

    E pensar que existe gente que comemora a ditadura como um feito heróico pro nosso país... Isso é nojento, é nefasto. Mas, como muito bem lembrou uma das pessoas nos comentários, citando Shakespeare, Não há noite tão longa que não encontre o dia. Eu espero que essa raça de gente pague pelo que fez e pague pelo que ceifou.

    E sabem o que é mais triste nisso tudo? É ver que a nossa sociedade ainda aceita alguns pensamentos da época, como em:

     
  3. ricardo campos

    ricardo campos Debochado!

    A lei da Anistia vai ter que ser revista de uma forma ou de outra, pois o país é signatário de organizações internacionais. OEA- Organização dos Estados Americanos que já pediu a punição de crimes de tortura e morte na região do Araguaia durante a ditadura militar/civil. Teve um depoimento de um oficial do exército que em pleno congresso afirmou que matou um cidadão sem a menor constrangimento. O caso da morte por suicídio do jornalista Herzog é uma afronta a inteligencia de qualquer um.Acredito em punições somente via internacional. A Comissão da Verdade criada recentemente vai ter trabalho em levantar documentos relativos ao período, pois alguns setores da sociedade estão temerosos em abrir os arquivos da época.Revelar o que houve é o mínimo a ser feito.

    * Recomendo a leitura do livro "BATISMO DE SANGUE- Frei Beto Editora Rocco."
     

Compartilhar