1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Modificações no filme "O Hobbit" - SPOILER

Tópico em 'O Hobbit - os Filmes' iniciado por Gerbur Forja-Quente, 11 Abr 2010.

?

Você gostaria que o filme d'O Hobbit tivesse modificações em relação ao livro?

  1. Sim, gostaria de algumas modificações.

    8 voto(s)
    44,4%
  2. Nem pensar! TEM que ser igual ao livro.

    10 voto(s)
    55,6%
  1. Gerbur Forja-Quente

    Gerbur Forja-Quente Defensor do Povo de Durin

    Boa noite, pessoal.

    Dando uma olhada nos tópicos do filme, em especial "A novela LEGOLAS - vai ou não aparecer". Me ocorreu uma idéia.

    Nós, fãns, geralmente somos conhecidos por praticamente exigir que cada detalhe dos livros sejam mantidos em suas adaptações cinematográficas. Mesmo sabendo que isso não ocorrerá, em qualquer adaptação, por melhor que seja, terá mudanças, afinal, como o próprio nome sugere, não é a obra em si, mas uma "adaptação".

    Além disso, normalmente as mudanças ocorridas nas adaptações cinematográficas são muito más vistas pelos fãns como: Desaparecimento de Tom Bombadil, Super-Legolas, etc.

    Entretanto, minha pergunta é a seguinte: Existe alguma mudança que você queira (faria/permitiria) nessa adaptação? Existe alguma mudança que se fosse feita na adaptação deixaria a versão cinematográfica ainda melhor, mesmo para um fãn? :think:

    Na minha opinião, uma mudança que cairia bem seria a seguinte: Gostaria que soubéssemos mais sobre Bard quando os anões estão na Cidade do Lago. Eu adoro o Hobbit, mas tenho alguns desapontamentos com relação a essa história, um deles é justamente Bard.

    Para começar, não são os anões que matam o dragão, fiquei um pouco chateado com isso, mas Tolkien foi além. Além de nenhum anão matar a fera, quem mata é justamente Bard, um homem que até o presente momento não tinha aparecido e nem mesmo citado na história. Fiquei chateado com isso, me pareceu que o professor ficou sem saída, que ele estava escrevendo em seu frenesi intelectual e de repente percebeu que o monstro estava queimando a cidade dos homens que tinham ajudado os anões, heróis da história e ele não podia fazer nada para impedir que os mocinhos queimassem. Então pensou na solução mágica de aparecer um homem de excelente pontaria e justamente para esse cara que o pássaro contou sobre o ponto fraco do dragão, pronto, mocinhos salvos.

    Poxa! Se fosse para Bard matar o dragão ele deveria ser pelo menos mencionado antes na história, para não ficar muito chato essa solução mágica. Por exemplo, eu joguei um joguinho de PC d'O Hobbit, infantil, mas muito bacaninha e nele quando os anões passam por Esgaroth, Bilbo (jogador) tem que fazer algumas sub-quests para Bard, nós conhecemos o personagem, descobrimos quem ele é e tudo o mais, assim, quando ele mata o verme nós nos sentimos mais amparados e não desacreditados e surpresos de uma forma negativa (no livro eu desacreditei nesse momento).

    Essa modificação eu queria. Na minha opinião nós TEMOS que conhecer Bard antes do ataque de Smaug! E na sua? Queria alguma modificação? Qual? Ou seria "xiitamente" fiel a obra literária?
     
    • Gostei! Gostei! x 5
  2. Elendil

    Elendil Equipe Valinor

    Legal a questão, Gerbur! Que sua barba nunca deixe de crescer!

    Minha opinião:

    Concordo com modificações sim, e não acho, necessariamente, que por isso elas devam trair a obra. Claro que, se houver modificações, não será fiel ao Hobbit em si, mas, dependendo do que for feito e como for mostrado, pode ser fiel ao que o Professor Tolkien escreveu não só no Hobbit, mas em outros lugares: SdA, Apêndices por exemplo.

    Explico melhor. Desde que O Hobbit foi confirmado, Del Toro e PJ vêm afirmando coisas como: além da história do Hobbit, mostrar mais sobre a história dos hobbits; mostrar num prólogo talvez, o Reino Anão Sob a Montanha antes e durante a chegada de Smaug, coisas que não estão no livro, por exemplo, e que serão baseadas em Tolkien, claro! Nisso pode muito bem entrar a história de Valle, como foi sua queda e como seus herdeiros reais ficaram sem sua herança e, aí, entra Bard e sua história. Outra coisa que não está no livro, mas será mostrada, e que não trairá Tolkien (dependendo como for mostrado, claro!) será as idas e vindas de Gandalf. Para onde foi o Mago quando deixou os anões e Bilbo às bordas da Floresta das Trevas. E nisso entra: Dol Guldur, Conselhor Branco (Elrond, Galadriel, Celeborn, Saruman, Radagast, personagens que, exceto Elrond, também não estão no O Hobbit, mas fazem parte deste contexto), Necromante explicado como sendo o próprio Sauron e sua derrota em Dol Guldur.

    Mesmo uma aparição de Legolas, se for numa certa medida, não será totalmente um absurdo, visto que nesta época ele já existia naquele contexto da história (talvez não na mente de Tolkien quando escreveu O Hobbit, mas depois de SdA ele já era filho de Thranduil), e portanto, aparecer junto ao pai não será um sacrilégio tão grande.

    Tudo isso modifica a história de O Hobbit, e nem por isso trairá os textos de Tolkien. O que será feito pode ser chamado de "completar" as lacunas da história. E isso pode sair bem legal se for feito com cuidado e respeito aos textos do Professor.
     
  3. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Se tiverem alterações, mas que condizem com os textos de Tolkien, eu até concordo. Como algumas passagens descritas nos apêndices ou em textos da HoMEs, entre tantos outros. O que não podemos ter é um monte de história iventados por Del Toro. Não escritos por Tolkien e tentar encaixá-los no filme para deixá-lo mais atraente.

    Gebur, talvez Tolkien tenha planejada escrever algo em paralelo para Bard, se não o fez. Não acho que o Bard caia do nada ou de paraquedas, como alguns costumam chamar, só para salvar a história e não deixar que um anão mate Smaug. Tolkien não costuma criar um personagem e deixá-lo sem um passado ou uma história de si mais descrita.
     
  4. HFR

    HFR Clone

    Também achei que a chegada do Bard foi um pouco superficial, como um quebra-galho.

    Sobre as mudanças: O PJ cortou várias coisas e expandiu outras. Outros diretores já fizeram isso, mas o Jackson executou-as sabiamente, cortando os trechos certos (Tom Bombadil, por exemplo) e ampliando outros (as batalhas). Acredito que o Del Toro também tenha esse senso de "cortar e ampliar", então, aqui vai algumas das coisas que eu acho viável:

    - Criar um pano de fundo pra história do Bard. Ele pode aparecer quando Bilbo chega a Esgaroth, e de alguma maneira, explique sua história, e além disso, a origem da flecha negra.
    - Legolas pode aparecer numa boa, contanto que a participação não seja grande, como uma ponta no palácio de Thranduil ou na batalha final.
    - As idas e vindas de Gandalf podem dar uma boa história alternativa, com a reunião do Conselho Branco e a queda de Dol Guldur, com elfos, Saruman e tudo mais.
    - Algo que pode ser cortado sem arrependimento são as canções. Lembre-se que oo PJ cortou-as na medida certa pra não tranformar um épico em um filme da Disney.
    - Essa é certa: Não inventar novos personagens principais: Isso não funciona. Mais uma vez citando o PJ, os poucos personagens inventados (Lurtz, por exemplo) não influem diretamente na história e serviram mais para cobrir alguém sem nome.

    Bem, é isso.
     
  5. Lord Treville

    Lord Treville Ciências Sociais do Boteco

    Pra mim, quanto mais fidedigna for a adaptação melhor. Nenhuma adaptação é 100%, óbvio, mas é possível produzir um filme com um minimo de mudanças aceitavel.
    Essa questão é muito subjetiva, varia muito de pessoa pra pessoa.
    Particularmente, prefiro que os diretores tentem preservar as ideias originais das estorias adaptadas, pois, dessa forma, podemos ter um vislumbre do que o autor realmente quis emitir em cada parte delas.

    Eu mesmo pensei em algumas coisas que poderiam ser modificadas tanto no SdA como no Hobbit, porém em uma adaptação cinematografica, tais modificações seriam, de certa forma, uma indelicadeza e uma descortezia para com o autor, que teria seu trabalho, seu pensamento, violado, manchado, penso eu.

    Um filme como O Hobbit deveria, ao meu ver, possuir pouquissimas modificações, pois, alem do que já abordei acima, pode existir uma carencia de informações para certos personagens, como o Bard, por exemplo, ocorrendo assim uma invenção de parte da estoria, retirados da imaginação do autor, ou devido a necessidades comerciais, sem fundamentos no livro.

    Sei que o que eu gostaria que acontecesse dicilmente ocorrerá, e nem espero que aconteça, mas estamos discutindo nossos gostos, afinal de contas, nao é?! :mrgreen:
     
    Última edição: 12 Abr 2010
  6. 'Melwen

    'Melwen Usuário

    O importante é que as adaptações não descaracterizem o livro... caso isso não aconteça, elas são aceitáveis.

    Graças a Eru O Hobbit não está sendo dirigido pelo David Yates, porque se fosse ele, veríamos coisas do tipo 'Arwen aparece mata o dragão, sorri para Bilbo e vai embora galopando em seu cavalo branco' :gotinha: \ta parei.
     
  7. deus da guerra

    deus da guerra Usuário

    Tem que ser fiel ao livro mais sem se prender só ao Bilbo e os anões, mostrando o conselho branco e a derrota de Sauron em Dol Guldor para ficar tipo um prólogo pro Senhor dos Anéis
     
  8. Roto

    Roto Dragon Quester

    Votei em ser igual ao livro
    Penso que acrescentar coisas à estória ocupe o espaço de possíveis cenas do livro que são esquecidas, sempre fico triste quando um episódio que eu adoro é cortado (os filmes de HP que o digam)
    Apesar de que conhecer mais o Bard seria muito interessante
     
  9. angiuli

    angiuli Mentallion

    Votei em igual ao livro, porque defendo que não podem haver modificações na estória, mas concordo que del Toro pode até ter uma certa "liberdade criativa" em relação a fatos e personagens não tão aprofundados no texto, mas claro, respeitando o que Tolkien já escreveu.
     
  10. Arken Stone

    Arken Stone Usuário

    Eu sou meio suspeito em falar, devido a meu avatar, mas eu daria uma boa ênfase à Pedra Arken. Me pareceu muito bonita a ligação e importancia que Thorin dava a este artefato, na verdade me pareceu que ele trocaria o tesouro todo em troco dela.

    Só uma idéia, mostrar quando ela foi encontrada e a importância que tinha.
     
  11. Dorak

    Dorak -Morgoth! Não me chame de

    Acho que não tenho nenhuma modificação específica para fazer. Na minha opinião eles tem liberdade para modificar da forma que quizerem, desde que NÃO mudem muito o livro, nem saiam inventando personagens e excluindo outros.

    Mas achei a idéia do mestre Gerbur, sobre a forma de como apresentar Bard bem interessante, e espero que eles façam algo parecido. Mas caso não aumentem um pouco a estória do Arqueiro, espero que não mudem a estória original do livro (imaginem: Legolas matando o Dragão :blah:)


    Não acho que elas podem ser cortadas sem arrependimento, até porque "O Hobbit" é um livro bem mais leve do que a Trilogia, tirar as canções seria inaceitável para mim, principalmente aquelas relacionadas à cultura dos anões.
    Mas uma coisa eu concordo, não queremos um filme da Disney.
     
  12. Lyvio

    Lyvio Usuário

    Eu votei por modificações, e como muitos falaram elas devem ser nos limites que o proprio tolkien escreveu nos apêndices o que for.

    Acho ótima a idéia de contar a história de Bard e deixar um pouco de Lado Bilbo e os anões para focar outras coisas como o conselho branco, para ter um maior alcance histórico, inclusive tentar tornar o Hoibbit um prólogo de SDA e quando penso nisso me vem a cabeça a falta de Cristopher Lee como Saruman. Claro que há atores qualificados para o papel, mas mudar a cara ia ficar um tanto quanto esquisito...
     
  13. HFR

    HFR Clone

    Mesmo sendo leve. Hoje em dia, filme com um monte de música ou é musical ou é da Disney e, se forem lançar algo assim, que nem o façam. Algumas passagens são perfeitas pra isso, os personagens estão lá, fazendo algo e de repente começam a cantar...

    As músicas não darão certo se forem usadas com ênfaze. Algo do tipo do SdA, com poucas músicas improtantes e alguns personagens cantarolando no fundo já está perfeito.
     
  14. Biorn

    Biorn Fiz uns rock's com Iluvatar

    Pra mim as musicas devem continuar \o Todas elas são excelentes, e estão bem postas. Acho que sem elas o Hobbit teria um clima diferente do livro.
     
  15. HFR

    HFR Clone

    A trilogia teve as músicas cortadas e ficou ótimo. Por que não fazer isso com O Hobbit?

    Tá, tá, é mais leve, mas, o que se entende por "leve"? Certamente não um filme da Disney!
     
  16. marcelo.muzzi

    marcelo.muzzi Usuário

    Eu votei em igual ao livro. Mas com isto não quis dizer que há de ser exatamente o livro, acho que Del Toro e Jackson deviam fazer a parte do filme fiel ao livro e ir adicionando outras coisas, relevantes para a história, que são relatadas ou citadas em outras partes do legendarium.
     
  17. Elendil

    Elendil Equipe Valinor

    Eru nos livre de termos elfos cantando "tra-la-li-la-lá" no filme! Acho que deve haver música numa certa medida, coisas bobas em SdA foram cortadas, como HFR disse. Além do que, não é muita a cara do Del Toro musiquetas. Eu vos digo: não esperem tanto assim um filme tão "colorido" quanto o livro. Certa "alegria" existirá, sem dúvida, mas em demasia não é o estilo do diretor nem do produtor. E eles não trairão seus estilos, acredito. Adaptar O Hobbit não é tão fácil, como estamos vendo, só porque é mais "simples" do que SdA.

    Em 2008, expus no tópico
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    os motivos pelos quais considero O Hobbit tão ou mais difícil de adaptar para o cinema do que foi SdA.
     
    Última edição: 21 Abr 2010
    • Gostei! Gostei! x 1
  18. Cilmawiel

    Cilmawiel Usuário

    Um dos motivos pelo qual o SdA ficou tão bom em filme foi pq o Professor sabe pintar tão bem um quadro com palavras que não deixava muito espaço para leituras cinematográficas erradas, mas fico com medo de como vai ser com O Hobbit.

    Algumas mudanças são necessárias para que a obra mantenha o estilo SdA, já que SdA é muito mais sombrio q O Hobbit. Mas espero de todo coração que seja o mais fiel possível a obra. :pray:
    Eu não queria estar na pele do pessoal daquela equipe, afinal, é uma grande responsabilidade depois de uma produção como SdA as pessoas tem uma expectativa muito grande com relação ao filme de O Hobbit.

    E, embora eu tenha conseguido avaliar positivamente a releitura do Alice in Wonderland feita pelo Tim Burton ( que não tem nda do nonsense de Alice in Wonderland e virou um "samba do crioulo doido", falando do ponto de vista literário:ahn?:), jamais poderia fazer o mesmo com O Hobbit e ficaria furiosa se eles não fossem fiéis ao livro.:fire:
     

Compartilhar