1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Monólogo noturno

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por Calib, 23 Abr 2012.

  1. Calib

    Calib Visitante

    MONÓLOGO NOTURNO

    Com quem converso agora, Jesus Cristo,
    no meu monólogo noturno?
    Se todos têm momentos de loucura,
    também os tenho por meu turno.

    De louco e triste tenho um pouco; um misto
    de excêntrico mais taciturno.
    Quem sabe mesmo não me exista cura;
    e então, serei sempre soturno…



    25-26 JUN 2004
     
  2. Calib

    Calib Visitante

    Decidi abrir a caixa de Pandora e revelar meus poemas todos, inclusive os toscos e humilhantes.
    Azar. Já fiz as pazes com minha consciência e não dou a mínima de ser esculhambado por causa deles. :eca:
     
  3. Mavericco

    Mavericco I am fire and air. Usuário Premium

    Gostei dos primeiros versos: o eu lírico simplesmente ignora a presença de Cristo em seu monólogo, e ainda diz mais: "Se todos têm momentos de loucura, / também os tenho por meu turno."
     
  4. Vinnie

    Vinnie Usuário

    Eu lírico de porre?

    :)
     
  5. Calib

    Calib Visitante

    Haha. Nunca. Eu não conseguiria reproduzir o estado de embriaguez porque o desconheço completamente. :D
     
  6. JLM

    JLM mata o branquelo detta walker

    dê 50 giros ao redor d si mesmo e terá um breve vislumbre.
     
  7. Fernando Giacon

    Fernando Giacon [[[ ÚLTIMO CAPÍTULO ]]]

    Tu começou a escrever no dia do meu aniversário, e nessa noite eu provavelmente estava em festa, mas de um modo geral sou praticante acíduo de monólogos como esse. É algo que beira a insanidade e a sanidade... Só sei que me dá medo dormir com conclusões, prefiro dormir banhado às dúvidas.
     

Compartilhar