1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Mistério dos Mundos Medievais!!!!

Tópico em 'RPG' iniciado por Yukishiro_Hajime, 18 Mai 2004.

  1. Yukishiro_Hajime

    Yukishiro_Hajime Usuário

    Sabe...ultimamentee eu andei parando pra pensar e me vieo uma pergunta....
    Como que é que conseguem fazer num mundo tão cheio de diversidade como são os mundos de rpg medieval..com elfos,magos,deuses,demonios e tudo mais,o pessoal SEMPRE desenvolve uma lingua padrão que todos os membros de qualquer tipo conhecem....o Comun..Valkar,ou seja la oque vc preferir...e pensei..
    como sera que eles conseguiram isso..e principalemtne pq?????
     
  2. led_z

    led_z Usuário

    Desculpe, mas nao saquei muito bem a sua pergunta aqui?
     
  3. Nob

    Nob Usuário

    Basicamente, não há muita criatividade. A maioria dos elementos são pegos de outras mitologias que foram muitas vezes compiladas.

    Sobre as línguas, não existe nenhum estudo completo sobre nenhuma delas em nenhum cenário especificamente de RPG, então só criam algumas expressões.
     
  4. led_z

    led_z Usuário

    Bom, isso é verdade, mas algumas compilações merecem o título de "criativas", ao menos, e algumas poucas de "Muito Criativas com 'C' maiusculo".

    O próprio Tolkien se utilizou de muitas mitologias já existentes, para poder criar a sua Terra-Media, e graças à sua formação, ele conseguiu criar um idioma totalmente novo. Neste caso, e na maioria dos RPGs que eu vejo, o mérito não está na criação completa de algo novo, mas sim, na maestria da utilização de certos elementos. Forgotten Realms, por exemplo, é um mundo bastante interessante, que une elementos já existentes, com algumas modificações talvez, e inclui alguns novos elementos, com a Trama da magia. Ele não cria tudo novo, mas aproveita bem o que existe, e ainda inclui algumas coisa para dar personalidade ao cenário.
     
  5. Nob

    Nob Usuário

    Se nos referimos a RPG, vemos que os cenários criam menos que as mitologias anteriores (como de Tolkien, por exemplo). É meio que uma compilação da compilação, e isso vai sendo aderido conforme os novos cenários vão surgindo.

    É claro que todos os cenários têm personalidade e criatividade, mas infelizmente isso vai diminuindo ao longo dos anos.
     
  6. led_z

    led_z Usuário

    Bom, na verdade, a maioria das coisas no mundo segue esse esquema da "compilação da compilação". Raramente, você tem algo criado do nada...

    Por exemplo, as linguas qu existem hoje, a maioria tem origem em algo mais antigo, e sempre tem um 'antepassado', em que a origem de uma lingua foi baseada.

    É como eu ouvi uma vez, se nós não imitassemos uns aos outros, ainda estariamos em cavernas, usando peles, e rezando pra outros Deuses, mandarem o bendito fogo, para podermos preparar a nossa comida, e continuar a viver...

    Além disso, existe um fator que impede que os criadores de cenários comerciais tenham idéias totalmente novas. Se você encontrar um cenário, onde nada lhe é familiar, você vai ter uma adaptação muito mais demorada, e dificil. Sendo, que o empenho necessário para você se dedicar à um simples passa-tempo se torna muito maior, quando você paga, tambem, pelo conforto de ter algo prático em mãos, para o seu divertimento.

    Bom, agora eu comecei à chegar à um nível um pouco longe do tópico, mas, podemos continuar a discussão por aqui, se você quiser...
     
  7. Nob

    Nob Usuário

    Sim, eu sei que a criação é muito mais difícil hoje em dia, mas eu me referia ao fato de não haver, realmente, muita criatividade. Existem alguns criativos hoje em dia, mas, como você disse, a adaptação seria mais difícil, e eu ainda acrescento o fato de haver uma certa negação a este novo cenário.

    Mas se houvesse muitos criativos e não muitos plagiadores de menor nível (além de a quantidade de obras serem extensas), o mundo se acostumaria a ver diversas coisas diferentes e dedicar um bom tempo a cada cenário, em vez de pular entre um e outro.
     
  8. Ka Bral o Negro

    Ka Bral o Negro Tchokwe Pós-Moderno

    A chamada língua 'Comum' não passa de uma convenção.

    Os que desejarem maior complexidade, sempre há o exemplo de Tolkien.

    Euacredito ferozmente no 'meio-termo'.

    Novamente, meio-termo.

    Ainda é possível desenvovler alguma criatividade aproveitando-de do padrão que aí está.
     
  9. Nob

    Nob Usuário

    Eu não disse difícil no sentido de impossível (aliás, é sempre incorreto fazer isso). Coisas criativas sempre existirão, mas elas sempre passam por um período em que sejam raras.

    E se não houvesse padrão, logo um seria criado. Se não fosse possível existir criatividade com a existência anterior de um padrão, jamais isso seria possível.
     

Compartilhar