1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Morrissey

Tópico em 'Música' iniciado por Phantom Lord, 1 Jan 2009.

  1. Phantom Lord

    Phantom Lord London Calling

    E aí,mais alguém gosta do trabalho solo do
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ,o ex-vocalista do lendário
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ?


    Só estou criando este tópico para divulgar que ele lança álbum novo em 2009,cujo título é Years of Refusal ,com lançamento previsto para 16 de Fevereiro.



    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Track List:

    1 Something Is Squeezing My Skull
    2 Mama Lay Softly on the Riverbed
    3 Black Cloud
    4 I'm Throwing My Arms Around Paris
    5 All You Need Is Me
    6 When Last I Spoke to Carol
    7 That's How People Grow Up
    8 One Day Goodbye Will Be Farewell
    9 It's Not Your Birthday Anymore
    10 You Were Good in Your Time
    11 Sorry Doesn't Help
    12 I'm OK by Myself
     
  2. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Tem mais alguma informação sobre esse álbum. Não via falando dele em lugar nenhum e achei até estranho.
     
  3. Anica

    Anica Usuário

    Adoro Morrissey, acho que é o que mais gosto de ouvir depois de Beatles e dos Smiths (ehehe). Fico feliz que ele ainda esteja criando coisas novas (e boas, se levar em conta que o You are the Quarry tem músicas fantásticas como "Let Me Kiss You" e "Irish Blood, English Heart").
     
  4. .Penny Lane.

    .Penny Lane. Usuário

    Eu não tenho muita paciência pra baixar músicas, então tem MUITAS bandas e artistas que eu não conheço, mas gosto de procurar e passo a conhecer o básico de várias... eu gosto muito do que ouvi dos Smiths, embora conheça muito menos do que gostaria(isso mudará em breve hehe) e não conheço nada da carreira solo dele, infelizmente... recomendem alguma coisa aí!
     
  5. Phantom Lord

    Phantom Lord London Calling

    Breno mais informações
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    e
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    .

    Este é sem dúvidas um dos lançamentos que aguardo com mais atenção em 2009,já que ele vem numa crescente em sua carreira com os excelentes You Are The Quarry e Ringleader Of The Tormentors.
     
  6. Anica

    Anica Usuário

    Trillian, Moz solo tem pelo menos umas cinco músicas que são imperdíveis (para tomar gosto hehe):

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    (essas duas são tão, mas tão boas que geral costuma achar que é dos tempos do Smiths ainda)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  7. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Valeu!
    Só o fato de que eu quase torço o cérebro para entender inglês é que não ajudou muito, mas deu para ler.
     
  8. .Penny Lane.

    .Penny Lane. Usuário

    Valeu, Anica! As duas primeiras são bem legais mesmo, as outras tô esperando carregarem :B
     
  9. Anica

    Anica Usuário

    Prestes a lançar seu novo disco, Morrissey disponibilizou online, nesta segunda-feira (5), o primeiro single do álbum "Years Of Refusal". A música "I'm Throwing My Arms Around Paris" pode ser ouvida no MySpace do cantor (www.myspace.com/morrissey).

    Em seu blog oficial, Morrissey disse que a faixa é um "hino cosmopolita à arquitetura". Co-escrita por ele e pelo guitarrista Boz Boorer, o ex-vocalista do Smiths canta que "ninguém quer o meu amor, ninguém precisa do meu amor".

    O single será lançado oficialmente no dia 9 de fevereiro, mas rádios britânicas já incluíram "I'm Throwing My Arms Around Paris" na programação.

    "Years Of Refusal", que já circula na Internet, é o nono disco solo de Morrissey. No CD há participações de Chrissie Hynde, do Pretenders, e do guitarrista Jeff Beck.

    O álbum tem 12 músicas inéditas e chegará às lojas dos Estados Unidos no dia 17 de fevereiro. No Reino Unido, o CD chega dia 23 do mesmo mês.

    Fonte:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  10. Phantom Lord

    Phantom Lord London Calling

    Após várias audições do Years of Refusal,só digo uma coisa : Discaço,2009 não poderia começar melhor.

    Álbum bastante intenso,onde guitarras e baterias estão bem nervosas, algumas faixas remetem a sonoridade de um dos melhores trabalhos de Moz,Your Arsenal(1992) .

    No mais é o Morrissey de sempre,com suas ilusões perdidas,desesperança,ironia e como de habitual,primoroso e certeiro nas letras.Afinal,quem mais poderia escrever que, na “ausência do seu amor, eu decidi abraçar Paris, porque as pedras e o aço da cidade aceitam o meu amor”(em “I’m Throwing My Arms Around Paris”).

    As minhas prediletas estão sendo:"You Were Good In Your Time",“I’m Throwing My Arms Around Paris”,"When Last I Spoke To Carol" e "Something Is Squeezing My Skull".

    Mas não é páreo para o Ringleader of the Tormentors de 2007,que ainda considero seu melhor trabalho(afinal
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ,
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    e
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    são fodas)
     
  11. imported_Nanda

    imported_Nanda Usuário

    O álbum dele está simplesmente fantástico, é ele em todas a músicas. Sinceramente antes de ouvir deu um medinho de que fosse algo completamente diferente, mais modernizado, mas ele se manteve "ele", não saberia como explicar de outra forma. MUITO bom!
     
  12. Anica

    Anica Usuário

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    :


    NÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! :taco:

    edit:

    aproveitando, o clip novo do I'm Throwing my arms around Paris -> http://vids.myspace.com/index.cfm?fuseaction=vids.individual&videoid=50202259
     
  13. imported_Nanda

    imported_Nanda Usuário

    Se ele parar eu o mato!!!!! ¬¬
    Vou torcer pra dimensão de tempo dele ser bem diferente da minha.
     
  14. Misuzuu

    Misuzuu Usuário

    Adoro Morrissey!!!!

    Li recentemente (não lembro onde) que ele tem planos de escrever uma autobiografia.

    (Que sonho, uma autobiografia do Moz! *__*)
     
  15. Anica

    Anica Usuário

    Morrissey aparece nu em foto e lança seu melhor disco desde 1994
    [size=x-small]BRUNO YUTAKA SAITO[/size]

    Morrissey peladão? Nem em pesadelo os fãs do cantor inglês, célebre nos anos 80 pela imagem de assexuado e tímido, poderiam imaginar que ele apareceria assim, só com um disquinho a lhe cobrir as partes íntimas, no encarte de seu mais recente single, "I'm Throwing My Arms Around Paris".

    Estaria Morrissey, 50 anos em 22 de maio, ficando gagá? A julgar pelo novo álbum, "Years of Refusal" (Anos de recusa), talvez as expressões mais corretas sejam "perdendo a vergonha" ou "redescobrindo a inconsequência juvenil". Com rocks vigorosos, este é seu melhor disco desde "Vauxhall and I" (94), e seu mais pesado desde "Your Arsenal" (92).

    A foto pode parecer irônica ou de mau gosto, mas o fato é que Morrissey apenas está realizando no plano físico aquilo que faz desde os tempos do The Smiths. Ou seja, como se fosse uma versão chique, cool e refinada do brega Wando, ele se desnuda ao falar de amor e sentimentos escancaradamente.

    Nas letras de "Years of Refusal", Morrissey está vulnerável. Depois do bom, mas tedioso "Ringleader of the Tormentors" (06), em que finalmente mostrava ser feito de carne e osso e celebrava o ato sexual, o novo trabalho traz um letrista de volta à depressão, abordando temas como a solidão, a velhice e a morte. Ainda que a temática possa soar como um regresso ao passado, na realidade é isso que seus fãs esperam: a melhor música chata, lamuriante, do planeta.

    Revisão

    Morrissey vive um momento de revisão da vida. Desmentiu os boatos sobre a volta do Smiths, disse que pretende escrever uma autobiografia para corrigir dados supostamente incorretos sobre sua vida divulgados pela mídia e já ameaça se aposentar, para terminar a carreira com "dignidade". O disco se inscreve nesse contexto.

    Na balada "You Were Good in Your Time" (Você foi bom na sua época), há uma cruel autorreferência, que não nega o tempo que passa. O verso "Você me fez sentir menos solitário" pode ser interpretado como elogio feito por um antigo fã do Smiths. "It's Not Your Birthday Anymore" é daquelas que dão nó na garganta: "Não é mais seu aniversário/ não há mais a necessidade de ser bom com você/.../Todos os presentes que te deram/ não se comparam com o amor que/ estou te dando aqui/ agora no chão".

    A novidade, desta vez, é que a sonoridade tem vida própria, independentemente das letras.

    "When Last I Spoke to Carol" e "One Day Goodbye Will Be Farewell", por exemplo, trazem um inusitado acento mariachi, com trompetes e violão flamenco --talvez reflexo do fato de que o cantor tem um enorme fã-clube no México.

    Em faixas como "Black Cloud", "All You Need Is Me" e "I'm Throwing My Arms Around Paris" é fácil perceber a mão do produtor Jerry Finn, célebre por moldar a sonoridade punk pop de bandas como Blink 182 ou Green Day, e que já trabalhara com o cantor em "You Are the Quarry" (04).

    A música de abertura, "Something Is Squeezing My Skull", fornece a chave de entendimento do álbum e da carreira de Morrissey. Ao cantar sobre drogas lícitas e "Não há amor na vida moderna/ Estou indo muito bem/ É até um milagre que eu tenha chegado tão longe", ele tenta reposicionar seu romantismo trágico dos anos 80 no contexto atual. E com humor e ceticismo, já que não há espaço para ingenuidade na música pop de hoje.

    "Years of Refusal"
    Artista: Morrissey
    Gravadora: Decca/Polydor
    Quanto: R$ 45, em média

    Saiu na
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  16. Pips

    Pips Old School.

    Morrissey é vinho, quanto mais velho melhor. Também sou da mesma opinião que Ringleader é o melhor trabalho dele. "You Have Killed Me" foi a minha música favorita naquele ano.
     
  17. Anica

    Anica Usuário

    Ontem ele completou 50 anos e o G1 deixou na página o dia inteiro um link para um video de 1986, do lançamento do primeiro disco dos smiths aqui no Brasil. Uma pena que já tiraram do ar, era bem legal. Tem essa matéria aqui tb ->
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  18. Pips

    Pips Old School.

    Eu dei parabéns via twitter (não que ele tenha ou leia), mas foi triste também devido a morte do Zé Rodrix.

    Hoje vou ouvir um pouquinho de Morrissey, let me kiss youuu oWoW
     
  19. imported_Nanda

    imported_Nanda Usuário

    Me dá um aperto cada vez que vejo caras como ele ficando velho. Significa que a gente tá ficando logo atrás :P
    Mas concordo com o Pips, ele é homem vinho total, não consegui tirar o album novo dele do celular ainda.
     
  20. imported_Rafaela

    imported_Rafaela Usuário

    Eu gosto dele mas preferia The Smith.
     

Compartilhar