1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Moria e os orcs

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Tuor, 24 Out 2008.

  1. Tuor

    Tuor Usuário

    É, não encontrei nenhum tópico semelhante a este, e não sei qual o nível da minha pergunta.

    Bem, vez ou outra me confundo na cronologia dos acontecimentos em Moria, ou seja, período de entra-e-sai dos Anões. Aparentemente minhas dúvidas estão sanadas, exceto algumas que, talvez, nem tenham resposta, mas enfim.

    Eu li no
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , sobre Balin, que seu pai morreu em 2799 na Batalha de Azanulbizar. Depois ele vai com Thrain e Thorin para Ered Luin, as Montanhas Azuis.

    Mais à frente, lê-se que, em 2989, Balin decide levar uma expedição a Moria, como se sentisse um desejo de retomar o que era dos Anões por direito. Lá, juntamente com seus companheiros, mataram muitos orcs (entendo como uma porção deles, não uma população monstruosa), antes de permanecerem ali.

    Depois de 5 anos explorando a fundo o local e encontrando mithril, Balin está observando o Kheled-zaram quando é morto por um orc, e a luta entre orcs e anões meio que recomeça, tanto é que Gandalf lê no livro da Câmara de Mazarbul alguns desses relatos dos últimos dias encurralados deles.

    Nos Apêndices é dito que os Anões sentiram o gosto de uma vingança amarga depois da Batalha de Azanulbizar e por isso preferiram deixar Moria como estava, até porque tinha a Ruína de Durin ali (a.k.a. Balrog) e pode ser até que se questione a demora de centenas de anos para sentirem vontade de voltar, mas uma pergunta, no caso, a minha dúvida, fica: o que os orcs fizeram nesses anos todos e não retomaram Moria por completo como era na época de Azog, só fazendo-o quando Balin tentava voltar a viver com seus companheiros?

    Poder-se-ia dizer que os orcs temeriam o Balrog, mas não creio, pois mesmo que temessem, quando os Anões fugiram pela primeira vez, foi justamente no momento do despertamento do Balrog, quando, com o tempo, os orcs povoaram as Minas.
     
  2. Excluído038

    Excluído038 Excluído a pedido

    Antes de dar meu posicionament, tu quis dizer que o despertar do Balrog facilitou a vida dos orcs?
     
  3. Tuor

    Tuor Usuário

    Não. Eu quero saber por que os orcs começaram a reaparecer em Moria quando Balin estava lá, quando poderiam ter infestado o local depois de algum tempo de Batalha de Azanulbizar. Entre a dita batalha e Balin ir para lá, se passou centenas de anos.
     
  4. Excluído038

    Excluído038 Excluído a pedido

    Talvez porque não dessem muita bola para o lugar até perceberem o retorno de Sauron e o quão estrategico era o lugar? Até porque, notando bem, quem começou a povoar Moria com criaturas foi Sauron, em 2480 (ta no conto nos anos isso), quem se preocuva com Moria era ele, não os orcs, e nessa época que tu citou Sauron começava a se expandir, provavelmente a culpa da ocupação era dele, não dos orcs por si só.
     
  5. Guga_theOld

    Guga_theOld Excluído a pedido

    Acontece que, com o reaparecimento do Balrog - causado pelos próprios anões - os anões tentaram vencê-lo, porém, eles não conseguiram, então fugiram de lá e foram abrigar-se em Erebor. Khazad-dûm ficou deserta, e os elfos aí a renomearam Moria. Os Orcs das Montanhas Nebulosas se alojaram lá, provavelmente por ordens de Sauron.

    Não se sabe o verdadeiro motivo do alojamento dos orcs em Moria.

    Espero ter ajudado =]
     
  6. Gerbur Forja-Quente

    Gerbur Forja-Quente Defensor do Povo de Durin

    Tuor, não sei se entendi o seu questionamento, mas para mim, os orcs nunca deixaram Moria depois do Balrog "despertar". Quando Balin chegou com outros anões em Moria, ele foi para lá com o objetivo de reconquistar o reino e Moria ainda estava cheia de orcs (desde o tempo do Balrog). Balin e seu exército abriram caminho no meio dos orcs e conseguiram viver cinco anos no reino de seus antepassados, mas foram anos de guerra, eles não encontraram o lugar abandonado e não ficaram cinco anos sozinhos. Imagino que quando Balin foi morto a situação já estava feia para os anões, o cerco estava fechando e os anões haviam parado de avançar e estavam retrocedendo nas posições que haviam alcançado. É interessante que o Senhor Balin foi morto fora do reino, às margens do lago-espelho, o que sugere que apesar dos anões terem retomado a Câmara de Mazarbul e outros salões, estavam longe que conquistar Moria por completo, pois ainda havia muitos corredores para eles tomarem lá dentro.

    Não podemos nos esuqecer também que Moria é extremamente colossal, são sete pavimentos e abaixo deles, três "profundidades" (não me lembro se esse é o nome exato), esse antigo reino dos anões possuía sua masmorra mais subterrânea à três lances (andares) embaixo da terra e a Escada Interminável levava ao topo da montanha central de Moria onde estava a Torre de Durin, onde Gandalf matou o Balrog e morreu. Moria também é composta por três grandes montanhas e não apenas uma como Erebor. O lugar é estupidamente gigante, não teria mesmo como ter orcs em todos os Salões, seria preciso muito, mas muito tempo mesmo para repovoar Moria por completo. Penso que é completamente plausível Balin conseguir se estabelecer por cinco anos lá até os orcs conseguirem expulsarem os anões por completo, ainda mais depois da Grande Guerra entre Anões e Orcs, que foi a guerra em que o pai de Balin morreu e os anões limparam os orcs de seus muitos esconderijos nas montanhas sombrias deixando praticamente apenas os que estavam quase enterrados em Moria. Como os anões ganharam essa guerra, o caminho estava mais limpo para Balin e ele não precisava de uma aliança com muitos reinos anões para tentar uma reinvestida, tanto que resistiu por cinco anos lá, e na minha concepção, foram anos de guerra, não foram anos de calmaria.

    Como eu disse Tuor, não sei se entendi bem o que você disse e portanto, não sei se consegui te esclarecer alguma coisa ou se fiquei apenas "chovendo no molhado", de qualquer maneira está aí minha contribuição ;)
     

Compartilhar