1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Meu algo

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por Marjoire, 14 Abr 2009.

  1. Marjoire

    Marjoire Usuário

    Algo me impede de respirar
    olhos se enchem de lágrimas
    chama que é não pára de queimar
    arde no peito a procura de ar

    Algo me impede de gritar
    revolve na garganta e não se liberta
    grito que é não para de angustiar
    vibra na mente antes de no ar

    Algo me impede de esquecer
    lembranças ruins são para se crescer
    assim trilho o caminho arduo do amadurecer
    me dizendo: Não pare de caminhar

    Não pare para sofrer.
     
  2. imported_Cabal

    imported_Cabal O Poeta Aprendiz

    Prefiro que vc não sofra.
    Mas gostei assim mesmo.
     
  3. Breno C.

    Breno C. Usuário

    passa um pouco de você?
     
  4. Chyz

    Chyz Usuário


    Marjorie, amei!
    É meio como caminhamos, realmente. Não podemos parar de caminhar, menos ainda parar para sofrer!
     
  5. Marjoire

    Marjoire Usuário

    Oi Breno, acho que não entendi o que quer saber.:gira:
    Se o poema passa um pouco de mim? Ou você quer saber um pouco de mim? :timido:
    Mas ainda bem que perguntou pois acabei de lembrar que não terminei de fazer meu perfil.


    Simone, Cabal, que bom que gostaram.
    Sim, não podemos parar de tentar.
    Apesar dos pesares sempre há um novo dia. Por mais negra que seja a tempestade acima dela há um sol radiante.
    Não podemos esperar uma nova chance, temos que fazer ela acontecer.
     
  6. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Eu achei que o poema tinha a ver com algum momento na sua vida, por isso perguntei se tinha passado um pouco de você.
     
  7. Marjoire

    Marjoire Usuário

    Ah sim, Breno. HI Hi... Eu atravessei um pouquinho, né? :hahano:
    Na verdade já teve, mas não é uma ferida viva agora. :lily:
    Quando escrevo algo, pode ser apenas fruto da minha inspiração do momento, (será uma forma de mentira?) posso na verdade nunca ter vivido, feito ou visto coisas assim. Mas acho que para isso, devo ter essa energia potencial no coração.
    Obrigado Breno. XD
     
  8. Alisson P.

    Alisson P. Usuário

    Belos versos, Marjoire!
    Gostei :sim:
     
  9. imported_Cabal

    imported_Cabal O Poeta Aprendiz

    é bem por aí Marjoire, muita coisa que escreve só tem haver com o calor do momento, algumas são eternas, outras são alucinações, imagino a cena, imagino o que aconteceria, como seria, seria?
     
  10. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Cabal, filhote, tudo é eterno, porque no dia que você voltar e ler suas alucinações vai se lembrar do momento em que as escreveu e, talvez, volte a ficar alucinado.

    O poema é muito bom Marjoire, continue escrevendo para nós.
     
  11. Artanis Léralondë

    Artanis Léralondë Ano de vestibular dA

    Gostei ^^
    querer gritar e não poder é ruim, porém ficar sofrendo é mais ruim ainda "/
     

Compartilhar