1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Miracleman

Tópico em 'Quadrinhos' iniciado por Guilbor, 24 Out 2013.

  1. Guilbor

    Guilbor Old Man

    Miracleman | 20 anos depois, herói retornará pela Marvel
    Editora também vai republicar toda fase de Alan Moore e apresentar história inédita de Neil Gaiman

    A
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    anunciou na New York Comic Con uma novidade esperada há 20 anos: vai republicar as famosas histórias de
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    por
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    e concluir a história do personagem que
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    deixou inacabada em 1993.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    após anunciar que havia comprado o personagem, a editora começa a relançar Miracleman em janeiro de 2014.

    Veja capas divulgadas pela Marvel
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    O anúncio foi feito pelo diretor criativo
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    a partir de um vídeo com o próprio Gaiman, no qual este explica que Miracleman #25, a edição que nunca foi publicada, está pronta há duas décadas - e que ele quer dar sequência à trama. Segundo o
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , a Marvel primeiro vai republicar todo material desde o início da fase Moore até chegar às histórias inéditas de Gaiman.

    A pedido de Moore, seu nome não será usado na divulgação das HQs.

    Miracleman foi criado em 1953 na Inglaterra por
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    como
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    . Em 1982, o personagem foi revitalizado por Alan Moore na revista Warrior, numa sequência de histórias que são consideradas algumas das melhores do escritor e de todo o gênero de super-heróis. Gaiman deu sequência às histórias de Moore no início da década de 1990, até a falência da editora que as publicava. O personagem ficou num limbo jurídico, com vários autores e editoras alegando terem os direitos de publicação, pendenga que a Marvel começou a resolver
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    . No ano passado, a editora enfim
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    após resolver-se com todas as partes.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Uma novidade é que, apesar da editora ter declarado que faria o personagem voltar ao nome Marvelman - que outras editoras haviam deixado de usar ironicamente para evitar problemas com a Marvel Comics -, o anúncio deste fim de semana fala em Miracleman. Aguarde mais novidades sobre o título e sobre o plano de publicação em breve.

    Miracleman, a história completa

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Marvelman surgiu na Grã-Bretanha em 1954, pouco depois da publicação de Capitão Marvel ter sido cancelada nos Estados Unidos. O fim do velho Capitão foi conseqüência do acordo entre a Fawcett e a National Periodicals, o que encerrou um litígio de vários anos. A segunda acusava a primeira de ter plagiado seu carro-chefe, o Superman, ao criar o Capitão Marvel. A verdade é que o Mortal Mais Poderoso do Mundo estava concorrendo pesado com o Homem de Aço.

    Os ingleses, por sua vez, bolaram uma solução bem mais interessante. No mês seguinte à publicação da última história do Capitão Marvel proveniente dos Estados Unidos na revista britânica Captain Marvel 24 da editora L. Miller & Sons,Ltd, foi lançada a edição Marvelman 25. Foi a maneira que o editor Leonard Miller e o quadrinhista Mick Anglo bolaram pra não perder os leitores.

    Na edição anterior, Captain Marvel 24, os ingleses haviam incluído quadros que mostravam Billy Batson e Freddy Freeman, respectivamente as identidades secretas de Capitão Marvel e Capitão Marvel Jr., manifestando seu desejo de abandonar suas carreiras de heróis pra levar vidas normais. No entanto, pra felicidade geral do Reino Unido, sucessores dignos foram encontrados.

    Na prática, Capitão Marvel virou Marvelman, Capitão Marvel Jr. virou Young Marvelman e a Mary Marvel foi trocada pelo Kid Marvelman. A palavra mágica Shazam foi substituída por Kimota. O vilão Dr. Silvana encontrou sua contraparte no malévolo Dr. Gargunza. As identidades secretas também mudaram, mas as aliterações foram mantidas: Micky Moran no lugar de Billy Batson e Dicky Dauntless no de Freddy Freeman.

    As origens foram levemente alteradas, mas o princípio básico das histórias se manteve. Marvelman e sua turma não deixaram a peteca da
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Marvel
    cair e foram enorme sucesso na Grã-Bretanha até 1963.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Se tudo tivesse acabado por aí, Marvelman seria apenas mais uma curiosidade no mundo das HQs. Mas a história continuou. Em 1981, o herói voltou à cena, desta vez com roteiros de Alan Moore, desenhos de Garry Leach e posteriormente de Alan Davis. Depois de quase vinte anos, ele ressurgia em preto e branco na revista Warrior Comics da editora britânica Quality Comics. Nas suas páginas, o então futuro criador de Watchmenrealizou a proeza de redefinir a personagem ao mesmo tempo em que mantinha sua origem da Era de Ouro.

    Nos
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , já adulto e casado, o repórter Mickey Moran lembra-se, de repente, de um passado apagado da memória: suas aventuras, nos anos 50, como Marvelman e principalmente da palavra mágica, Kimota. Novamente transformado no galante e herói, ele volta correndo pra casa. Lá chegando, conta tudo à sua esposa que, após ouvir estarrecida, cai na gargalhada. Afinal, eram histórias sem pé nem cabeça como as escritas nos gibis para entreter crianças.

    Na verdade, as recordações de Mickey Moran eram as histórias criadas por Mick Anglo e seus colaboradores publicadas por L. Miller & Sons. Com o desenrolar da trama de Moore, os leitores ficam sabendo que as antigas aventuras haviam sido implantadas por cientistas trabalhando pra um projeto governamental secreto.

    Era tudo falso. Nenhum detalhe beirava a realidade. No entanto, uma coisa era certa: apesar das lembranças absurdas, Mick Moran realmente ganhava superpoderes quando dizia a palavraKimota. Aí tem início, uma das mais geniais HQs de todos os tempos, na qual o perplexo Marvelman vai descobrindo qual é a verdade de seu passado.

    Em 1985, a editora americana, Eclipse Comics, levou, para os Estados Unidos, as histórias de Marvelman. Para evitar problemas com a Marvel, rebatizaram a personagem de Miracleman. Alan Moore pôde, então, completar o trabalho interrompido na Warrior Comics, contando com o talento dos ilustradores Steve Bissete e John Totleben, seus parceiros em Swamp Thing.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Quando Moore, terminou o que tinha a "revelar" sobre o passado oculto de Miracleman, Neil Gaiman assumiu o título. Infelizmente, a Eclipse faliu em 1994. Na época, a arte de uma nova seqüência de histórias de Miracleman havia sido encomendada ao brasileiro Mike Deodato Jr.

    Mais tarde, em 1997, Todd McFarlane adquiriu os direitos de publicação de Miracleman, mas não fez absolutamente nada com eles. Na época, correu o boato de que fez isso para oferecê-los a Neil Gaiman a fim de que este desistisse de reclamar direitos autorais por alguns personagens que criou em suas histórias de Spawn, inclusive Angela. O problema só foi resolvido parcialmente em 2009, quando os direitos foram revertidos para Mick Anglo. Foi a partir daí que a Marvel conseguiu negociar a aquisição do herói.

    idaria com a restrição. Os previews de janeiro revelam: as edições #1 e #2 deMiracleman são creditadas a "The Original Writer" ("o escritor original") e
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    (criador do herói). Moore realmente não será identificado - mesmo que quase todo mundo saiba que ele é o tal "escritor original".

    Os detalhes do contrato de Moore com a Marvel provavelmente não virão a público, mas a cláusula tem a ver com o desprezo do barbudo britânico pelas grandes editoras de quadrinhos dos EUA. Apesar de ter trabalhado muito pouco para a Marvel e costumar reclamar mais da
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    - com a qual colaborou bastante -, a nova casa de Miracleman não é bem vista pelo autor.

    A Marvel vai republicar as histórias do "escritor original" lançadas nos anos 1980 - elas começam com um prelúdio escrito e desenhado pelo criador Mick Anglo. E ainda em 2014 deve publicar histórias inéditas de
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    com o herói, que deu sequência à fase Moore - ou melhor, "escritor original".
     
    • Ótimo Ótimo x 3
  2. Elring

    Elring Depending on what you said, I might kick your ass!

    Tá aí uma coleção praticamente obrigatória para se ter em casa! Tomara que não demore muito para a Panini lançar por aqui. Como é difícil de achar em sebos!
     
  3. Guilbor

    Guilbor Old Man

    Detalhe que o nome do Moore saira dos creditos conforme acordo dele com a editora.
    Saira como "o criador original" ou algo assim agora não to lembrando depois eu posto a noticia completa.
     
  4. Guilbor

    Guilbor Old Man

    Noticias fresquinhas envolvendo Miracleman e outras:

     
    • Ótimo Ótimo x 1
  5. Reverendo

    Reverendo Usuário

    A personagem não é nada. O roteirista é tudo.
     

Compartilhar