1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Moldávia adota a castração química obrigatória de pedófilos

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 6 Mar 2012.

?

Você concorda com essa medida?

  1. Sim

    93,3%
  2. Não

    6,7%
  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    O Parlamento da Moldávia aprovou nesta terça-feira uma lei sobre a castração química obrigatória para pedófilos, como consequência do recente aumento dos casos de abuso de menores no país.

    A castração química é a administração de medicamentos hormonais que reduzem a libido.

    disse Valeri Muntianu, deputado pelo Partido Liberal da Moldávia em discussão no Parlamento.

    Segundo agências de notícias russas, a Moldávia se tornou nos últimos anos um destino para pedófilos dos países da União Europeia e dos Estados Unidos.

    disse Valeri.

    Por outro lado, o deputado liberal democrata Georgue Chobanu questionou no sessão se os medicamentos utilizados para castração seriam realmente capazes de suprimir a atração sexual por crianças.

    No entanto, o presidente do Legislativo moldávio, Marian Lupu, interrompeu a discussão entre os deputados e propôs aprovar a lei sem demora.

    disse.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. General Artigas

    General Artigas Não tá morto quem peleia

    Se funcionou na Alemanha e funcionar na Moldávia, acho que poderia ser adotada em outros locais, e não só pra pedófilos, mas pra qualquer estuprador.

    Quem faz isso é doente mental, não tem como ficar tratando...
     
  3. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Se isso se mostrar eficiente sou a favor sim.
     
  4. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Eu também seria a favor.

    Mas fico pensando se não estamos voltando ao cortar as mãos do ladrão, cortar a língua de difamador, etc.

    Apesar que não seria tão contra leis assim.
     
  5. Lu Meyn

    Lu Meyn Usuário

    Honestamente, se cortássemos as mãos de quem roubasse, teria bem menos ladrão por aí.
    Poderiamos começar com políticos corruptos =P
     
    • Gostei! Gostei! x 3
  6. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Eu até concordo.

    Reclamo mais da aparente arbitrariedade em instituir punições desse tipo. Tem a pena de morte quando você mata alguém em certos países. Que era o unico olho-por-olho que era aceito por muitos. Agora desceu um degrau, castra quem estupra. Quando vai descer os próximos degraus?
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  7. General Artigas

    General Artigas Não tá morto quem peleia

    Queimar quem fuma na rua seria o próximo degrau? :dente:

    Bem, quando o safado ver que perde a mão quando rouba, vai pensar dez vezes antes de cometer o crime...

    Mas, cada caso é um caso, e deveria ser muito bem analisado antes de cortarem uma mão (vendo por esse lado, no Brasil não poderia ser aceita uma lei assim, senão ou ninguém teria a mão cortada ou todo mundo, porque a capacidade investigatória da polícia é uma merda, ainda mais quando tem política no meio....)
     
  8. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Decepação de membros pode até ser algo eficiente nos países que aplicam isso, mas as vezes penso que se isso fosse realidade aqui no Brasil o que aconteceria com quem perde um dedo ou mão de forma acidental e não por roubo.

    Será que ao andar normalmente na rua o povo iria olhar e tratar uma pessoa nessa situação com total indiferença ou ter medo? :think:
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  9. General Artigas

    General Artigas Não tá morto quem peleia

    Aí teria que ter uma marca próxima do local decepado (uma tatuagem ou marcado a ferro em brasa :devil:).
     
  10. Amon_Gwareth

    Amon_Gwareth Paragon

    Concordo, somente se o sistema judicial for confiável o suficiente para executar julgamentos incorretos apenas em taxas irrisórias. Não é o caso do nosso amado Brasil.

    Pra um país pequeno como a Moldávia (onde inclusive faz parte de um grave problema de pedofilia, compartilhado por boa parte da europa oriental), ok. Para o Brasil, não.
     
  11. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    Poderiam dar a opção ao infrator, no caso: "Seguinte, se vc tomar essa pilula todo o dia, vc vai poder ser solto em 10 anos, se não, vc vai passar o resto da vida aqui."
    Isso nao é exatamente uma "opção" (está mais para uma ameaça, rs) mas diminuiria um pouco esse carater arbitrário da lei.

    E quanto a cortar mãos de bandidos. Bem, acreditar que isso pode funcionar como forma de intimidação é bobagem, numa boa.
    Se fosse assim países em que tem pena de morte para assassinos, como os EUA, países que tem mutilação e penas de morte violentas não teriam crime nenhum!
    Já foi até relatado, no Rio de Janeiro, que durante a lei do "Faroeste", quando a PM ganhava bonificação por ato de bravura cometido (ou seja, por bandido morto), só piorou o quando da violencia! Pois se o bandido sabe que será mutilado ou morto se for pego vivo, ele vai resistir e lutar até a morte, podendo levar mais inocentes com ele.

    A principal causa de violencia no Brasil é a brutal diferença social que rola no nosso capitalismo tropical. Isso coloca muitas pessoas em estado de completa calamidade: Sem estudo, analfabeta, sem especialização, sem emprego, sem nada. Ao mesmo tempo vende a idéia de que para vc ser uma pessoa feliz voce tem que ter o carro do ano, o relógio da marca X, a roupa da moda e etc.
    Junta esses dois fatores acima com uma inveja e raiva das pessoas que ganharam isso sem tanto esforço e pronto: criamos um ladrão.
    Ai vão la e cortam a mão dele. Qual o trabalho que ele vai conseguir depois de tudo isso que coloquei acima, junto com o fato de agora ser ex-presidiário e maneta? Nenhum! E a unica opção, para agora nao morrer de fome, será voltar ao crime.
     
    • Gostei! Gostei! x 4
  12. Amon_Gwareth

    Amon_Gwareth Paragon

    A questão, Felagund, não é atingir o "crime zero", mas sim diminuir as incidências. Intimidação social definitivamente colabora positivamente.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  13. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    Então, pode ser, mas será que esse tipo de sociedade é bom para nós?
    Quer dizer, enquanto a repressão for forte e o exemplo for dado, tudo bem, as pessoas terão medo de afligir as outras, mas queremos isso? O medo da pena não pode ser substituído pelo respeito ao próximo?
    Um pouco utópico demais? hahaha
    Enfim, eu recomendo sempre aos meus amigos que leiam o livro do Michel Foucault "Vigiar e Punir"! Ele abre bastante a cabeça, além de ser carregado de informações históricas e etc!
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  14. Serenatas

    Serenatas Usuário

    As estatísticas dizem que pedófilo que sai da cadeia volta a cometer crimes. Ou seja, a cadeia não funcionou. Não houve progresso, não houve correção. Não tem mais o que fazer. Não seria "olho por olho, dente por dente".

    E espero que isso comece a valer pra estupradores também.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  15. Amon_Gwareth

    Amon_Gwareth Paragon

    O medo pode ser substituído pelo respeito ao próximo; e deve - mas apenas para cidadãos medíocres. a criminalidade, dentro da minha visão (na verdade não só da minha, uns caras tipo rousseau defendiam uma linha que entra em harmonia com esta que falarei), é consequencia da nossa vivencia dentro de uma sociedade, e não é natural ao ser-humano. o que isso significa? um individuo apenas será criminoso se estimulado por determinados fatores, tais como pobreza, injustiça social, desordens mentais, etc; e somente se o indivíduo tiver a noção do que é certo - para que possa cumprir o errado (seja como forma intencional de desfazer uma ordem como uma espécie distorcida de vingança, seja uma forma de buscar um atalho para um objetivo, seja o que for). como sabemos, a noção do que é certo e errado, dentro de um contexto social, só pode existir quando existe uma sociedade funcional, uma convivência baseada em regras, certo?

    não temos qualquer justificativa histórica para acreditar que qualquer incidência de um desses fatores acima citados será sobrepujada por uma consciência social de respeito ao próximo (na verdade o contrário é verdadeiro: sabendo que a atividade criminal intenciona atacar qualquer código moral, e sabendo também que o respeito ao próximo é moral, é natural entender que o crime não pode ser impedido pelo seu alvo, pois a destruição sistemática do seu alvo é a sua justificativa de ser). é verdade que este tipo de consciência social é muito interessante para situações naturalmente justas (ou seja: para sociedades que não enfrentam problemas críticos tais como fome, injustiça social, etc), mas ela não "grita" mais alto do que os problemas (isso supondo que nunca gritará, pois nunca gritou). entretanto, por outro lado, podemos afirmar tranquilamente, e embasados na história, que o medo (se aplicado na intensidade apropriada) pode falar mais alto do que qualquer sentimento/pensamento humano - mesmo os causados pela condição de stress extremo.

    se isso é bom ou ruim eu não sei. mas dentro da minha visão lógica, é assim que funciona.

    Lerei, definitivamente!
     
  16. General Artigas

    General Artigas Não tá morto quem peleia

    Se o cara foi cometer crimes, não estava com muita vontade de trabalhar, não concorda?
    Não é só pobre que comete crimes. A maioria é, acredito eu, honesta. Existem ricos que, mesmo tendo dinheiro até pra limpar a bunda cagada com notas de R$ 100,00, vão sonegar ou passar a perna em qualquer um.

    Pra resolvermos o problema dos crimes violentos é necessário investir em educação. Mas investir realmente, e não tapar o sol com a peneira e dar bolsas de estudos pra alguém que não consegue nem interpretar um texto, como o nosso amado governo com origens comuno-populistas adora fazer.

    Não bastaria só cortar a mão de fulano como se isso fosse resolver o problema da violência. É necessário fechar o cerco pelos dois lados: punição no fim da linha e educação no início dela. Isso sim é utópico no Brasil...
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  17. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    Claro que não! A pessoa vai para o crime por um monte de fatores.
    Desde fome, inveja, injustiça social, e etc...
    É dificil exigir que uma pessoa sem ensino basico completo, analfabeta (seja pratico ou funcional), que precisa trabalhar para sustentar a vida de 2, 3 crianças e que nao consegue emprego (seja por falta de vagas no mercado, seja pela falta de conhecimento no cara) se "esforce mais" e tente melhorar sempre pelas vias legais. A criminalidade grita no dia-dia de todos que vivem na periferia, e ela sempre aparece como alternativa a miséria.

    Sim, concordo, mas ai é outro tipo de crime né. Ele ta querendo manter o que ele ganhou, não está tirando grana de ninguém diretamente.
    As próprias origens desse crime são outras. Nesse caso é a cobiça, a vontade de ser ainda mais rico. Enquanto o pobre é quase sempre a necessidade.

    Sim, educação ajudaria muito, mas a violencia entre ricos x pobres é inerente ao capitalismo. é a luta de classes Marxista cuspida e escarrada. A educação sempre ajuda a domesticar, a segurar o impulso raivoso das classes oprimidas, mas não é a solução.
    Quanto as bolsas de estudos para quem nao sabe interpretar um texto: Cara, eu fiz USP e PUC, e nas duas os bolsistas e cotistas eram quase sempre os melhores da turma. Já até discutimos o porque disso acontecer na faculdade, mas isso é papo pra outro tópico!

    E o que tem de comunista qualquer uma das ações do governo PT? :roll:

    Perfeito cara, realmente essa é a perspectiva do Rousseau, temos meio que o "oposto" dele, o Hobbes, que acredita que o homem é mal por natureza e a sociedade é criada para proteger o homem dele mesmo e tals.
    Ou seja, apesar de gostar e respeitar muito o Rousseau, Hobbes, (Locke nem tanto rs), acho todas as definições deles sobre violência ultrapassadas.
    Eles vieram antes do capitalismo, a violência que eles viam eram a violência da barbárie, da guerra, da espoliação.
    A violência do capitalismo é da luta de classe, é do oprimido contra o opressor, do pobre com o rico.
    Nem preciso dizer de que autor estou me apoiando para dizer isso né? rsrs. Enfim, essa visão marxista da violência e da luta de classes me parece a mais plausível.
     
  18. Siker

    Siker Artista Comercial / Projetista Gráfico

    Eu acho que se a prisão não está dando jeito deveriam fazer algo mais enquanto o pedófilo estiver preso, algum tratamento, eles propõem a castração química mas nem tem certeza se isso surtirá efeito, e ainda sugerem decepar o membro da pessoa como se fosse algo normal, isso me parece mais uma atitude ignorante do que de fato uma solução de quem sabe o que está fazendo.
    Alguém conhece algum estudo que mostre alguma explicação psicológica ou biológica quanto a atração sexual infantil? :think:
     
  19. Pearl

    Pearl Usuário

    Grande Moldavia!!! Eu nunca tinha ouvido falar de você! :oops::dente:

    Segundo a fonte wiki :P

    Eu sou a favor da castração química! Acho que não existe muita alternativa para um pedófilo retornar a sociedade. E junto disso tem que ter um acompanhamento direto para que o cara não pare de tomar o remédio.

    Quando a remoção cirurgica de qualquer membro de corpo (seja pé, mão, braço, joelho etc) eu sou contra. O estado também comete suas cacas e esse tipo de ação não é reversível.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  20. Pim

    Pim God, I love how sexy I am!

    Eu sou muito, mas muito a favor dessa lei pra cá.

    De acordo com o DSM-4 (Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders) a pedofilia é uma parafilia, ou seja, um desvio do comportamento sexual usual, e é definida como o desejo sexual primário ou exclusivo por crianças. Um cara com desejo exclusivo ou primário (prefere crianças aos adultos) por crianças não tem "cura", e a libido SEMPRE estará voltada aos pequenos. O cérebro desses caras é diferente, e estruturas importantes como, por exemplo, o hipotálamo estão com sua função alterada e/ou comprometida.

    Se o gosto dele por menores de 13 anos não tem cura, a outra frente de tratamento é a castração química que, como o nome já diz, consiste no uso prolongado de drogas que diminuam o apetite sexual do dito 'pervertido'. Só assim nossas crianças, que são vítimas fáceis, estarão protegidas dessas pessoas.

    Cara, esses exemplos que você deu são de medidas "terapêuticas" irreversíveis, a castração química é totalmente reversível e só funciona enquanto o hormônio que vai antagonizar com a testosterona for administrado pro pedófilo. Parou remédio, volta a testosterona e, com ela, o desejo sexual. Cortar partes do corpo não deixam em aberto a possível correção, em caso de erro de julgamento.

    A pedofilia não tem cura. Pra esses caras (porque geralmente os pedófilos são homens) curtir crianças é o mesmo que eu curtir homens, ou meu namorado curtir mulheres: é primário, inato, um desejo irrefreável. Eles não veem problema nisso, mesmo que seja condenado socialmente, então se não há problema (na visão deles), não há o que corrigir, então os hábitos permanecem depois do tempo da prisão.

    Façamos o exercício mental: num mundo primariamente zoófilo, você, heterossexual, é preso por gostar de mulher. Quinze anos depois tu é solto e a prova da tua "regeneração" é parar de gostar de mulher... Você pararia de sentir atração por elas por causa disso? Acontece a mesma coisa com quem gosta sexualmente de criança. Pra eles não tem o que corrigir, então nem cadeia, nem eletrochoque, nem decepação vão adiantar, só resta diminuir a libido, porque esta é a força motriz do desejo eprocura sexuais.

    Eles não tem certeza porque quem tá decidindo isso é o Parlamento. Se fosse uma bancada de médicos todos teriam certeza absoluta de que a castração química diminuiria a procura dos pedófilos por crianças. Segue meu pensamento: testosterona é um hormônio essencialmente androgênico do desejo sexual; castração química é a administração de um anti-andrógino nos pacientes en questão; sem testosterona o tesão vai embora, e sem tesão ninguém procura ninguém pra transar. Sem sexo não há crime de pedofilia, e o desejo desses caras fica só no campo da imaginação, da admiração.

    Tá em inglês:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


     

    Arquivos Anexados:

    • pedo.jpg
      pedo.jpg
      Tamanho do arquivo:
      60,5 KB
      Visualizações:
      80
    • Ótimo Ótimo x 4
    • Gostei! Gostei! x 3

Compartilhar