1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Moonrise Kingdom (Wes Anderson, 2012)

Tópico em 'Cinema' iniciado por Phantom Lord, 13 Jan 2013.

?

Sua nota para o filme.

  1. 10

    0 voto(s)
    0,0%
  2. 9

    37,5%
  3. 8

    50,0%
  4. 7

    12,5%
  5. 6

    0 voto(s)
    0,0%
  6. 5

    0 voto(s)
    0,0%
  7. 4

    0 voto(s)
    0,0%
  8. 3

    0 voto(s)
    0,0%
  9. 2

    0 voto(s)
    0,0%
  10. 1

    0 voto(s)
    0,0%
  11. 0

    0 voto(s)
    0,0%
  1. Phantom Lord

    Phantom Lord London Calling

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    (Moonrise Kingdom,2012)

    Diretor: Wes Anderson

    Sinopse:Suzy e Sam são dois adolescentes atípicos que resolvem fugir juntos. Ela deixa para trás uma família estranha, e ele, o acampamento de escoteiros. A polícia local e o chefe do acampamento saem em busca do casal, enquanto outras coisas estranhas começam a acontecer na ilha onde moram.

    Trailer:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)




    Revi pela segunda vez o filme e gostei ainda mais dele.Wes Anderson acertou mais uma vez.
    O elenco do filme é fantástico e é surpreendente como os dois protagonistas(Jared Gilman e Kara Hayward) conseguem um desempenho excepcional, mesmo sendo estreantes.
    Mas o certo é que quem já é admirador do trabalho do Wes Anderson vai achar Moonrise Kingdom fascinante e quem não gosta do diretor provavelmente vai continuar torcendo o nariz.
    Uma pena que não tenha sido indicado ao Oscar 2013 de melhor filme.



    Gostei bastante desta resenha que li em um blog(contém spoilers sobre o enredo):

     

    Arquivos Anexados:

    Última edição por um moderador: 6 Out 2013
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. JLM

    JLM mata o branquelo detta walker

    Re: Moonrise Kingdom(Wes Anderson,2012)

    acho q acabei influenciado pelo filme norueguês
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , q vi 1 pouco antes do kingdom, com a mesma premissa, mas q me cativou bem +.

    mas é 1 bom filme d 1 bom diretor, só me pegou em 1 momento q estava + exigente. aliás, me parece q tá concorrendo a alguns oscar, ñ?
     
  3. Phantom Lord

    Phantom Lord London Calling

    Re: Moonrise Kingdom(Wes Anderson,2012)


    Moonrise Kingdom teve apenas uma indicação, para Roteiro Original.
    E esse Amor Verdadeiro não conhecia, valeu pela citação.
     
  4. Galford Strife

    Galford Strife Jedi Master

    estou com esse filme no PC há algum tempo, mas ainda não asssti...
     
  5. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    eu adorei. estou copiando e colando
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    aqui

    Eu não sou especialmente fã do Wes Anderson, daquele tipo que sai correndo conferir qualquer filme novo que ele tenha dirigido só por ter o nome dele nos créditos. Na realidade, assisti pouca coisa dele, adoro Os excêntricos Tenenbauns e achei Rushmore bacaninha e acho que fiquei por aí. Então minha curiosidade por Moonrise Kingdom era só sobre o filme em si, até porque pelas poucas informações que eu tinha recebido dele, parecia ser o tipo de história que me agradaria.

    E é engraçado eu ter citado os Tenenbauns e Rushmore, porque Moonrise Kingdom parece pegar muito dos temas principais dessas duas histórias. Pode ser uma constante do cinema do Anderson, mas de novo, eu não vi tudo dele então não posso afirmar. De qualquer forma, vemos lá o crescimento, o deslocamento e, principalmente, aquele tom doce, mas ao mesmo tempo triste – ele tem seus momentos “Nhoooum!” ao mesmo tempo em que você vê a personagem de Bill Murray dizendo que deseja que o telhado saia voando e que ele seja tragado para o espaço.


    O centro de toda a história são as crianças, Suzy e Sam, que se conhecem em uma apresentação e passam a trocar cartas, até o momento em que decidem fugir juntos. Eles vivem em um lugar onde pouca coisa (ou nada) acontece, então é claro que o sumiço dos dois passa a ser um evento no local. Alheios a isso, Suzy e Sam seguem seu caminho, com cenas que não são só bonitas visualmente, mas também tocantes, porque são carregadas de uma inocência que a gente imagina impossível nos dias de hoje, como quando Suzy diz que gostaria de ser órfã e o menino responde:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Orbitando ao redor das crianças temos os adultos, todos completamente desajustados e um tanto melancólicos. Os pais de Suzy, o policial, o chefe dos escoteiros, todos tem alguma excentricidade ou algo que revela sutilmente o quão sozinhos e conformados eles estão.

    É realmente um filme gostoso de ver, não admira tanta gente estar elogiando por aí. Valeu cada minuto – aliás, daqueles que você nem sente o tempo passar. Eu ainda prefiro Tenenbauns, mas a verdade é que Moonrise Kingdom fez com que eu realmente ficasse curiosa sobre os outros filmes do Anderson.
     

Compartilhar