1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Minority Report: A Nova Lei (Minority Report, EUA, 2002)

Tópico em 'Cinema' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 15 Fev 2016.

?

Sua nota para o filme:

  1. 10

    16,7%
  2. 9

    16,7%
  3. 8

    41,7%
  4. 7

    8,3%
  5. 6

    16,7%
  6. 5

    0 voto(s)
    0,0%
  7. 4

    0 voto(s)
    0,0%
  8. 3

    0 voto(s)
    0,0%
  9. 2

    0 voto(s)
    0,0%
  10. 1

    0 voto(s)
    0,0%
  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Sinopse: Washington, 2054. O assassinato foi banido, pois há a divisão pré-crime, um setor da polícia onde futuro é visualizado através de paranormais, os precogs, e o culpado é punido antes do crime ter sido cometido. Quando os três precogs, que só trabalham juntos e flutuam conectados em um tanque de fluido nutriente, têm uma visão, o nome da vítima aparece escrito em uma pequena esfera e em outra esfera está o nome do culpado. Também surgem imagens do crime e a hora exata em que acontecerá. Estas informações são fornecidas para um elite de policiais, que tentam descobrir onde será o assassinato, mas há um dilema: se alguém é preso antes de cometer o crime pode esta pessoa ser acusada de assassinato, pois o que motivou sua prisão nunca aconteceu? O líder da equipe de policiais é John Anderton (Tom Cruise), que perdeu o filho há seis anos atrás em virtude de um criminoso que o seqüestrou. O desaparecimento da criança o fez se viciar em drogas e ainda continua dependente, mas isto não o impede de ser o policial mais atuante na divisão pré-crime. Porém algo muda totalmente sua vida quando vê, através dos precogs, que matará um desconhecido em menos de trinta e seis horas. A confiança que Anderton tinha no sistema rapidamente se perde e John segue uma pequena pista, que pode ser a chave da sua inocência: um estranho caso que não foi solucionado e há um "relatório menor", uma documentação de um dos raros eventos no qual o que um precog viu é diferente dos outros. Mas apurar isto não é uma tarefa fácil, pois a divisão pré-crime já descobriu que John Anderton cometerá um assassinato e todos os policiais que trabalhavam com ele tentam agora capturá-lo.

    Direção: Steven Spielberg

    Elenco: Tom Cruise, Kathryn Morris, Colin Farrell, Max von Sydow

    Trailer
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Curiosidades:

    - O projeto de levar Minority Report ao cinema vem desde 1998, tendo sido adiado diversas vezes devido aos compromissos anteriormente firmados por Steven Spielberg e Tom Cruise com outros filmes.

    - A atriz Cameron Diaz e o diretor Cameron Crowe fazem pequenas pontas em Minority Report, na cena do metrô. Ambos trabalharam com Tom Cruise em Vanilla Sky.

    - O personagem de Tom Cruise dirige no filme um carro da Lexus de 2054. O diretor Steven Spielberg pediu a Lexus algumas idéias para o design de um carro do futuro, mas a estrutura do design dos carros vistos no filme foram desenhados por Harald Becker, que já havia feito um trabalho semelhante em Armageddon e Batman & Robin.

    _____________________________________

    Achei que já tinha tópico pra esse filme.

    Adorei a filosofia por trás do filme. Gostei dos efeitos também, como filme de Steven Spielberg os efeitos são uma marca, mas a filosofia, como adaptação de um conto do Philip K. Dick, também não poderia faltar.
     
    Última edição: 15 Fev 2016
    • Ótimo Ótimo x 4
  2. adrieldantas

    adrieldantas Relax and have some winey

    Gosto bastante desse filme. A primeira vez que assisti fiquei agoniado na cadeira, ele realmente me cativou. A ação é legal, o roteiro é legal e a ambientação também é muito boa.

    Lembro que foi um sucesso na época, pelo menos no marketing. Super recomendo.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1
  3. Snaga

    Snaga Usuário não-confiável!!!

    Aquele tipo de viagem na maionese que faz total sentido.
    Faz a gente questionar mutretas do Estado, as manobras para manter o povo na linha etc. Muito bom.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  4. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Um ótimo filme, mas imagino que o livro deva ser melhor. Apesar de todos os efeitos especiais, o filme traz uma questão muito boa que é: Crime de pensamento é crime?
     
  5. Ecthelion

    Ecthelion Mad

    Não é exatamente essa a questão do filme. Ao meu ver o maior questão é: se tiver uma forma de prever um crime, devemos intervir e punir os criminosos responsáveis?
     
  6. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Ou seja: Crime de pensamento, pq não se tornou crime de fato.
     
  7. Jacques Austerlitz

    Jacques Austerlitz (Rodrigo)

    Vi o filme há alguns anos, mas, pelo que me lembro, também discordo de que trate de crime de pensamento. Os precogs não identificam intenção de cometer um crime, eles visualizam um assassinato futuro. Inclusive, todo a trama do filme decorre de visões equivocadas de assassinatos.
     
    • Gostei! Gostei! x 3
    • Ótimo Ótimo x 2
  8. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Então errei mesmo.
     
  9. Bruce Torres

    Bruce Torres Let's be alone together.

    • Gostei! Gostei! x 2
  10. Calib

    Calib Visitante

    Agora até vou ter que ver de novo. Só vi na época no lançamento e nunca mais.
     
  11. Ecthelion

    Ecthelion Mad

    Exato. Embora "equivocadas" com aspas né? Até pq o índice de acerto era tão alto que o vilão tem que manipular a cena do crime através de outro assassino. Só alguém que chefiasse o sistema teria tal grau de precisão.

    Em resumo, é um filme mt bom! Vejam de novo e de novo!
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  12. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Sim, essa visão "prévia" não é crime de pensamento.

    Um dos meus preferidos e melhores filmes da década passada, cujo roteiro não fica datado rapidamente e por isso que sempre vale ser visto novamente.
     
  13. Vejo toda vez que brota nas TVs fechadas. Filmaço.
     

Compartilhar