• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Morgoth, o Estuprador!

Éomer

Usuário
Que Morgoth sempre foi um ser do mal, corruptor de toda a beleza e inimigo dos filhos de Eru todo mundo sabe. Mas que ele também era um tarado estuprador eu descobri depois que li melhor o Silmarillion e um texto de Tolkien publicado aqui na Valinor. No Silma fica claro que Morgoth tencionava violentar Luthien Tinuviel e só não realizou o seu intento por que acabou caindo sob um encantamento. Está lá:

"Ela (Luthien) não se intimidou com os olhos de Morgoth. Disse seu nome e se ofereceu para cantar diante dele, como se fosse um menestrel. Morgoth então, contemplando sua beleza, concebeu em pensamento um desejo maligno e um plano mais sinistro que já passara por seu coração desde sua fuga de Valinor".
Bom, pelo que está escrito é fácil imaginar o que Morgoth queria fazer com Luthien.

Mas entre as várias maldades cometidas por Melkor e várias mazelas trazidas ao mundo também há um estupro consumado, conforme podemos ver nesse texto publicado na Valinor e que faz parte da Seção Mitos Transformados dos HOME X. Nessa versão da criação do mundo o Sol teria sido criado muito antes, sendo sua existência contemporânea a da Terra, sendo desde o começo o centro do sistema solar.

Mas Voltando a Morgoth, nesse texto é dito o que o Sol foi feito para ser o centro de Arda, tendo sido dotado por Varda com uma luz nova, proveniente de Eru e que não havia sido maculada por Melkor já que veio a Eä depois da criação do mundo. E para conduzir o sol foi chamado o mais brilhante e poderoso espírito de todos os que haviam entrado em Eä com Varda, Ar(i), mas tarde chamado de Arie e finalmente Arien. Varda deixou com ela uma porção do presente de Iluvatar para que o Sol pudesse ser permanente e abençoar e dar bênçãos. Mas Morgoth percebendo o brilho dessa luz e a desejando mais do que tudo foi até As (nome inicial do sol) e:

falou a Arië, dizendo: "Eu te escolhi, e deverás ser minha esposa, assim como Varda é para Manwë, e juntos iremos empunhar todo o poder e comando. Então o reino de Arda será meu de fato como de direito, e serás a parceira em minha glória".
Mas Árië rejeitou Melkor e o refutou, dizendo: "Não fales de direito, coisa que há muito esquecestes. Nem para ti nem apenas por ti Eä foi feita; e não será Rei de Arda. Cuidado, portanto; pois há no coração de As uma luz na qual não tens parte, e um fogo que não te servirás. Não ponhas tua mão nele. Pois embora teu poder possa destruí-lo, ele irá te queimar e teu brilho será transformado em escuridão".
Melkor não deu ouvidos ao alerta dela, e falou em sua fúria: "O presente que é negado eu tomo!" e ele violentou Árië, desejando tanto humilhá-la quanto tomar para si os poderes dela. Então o espírito de Árië se elevou como uma chama de tormento e fúria, e partiu para sempre de Arda, e o Sol foi destituído da Luz de Varda, e foi manchado pelo ataque de Melkor.”

Mais um lado da personalidade podre e pervertida de Morgoth que vem a tona graças a genialidade do mestre e aos bons textos publicados na Valinor!!!
 
Última edição:

Neoghoster Akira

Brandebuque
Essa é uma das razões das quais eu acho que seria possível aparecer um herdeiro do escuro. Morgoth era capaz de deixar um filho seu nascer apenas para ver o "orgulho quebrado" no rosto de quem ele cobiçava. Apenas para ver a tristeza ou o desespero na mais bela de todas. Em um espírito como de Lúthien seria uma queda tão terrível como a do próprio Feanor em Aman ou a morte das árvores. É um plano tão sinistro que penso ter sido apenas Eru (ao traçar o destino) que se interpôs contra algo tão aterrorizante.
 

Mairon

Alquimista Andarilho
Bom para mim quando li o trecho de Luthien ja tinha ficado claro o que Melkor pretendia mais mostrando que ele realmenmte tinha um gosto especial por estupros talvez isso explique a reprodução dos orcs e o fim que tiveram as donzelas de Nargothrond capturadas...
 
Eu já tinha percebido isso, não me refiro a nomeá-lo de estrupador, mas em estrupa Luthien, no momento, que coisa pior Morgoth poderia fazer? Pela beleza de Luthien, Morgoth deve ter imaginado que ela era de certa forma especial, um ser perfeito para que ele pudesse colocar um herdeiro, isso é o pior de todas as ações de Melkor.

Que ser surgiria dela? Luthien foi filha de um elfo com uma Maia, como seria um filho de uma elfa com um Vala? E pior, o que aconteceria se essa nova raça se multiplicasse, sem falar que seria uma raça dos primogênitos e não dos sucessores, uma raça totalmente maligna (se isso fosse possível) de imortais.

Claro que para Morgoth conseguir tal proeza teria que mater Luthien aprisionada e com muita vigilância, Luthien não deixaria essa criança viver, esse é o problema, os elfos tem um "poder" de deixa seu corpo e irem para Mandos (em caso de profunda tristeza), assim como foi a mãe de Fëanor (Míriel), e esse tal poder foi de certa forma passada aos numenorianos que partiam assim que desejasem. O difícil era manter Luthien viva, se ele conseguisse faze isso acho que só Eru pra da uma pausa ou os Valar, mas os Valar nunca fazem os serviço completo...

Sobre a questão do Morgoth gosta de estrupo acho improvável, a característica de um estrupador pode parecer em certas partes com a de Melkor, mas não completamente, Morgoth não desejava prazer momentâneo mas em um "prazer futurístico" que não tem nada a ver com o sexo forçado, ninguém estrupa uma pessoas para desejar - em caso de engravida-la - desejar que seu filho se torne um campeão.
 
Última edição:

Elessar Hyarmen

Senhor de Bri
Claro que tudo de hediondo viria de Melkor, até mesmo o estupro.
Melkor era um vala que estava com um corpo/matéria da terra, portanto um filho/filha poderia sim nascer, mesmo sendo o vala um ser angelical. Melian não era uma maia?

Herdeiro poderia ocorrer sim, e pior ele seria imortal igual ao pai, caso Lúthien não tivesse escolhido a mortalidade.
 

Snaga

Usuário não-confiável!!!
Quanto ao trecho de Lúthien, é a primeira vez que o interpreto assim. Nunca tinha pensado nisso antes, mas é verdade, fica bem claro, agora, sob este novo olhar, as intenções de Melkor.

Quanto ao trecho relacionado a Ar (Arien) é algo que desconheço, pois ainda não li nenhum dos Mitos Transformados aqui na Valinor, infelizmente. Mas pelo o que foi citado aqui, não me convenceu muito não. "Violentar" pode ter outros significados. Acho que somente no português a palavra "violentar" viou sinônimo de abuso sexual. Alguém poderia ver o texto original e tirar alguma conclusão da palavra usada nele (já que eu não sei nada de inglês).

Já sobre os herdeiros de Melkor, não vou me pronunciar. O Almirante já deixou bem claro as possibilidades dele existir ou não.
 
Incrivel como as coisas, por interpretarmos de outra forma, nos passa despercebido. É algo um tanto improvável, mas pode até ter um pouco de verdade, já sobre Arien concordo com Snaga a palavra "violentar" tem vários significados e talvez o seu nesse contexto não seja o de abuso sexual, mas outro, e isso vai da interpretação de cada um.

Mas é um ponto interessante, que encaixarei no meu TCC.:D
 

Syd Barrett

Shine on you, crazy diamond.
Quando li essa passagem, eu não tive essa interpretação. Mas reforçando o que já foi dito, terai que se analizar o termo "violentar" no texto original. Mas vindo de Morgoth Bauglir, não dúvido que tenha essa perversão sexual.
 

Silmenel

O Brilho dos Céus!
Melian não era uma maia?
Sim, Melian era uma Maiar que servia tanto a Vána quanto a Estë.
E com Realação aos estrupos acredito que Melkor é capaz de tudo que é ruim e perverso, porém não conhecia a história de Arië.´E ainda não li estes Mitos Transformados onde achamos ele aqui na Valinor.
 

Silmenel

O Brilho dos Céus!
Saitor pelo que li na seção mitos transformados Melkor chega a violar Airë e por esse motivo ele ter a permissão de deixar Eä e dá transformação ou maculação do Sol.
 

Calenardhon

Cavalariço de Rohan
Trecho interessante, do qual não tinha nenhum conhecimento. Eu sabia quais eram as intenções de Melkor em relação a Lúthien, mas não sabia do fato de ele ter um estupro consumado na ficha criminal. Mas não se pode esperar mais, vindo do Senhor do Escuro. Nada mais a declarar, meus colegas de fórum já disseram tudo.
 

Meglin Celebrandir

Hansi Ilúvatar
Interessante... Analisando a psicologia de Melkor, faz todo o sentido do mundo imaginá-lo um estuprador vil. Entretanto nunca tinha parado pra pensar nisso. Quando li o trecho de Lúthien, eu não interpretara desse jeito e agora, relendo, faz sentido; mas tenho medo de, ao ler o trecho nesse contexto, ser influenciado a tomar uma decisão.

Agora, eu realmente nunca tinha imaginado que Melkor ou qualquer outro Vala tivesse órgãos sexuais para efetivar um estupro! É estranho pensar em um Deus com um órgão sexual... Sei lá...
 

Éomer

Usuário
Agora, eu realmente nunca tinha imaginado que Melkor ou qualquer outro Vala tivesse órgãos sexuais para efetivar um estupro! É estranho pensar em um Deus com um órgão sexual... Sei lá...

Os valar não eram deuses e podiam assumir a forma dos filhos de iluvatar se quizessem, como de fato assumiram várias vezes. E está escrito no Silmarillion que desde o começo sempre tiveram diferenças de temperamento e escolhiam assumir formas femininas ou masculinas.

"Quando os Valar desejam trajar-se, porém, costumam assumir, alguns, formas masculinas, outros, formas femininas; pois essa diferença de temperamento eles possuíam desde o início..." (ainulindalë, pg 11).

Quanto ao sexo propriamente dito entre os Valar não há nenhuma menção direta, mas é dito no capítulo "Do início dos Tempos" que Tulkas adormeceu exausto e contente após ter desposado Nessa, irmã de Oromë. Ora, eu não vejo nenhum outro motivo para um noivo ficar assim depois do casamento :obiggraz:
 
Última edição:

Barahir o temido

Barahir, o temido por Sauron
Imaginem todo o surgimento das maldades e violações possíveis.
Esse mal ou conjunto de atrocidades/crimes surgiu na mente de Melkor e foi automaticamente passada aos seus súditos.
Consequentemente, a expressão estupro está embutida e sua prática também. :D
 

Dáin-Pé-de-Ferro

Citando posts esquecidos
Essa é uma das razões das quais eu acho que seria possível aparecer um herdeiro do escuro. Morgoth era capaz de deixar um filho seu nascer apenas para ver o "orgulho quebrado" no rosto de quem ele cobiçava. Apenas para ver a tristeza ou o desespero na mais bela de todas. Em um espírito como de Lúthien seria uma queda tão terrível como a do próprio Feanor em Aman ou a morte das árvores. É um plano tão sinistro que penso ter sido apenas Eru (ao traçar o destino) que se interpôs contra algo tão aterrorizante.
Eu já tinha percebido isso, não me refiro a nomeá-lo de estrupador, mas em estrupa Luthien, no momento, que coisa pior Morgoth poderia fazer? Pela beleza de Luthien, Morgoth deve ter imaginado que ela era de certa forma especial, um ser perfeito para que ele pudesse colocar um herdeiro, isso é o pior de todas as ações de Melkor.

Que ser surgiria dela? Luthien foi filha de um elfo com uma Maia, como seria um filho de uma elfa com um Vala? E pior, o que aconteceria se essa nova raça se multiplicasse, sem falar que seria uma raça dos primogênitos e não dos sucessores, uma raça totalmente maligna (se isso fosse possível) de imortais.

Claro que para Morgoth conseguir tal proeza teria que mater Luthien aprisionada e com muita vigilância, Luthien não deixaria essa criança viver, esse é o problema, os elfos tem um "poder" de deixa seu corpo e irem para Mandos (em caso de profunda tristeza), assim como foi a mãe de Fëanor (Míriel), e esse tal poder foi de certa forma passada aos numenorianos que partiam assim que desejasem. O difícil era manter Luthien viva, se ele conseguisse faze isso acho que só Eru pra da uma pausa ou os Valar, mas os Valar nunca fazem os serviço completo...

Sobre a questão do Morgoth gosta de estrupo acho improvável, a característica de um estrupador pode parecer em certas partes com a de Melkor, mas não completamente, Morgoth não desejava prazer momentâneo mas em um "prazer futurístico" que não tem nada a ver com o sexo forçado, ninguém estrupa uma pessoas para desejar - em caso de engravida-la - desejar que seu filho se torne um campeão.
Quanto ao trecho de Lúthien, é a primeira vez que o interpreto assim. Nunca tinha pensado nisso antes, mas é verdade, fica bem claro, agora, sob este novo olhar, as intenções de Melkor.

Quanto ao trecho relacionado a Ar (Arien) é algo que desconheço, pois ainda não li nenhum dos Mitos Transformados aqui na Valinor, infelizmente. Mas pelo o que foi citado aqui, não me convenceu muito não. "Violentar" pode ter outros significados. Acho que somente no português a palavra "violentar" viou sinônimo de abuso sexual. Alguém poderia ver o texto original e tirar alguma conclusão da palavra usada nele (já que eu não sei nada de inglês).

Já sobre os herdeiros de Melkor, não vou me pronunciar. O Almirante já deixou bem claro as possibilidades dele existir ou não.
Os valar não eram deuses e podiam assumir a forma dos filhos de iluvatar se quizessem, como de fato assumiram várias vezes. E está escrito no Silmarillion que desde o começo sempre tiveram diferenças de temperamento e escolhiam assumir formas femininas ou masculinas.

"Quando os Valar desejam trajar-se, porém, costumam assumir, alguns, formas masculinas, outros, formas femininas; pois essa diferença de temperamento eles possuíam desde o início..." (ainulindalë, pg 11).

Quanto ao sexo propriamente dito entre os Valar não há nenhuma menção direta, mas é dito no capítulo "Do início dos Tempos" que Tulkas adormeceu exausto e contente após ter desposado Nessa, irmã de Oromë. Ora, eu não vejo nenhum outro motivo para um noivo ficar assim depois do casamento :obiggraz:
Se Melkor deixasse um descendente, seria um descendente do corpo e nao do espirito. Alem do que, nao creio que Valar pudessem se reproduzir. Realmente, o caso de Melian fala em favor de a reproducao ser possivel, mas e patente que nao existia a reproducao entre maiar, assim como nao existia a reproducao com criacao de fana, entao um possivel resultado do estupro nao seria um semideus pareo para um Maia. Alem disso, nao sei se essa e a unica interpretacao para o trecho de Luthien, ele poderia muito bem estar pensando em destruir ou deturpar a beleza de Luthien, como ele fizera a muitas coisas belas antes. Nunca li os Mitos Transformados, entao nao vou comentar nesse trecho. Ah, e ha muitos motivos para um noivo estar contente no dia do casamento - ele se uniu finalmente a sua amada - e exausto - vai saber quanta festa se fazia em Aman quando os Grandes Poderes se casavam...
 

Barahir o temido

Barahir, o temido por Sauron
Bom, mas se verifcarmos como que os valar estavam estabelecidos em Arda, ambos tinham um corpo físico de carne e osso, com as mesmas características naturais, ou seja, célula, DNA, e etc. Pressupõe-se que mesmo os valar sendo criaturas angelicais, eles tinham condições de se reproduzirem sim. Houve casamentos entre os valar, mas não há menção acerca de filhos (as).
No caso de Melkor, essa não era a intensão de gerar um descendente, até porque era um imortal. Mas condições físicas para tal prática, isso sim seria possível.

Acho que o desejo de Melkor perpassou pela vontade de possuí-la, justamente pela sua beleza, mas desejo de gerar filhos, acho que não.
 

Valinor 2020

Total arrecadado
R$1.495,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo