1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Meninos Não Choram (Boys Don't Cry, 1999)

Tópico em 'Cinema' iniciado por Hugo, 3 Jun 2003.

  1. Hugo

    Hugo Hail to the Thief

    Sinopse: Saiba como Teena Brandon se tornou Brandon Teena e passou a reivindicar uma nova identidade, masculina, numa cidade rural de Falls City, Nebraska. Brandon inicialmente consegue criar uma imagem masculinizada de si mesma, se apaixonando pela garota com quem sai, Lana, e se tornando amigo de John e Tom. Entretanto, quando a identidade sexual de Brandon vem à público, a revelação ativa uma espiral crescente de violência na cidade.

    Comentários do Hugo: O filme é bem forte e trata de temas como o preconceito e a busca de uma identidade pessoal. As atuações de Hilary Swank e Chloë Sevigny são espetaculares. O filme conta ainda com uma direção eficiente da então estreante Kimberly Peirce que expoe os fatos com imparcialidade e firmeza. Um filme comovente e honesto.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Cotação:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Dirhil

    Dirhil Olha, Schroeder...

    Eu achei esse filme superestimado demais. Ele se sustenta na atuação brilhante da Hilary Swank. A Chloe está ok.

    O filme é bom sim, mas meio clichezão em alguma partes.
     
  3. Eu acho esse filme ótimo. Mostra o extremo de até onde a ousadia por atingir um objetivo e desejo pode chegar, nem que por isso tenha que se passar por outra pessoa e viver num mundo hipócrita. Na minha opinião, é o melhor filme que trata de homossexualismo. Claro que a atuação de Hilary Swank é fenomenal e ajuda bastante para a carga emocional (acho que ela levou o Oscar por esse filme), mas a trama em si também é envolvente e interessante.

    No final eu lembro de ter soltado uma grande expirada de tão apreensivo que fiquei na última cena! A direção de Peirce retratou com muito reliasmo, vale e pena dar uma conferida.
     
  4. Waters

    Waters Usuário

    O filme é bom, o estilo dele é bem realista, não apenas ao retratar o homossexualismo feminino mas também ao retratrar o estilo de vida do "White Trash" (brancos pobres dos EUA), com quem a personagem principal tenta se relacionar e acaba sendo testemunha dos excessosda classe, como violência, ignorância, badernas e alcoolismo. Hilary Swank está muito boa no papel, mas pareçe que ela vem perdendo o rumo da carreira atualmente.
     
  5. Hugo

    Hugo Hail to the Thief

    Depois desse a Hilary Swank só teve uma grande atuação que foi em INSONIA...

    Acho que ela precisa escolher melhor seus roteiros pq talento ela tem e já demonstrou...
     
  6. V

    V Saloon Keeper

    Se realmente aconteceu, o termo "cliche" não se aplica.
     
  7. tonho

    tonho Usuário

    Gostei do filme, mas concordo que foi superestimado, falaram tanto na época que tava esperando autos filme, isso estraga :(
     
  8. Dirhil

    Dirhil Olha, Schroeder...


    Tá.... talvez clichê não seja a palara adequada........

    O que falou-se muito é que seria um filme chocante.... e o escambau..... e ele não me deixou tão chocado. Teve uma cena ou outra forte..... mas fora isso o filme não é tudo o que prometia.

    Ele não deixa de ser bom.... mas ficou um gostinho de "quero mais" no final.


    E sobre a carreira da Hilary Swank...... o que ela fez foi dar uma sorte fdp de entrar neste projeto. O papel dela era complicado e com padrões para chamar a atenção da Academia. Muitas atrizes se tivessem feito o papel provavelmente teriam tido uma boa interpretação. Aliás.... não é exatamente isso que quero dizer.... hummmm..... neste caso o principal foi o personagem e não o ator.
     
  9. VihVs_

    VihVs_ Eu não sou um

    Esse filme eh bom....
    Lembro q na primeira vez q vi naum achei nada demais mas na segunda percebi melhor...

    Acho q a Hillary Swank foi bem sim
    E o personagem exigia isso dela. Ou ele ia muito bem como o personagem exigia, bastante emoção ou iria muito mal e estragaria o filme todo.
    E ela mandou bem... isso q fez o filme ser melhor q o resto.
     
  10. Anigel

    Anigel Eu atropelo duendes!

    Eu gostei da atuação dela em O Dom da Premonição.

    --------------------------------------------------------------------------------------

    Eu não consegui terminar de assistir Meninos Não Choram, tive uma crise de choro na cena em que ela relata o estupro e tive que sair do cinema... Aliás foi uma seqüência de cenas fortes, primeiro quando os irmãos da namorada dela descobrem que ela é mulher, depois a cena do estupro e por último ela relatando... Ela nem ao menos conseguia dizer as palavras. Putz!!!

    Tenho que terminar de ver qualquer dia desses...
     
  11. Hugo

    Hugo Hail to the Thief

    Falar que o filme não é forte é brincadeira viu...

    A cena do estupro e a do assassinato são fortíssimas...

    Mas as vezes a pessoa que falou tá acostumada a ver isso, sei lá...
     
  12. Dirhil

    Dirhil Olha, Schroeder...

    Eu tou acostumado.Vcnão vê jornal?
     
  13. A questão não é estar acostumado. Eu já devo ter visto uns 500 vídeos e fotos de mortes reais e tenho uma boa nação do que é um assassinato ou pelo menos uma morte por revólver. Mas o fato de acontecer com pessoas que você já tem afeto (mesmo que seja ficção), faz ficar muito mais chocante e, consequentemente, forte.
     
  14. Dirhil

    Dirhil Olha, Schroeder...

    Acontece que eu não me envolvi tanto com a história da Teena Brandon a ponto de lamentar a morte dela. De certo modo já imaginava que no meio preconceituoso e complicado onde ela vivia, algo de muito ruim iria acontecer para ela.

    Ou talvez meu coração estivesse petrificado no dia :D
     
  15. Anonymous_theOld

    Anonymous_theOld Usuário

    Esse filme de sapatão é legal!!!(comentário bobo!) :lol:
     
  16. Regente

    Regente Serenity Painted Death

    Esse filme é foda. Tive de dar stop várias vezes porque a tensão era insuportável, como quando descobrem a sexualidade real de Teena ou a cena do estupro (que, aliás, foi uma das seqüências mais fortes que já vi).
     
  17. Till Hardbottle

    Till Hardbottle Visitante

    Ainda bem que li esse tópico, assim não assisto esse filme sabendo que tem cenas de estupro (sim, eu me incomodo muito com cenas disso nos filmes, não gosto de assistir e evito filme que tenham isso, se me acharem "fresco" por causa disso paciência).
     
  18. Regente

    Regente Serenity Painted Death

    A propósito, alguém sabe dizer qual a música que toca no final? Procurei na Wikipedia, mas não achei nada lá.
     
  19. Innukchuck

    Innukchuck Usuário

    Li uma Crítica desse Filme, e fiquei com vontade de ver.

    A Cena do Estupro é muito forte? Pois quando eu vejo um Filme bom, nçao consigo parar, e muitas vezes, cenas fortes me deixam mal.

    Se for insuportável, não conseguirei assistir.

    O Estupro, inclusive, é algo interessante. Filmes com esse mote geram ótimas películas.

    Um Exemplo perfeito de um Filme Forte, mas impossível de parar de ver: ''Mistérios da Carne'' ou ''Misteryous Skin''.

    Muito Tenso e nauseante, mas relamente capaz de grudá-lo na Cadeira...
     
  20. Hugo

    Hugo Hail to the Thief

    Em substantivo agora se usa maiúscula também é ? :o?:

    Eu não lembro da última música, mas com certeza é uma
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ...
     

Compartilhar