1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Miguel Nicolelis

Tópico em 'Ciência & Tecnologia' iniciado por Vilya, 9 Abr 2007.

  1. Vilya

    Vilya Pai curuja, marido apaixonado

    Alguém já ouviu falar dele ou do projeto que ele está implementando no Brasil? Vocês sabiam que nunca um brasileiro esteve tão perto de um Nobel quanto ele está?

    Este cientista brasileiro está causando uma reviravolta na neurociência mundial (e na brasileira também).

    Bom, não quero ainda deixar opiniões, ainda estou extremamente influenciado pelas palestras dele que assisti no simpósio que aconteceu em Natal (fevereiro-07). Vou deixar o link para wikipedia e pro blog dele, eventualmente colocarei mais alguns para vcs irem olhando.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Edit: Dois vídeos interessantes.
    Palestra em SP contando sobre o projeto.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Video sobre o experimento
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição por um moderador: 6 Out 2013
  2. Primula

    Primula Moda, mediana, média...

    ah, ele voltou ao Brasil? Li uma reportagem sobre ele na revista Pesquisa FAPESP há dois anos. Na época lamentava (como muitos) que ninguém dá valor a cientistas aqui, e que ele tinha mais apoio nos EUA.

    É sóbre um trabalho de comunicação e informatização para membros amputados (e proteses)?
     
  3. Vilya

    Vilya Pai curuja, marido apaixonado

    Ainda não voltou em definitivo, mas o plano é voltar para cá (cidade de Macaíba-RN) onde finalizam-se as obras do IINN-ELS (Instituto Internacional de Neurociência de Natal - Edmund e LiLy Safra). O projeto consiste em montar um centro de pesquisa de neurociência na região de Natal-RN repatriando não só ele, Nicolelis, mas também outros cientistas brasileiros de renome mundial. O grande tchan do projeto é ter como meta usar a pesquisa de ponta e toda a verba que ela atrai para desenvolver socio-economicamente toda a região próxima ao instituto. Por exemplo, parte da verba destinada ao projeto já construiu uma escola pública.

    Este instituto trabalha (parte dele já funciona) em consórcio com outros institutos do mundo, tem verbas tanto do governo federal quanto da iniciativa privada. Atualmente o governo federal aprovou a criação do departamento de neurociências na UFRN e abriu concurso para contratar 12 professores. Este departamento em parceria com IINN-ELS terá como objetivo formar novos pesquisadores na área.

    A pesquisa dele, Primula, conseguiu decodificar inpulsos neuronais (córtex motor de um primata). Ele criou com sucesso uma interface cérebro-máquina que permite um braço mecânico ser manipulado pelo primata do experimento. Ainda estou devendo o link legal, provavelmente vou encontrar o vídeo da experiência em algum lugar por aqui
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição: 9 Abr 2007
  4. Anna Cwen

    Anna Cwen Ourificada

    Sim, poste o link. Eu já tinha ouvido falar disto, mas ainda não tive a oportunidade de ler nada técnico sobre o assunto.
     
  5. Vilya

    Vilya Pai curuja, marido apaixonado

    Última edição: 9 Abr 2007
  6. Maglor

    Maglor Lacho calad! Drego morn!

    O amor é assim, faz o homem se apaixonar também pelo ofício da esposa.

    Como não tenho propriedade para fazer comentários técnicos, nem cara de pau pra passar sem um comentariozinho on: que pelo menos exemplos assim estimulem o desenvolvimento das universidades brasileiras. É triste ver que as únicas que podem ser consideradas de ponta são as de São Paulo, e infelizmente as perspectivas de "reformas" pelo governo são desanimadoras.
     
  7. Vilya

    Vilya Pai curuja, marido apaixonado

    Bernardo, eu considero que a admiração é fundamental a qualquer relacionamento que almeje ser duradouro. Nunca teria me casado com a Cris se eu não a admirasse tanto. Amor, sexo, paixão, companheirismo, sinceridade, cumplicidade e etc são igualmente fundamentais, é claro. :D

    Achei um vídeo da BBC-Londres, sem legendas, mas imagino que isso não seja grande problema para a maioria.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Em linhas gerais:
    - Foram implatados micro eletrodos ao córtex motor de um primata (Aurora o nome da macaquinha);
    - Esses eletrodos eram conectados a um aparelho que captava os "disparos" dos neurônios (em inglês é neural firing rate);
    - Ensinou-se a Aurora a jogar video game. Joguinho simples estilo telejogo (precursor do Atari 2600), aparece um círculo grande na tela e com um joystick a macaquinha tem que levar o cursor até o círculo. Toda vez que ela acertava era premiada com um golinho de suco de laranja. Com o tempo ela passou a jogar sem o prêmio, mas ao que parece a ausência do suco não atrapalhou o desempenho dela.
    - Depois de anos coletando dados e tentando interpretar o "código neuronal" o primeiro grande passo foi dado, conseguiu-se (matemática pesada rolou nessa parte) a partir dos sinais captados no cérebro da Aurora fazer um braço robótico manipular um joystick copiando os movimentos dela.
    - Agora a tela do videogame que Aurora via não correspondia mais ao seu joystick (aliás ele estava desligado), mas ao joytick controlado pelo seu cérebro através do braço robótico.
    - O segundo, e principal, momento é quando Aurora percebe que seu joystick é inútil, pára de movimentar seu braço e começa a comandar o joystick do braço mecâncio SIMPLESMENTE PENSANDO no que ele deve fazer.

    Conseguem vislumbrar os possíveis desdobramentos dessa experiência?
     
    Última edição: 10 Abr 2007
  8. Menegroth

    Menegroth Bocó-de-Mola

    Eu tenho certeza que li algo sobre isso no ano passado... mas verei novamente as minhas revistas....
    É incrivel mesmo o que ele está fazendo... não tecerei comentários técnicos mas o meu senso de curioso me faz pensar que muito em breve essas novas descobertas dele estarão vigorando entre as mais mais no mundo ciêntifico...
    Lerei tudo e depois comento mais aqui....
     
  9. Vilya

    Vilya Pai curuja, marido apaixonado

  10. Raphael S

    Raphael S Desperto

    E começam a nascer os braços cibernéticos...

    By Raphael S
     
  11. Vilya

    Vilya Pai curuja, marido apaixonado

    Arquivos Anexados:

    • science.jpg
      science.jpg
      Tamanho do arquivo:
      22,2 KB
      Visualizações:
      95

Compartilhar