• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Notícias Morre o crítico de cinema Rubens Ewald Filho, aos 74 anos

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Usuário Premium

Rubens Ewald Filho: com 37 mil filmes assistidos, era dono de uma memória cinematográfica infalível | Reprodução Instagram


(Por Bruno Meyer)

Morreu na tarde desta quarta-feira (19) o jornalista e crítico de cinema Rubens Ewald Filho, aos 74 anos. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do Hospital Samaritano em Higienópolis, em São Paulo, onde estava internado em estado grave desde o dia 23 de maio. Ele deu entrada após sofrer um desmaio seguido de uma queda de escada rolante. Ewald passou por tratamento cardiológico e das fraturas decorrentes da queda.

Nascido em Santos, Rubens Ewald Filho era um dos maiores especialistas em cinema do Brasil. Dizia ter assistido a mais de 37 mil filmes, o que fez ser dono de uma memória cinematográfica infalível. Fez trabalhos como roteirista de novelas como "Gina", "Éramos Seis", "Drácula, Uma História de Amor" e "Iaiá Garcia", entre outras. Também, como ator, fez participações em filmes como "Independência ou Morte" e "Amor Estranho Amor". Foi diretor de programação e produção da HBO no Brasil e apresentador de programas em emissoras como TV Cultura, Record, Band e no canal pago TNT.

Tornou-se nacionalmente conhecido por comentar as cerimônias do Oscar, desde 1983 — primeiro na Globo, depois no SBT. Nos últimos anos, o crítico era presença obrigatória anual na TNT, onde tinha um contrato até 2020. Seus comentários ácidos, analíticos e densos sobre os atores e produções são a marca de seu trabalho. Em 2019, a TNT decidiu renovar o time de apresentadores e dispensou Ewald. Na cobertura deste ano, ele apareceu apenas em pequenos programas gravados e com comentários no Twitter.

Em uma entrevista em 2011, resumiu assim seu amor ao ofício e aos filmes: "Eu carrego uma bandeira de amor ao cinema e sou um entusiasmado. O cinema sempre foi um grande companheiro, que nunca me abandonou. Ele nos ajuda a viver e a sonhar".

https://amauryjr.blog.bol.uol.com.b...ico-de-cinema-rubens-ewald-filho-aos-74-anos/

---------------------------------------------------------------------------------------------

Se tem alguns nomes de comentaristas que pra mim foram históricos e marcantes desde a infância foi acompanhar Rubens E. Filho quando o assunto é Cinema, Álvaro José (Jogos Olímpicos) e Reginaldo Leme (Fórmula 1).
 

Valinor 2020

Total arrecadado
R$1.470,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo